RONDONÓPOLIS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Ouvidoria da Mulher do TJMT encaminha demandas para órgãos competentes

Publicados

em


Canal criado para facilitar o acesso à Justiça, a Ouvidoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Mato Grosso atende demandas como dúvidas, reclamações, sugestões, informações relativas a processos já existentes nas Varas Especializadas de Violência Doméstica. A manifestação recebida é analisada e encaminhada para os órgãos competentes, como secretarias e gabinetes das varas, delegacia, Ministério Público, Defensoria Pública, conforme cada caso.
 
O atendimento prestado pela Ouvidoria da Mulher é voltado às mulheres vítimas de violência e é mais um instrumento que elas tem à sua disposição para sair da situação do ciclo da violência doméstica.
 
As manifestações podem ser feitas na página da Ouvidoria, no portal do TJMT  mediante preenchimento de formulário eletrônico. A demanda também pode ser realizada pelo aplicativo ClickJud  ou pelo e-mail: [email protected] .
 
Quebre o ciclo – O TJMT lançou em março deste ano a campanha ‘A vida recomeça quando a violência termina: quebre o ciclo’, para enfrentamento da violência doméstica contra a mulher. O fortalecimento de ações voltadas à violência contra a mulher é uma das seis diretrizes da atual gestão do Poder Judiciário de Mato Grosso (biênio 2021/2022). A iniciativa conta com várias instituições parceiras para difundir a mensagem sobre a importância do rompimento do ciclo da violência e suas fases.
 
 
 
Abaixo você pode ler mais matérias sobre a Ouvidoria da Mulher:
 
 
 
Dani Cunha
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após descumprir medida e ameaçar ex-mulher, homem tem prisão cumprida pela Polícia Civil
Propaganda

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Juvam de Rondonópolis apreende pescado irregular em ação conjunta com PM

Publicados

em


Foram apreendidos quase 100 quilos de pescado irregular em Cáceres, na madrugada desta terça-feira (18). A ação é fruto da fiscalização conjunta do Juizado Volante Ambiental de Rondonópolis (Juvam) e da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar de Proteção Ambiental. O período de defeso da piracema em Mato Grosso ocorre entre outubro de 2021 e janeiro de 2022.
 
A equipe realizava patrulhamento fluvial no Rio Seputuba, em torno das 2h30, na região da propriedade rural da Serraria Cáceres, quando foi identificada uma embarcação. Na abordagem, os dois suspeitos fugiram pelas margens da barranca.
 
Os policiais fizeram uma vistoria na embarcação e encontraram material de pesca depredatória, além dos animais, alguns ainda vivos, mas muito feridos.
 
Participaram da ação o Sd PM Leandro com Apoio do 2°Sgt RR Freire e Sd PM Marques juntamente com a equipe policial do JUVAM Cb PM Prado, Cb PM Silva Mendes.
 
Ao todo, foram apreendidos 2 redes de arrasto 130m/100m; 98 Kg de pescado diversos; embarcação 5M; motor 30 HP Mercury; cadeira de embarcação; tanque de combustível 25L; bateria 60 ampere; 3 celulares.
 
Andhressa Barboza
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mulher morre ao tentar salvar cães de tsunami em Tonga
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA