RONDONÓPOLIS

TECNOLOGIA

Oferta do Amazon Prime mais barato no plano anual acaba nesta quinta

Publicados

em

source
Amazon Prime fica mais caro a partir desta sexta
Unsplash/Christian Wiediger

Amazon Prime fica mais caro a partir desta sexta

Usuários que pretendem garantir a assinatura anual do Amazon Prime pelo preço de R$ 89,00 precisam correr. Esta quinta-feira (19) é o último dia para assinar o serviço mais barato, já que, a partir de amanhã (20), seu pacote anual passará a custar R$ 119. A oferta também pode ser adquirida por quem tem um plano mensal do serviço vigente.

No começo do mês, a Amazon anunciou um reajuste dos planos do Prime , serviço da empresa que conta com sua plataforma de streaming, frete grátis e mais benefícios.

É o primeiro aumento nos preços desde que o pacote chegou ao Brasil, em 2019. A partir de sexta-feira (20), o valor do plano mensal sobe de R$ 9,90 para R$ 14,90, e o plano anual de R$ 89 para R$ 119.

Como aproveitar o preço mais baixo?

Quem assinar o plano anual do serviço ainda hoje (19) poderá manter o valor antigo do pacote, R$ 89, sem custos adicionais, de maneira a pagar o novo valor apenas quando essa assinatura expirar, daqui um ano.

Leia Também:  Novi: após polêmicas, Meta encerra projeto de carteira digital

Se você não é assinante Prime, acesse a página do serviço, preencha suas informações e aproveite o preço mais baixo por um ano. O preço de hoje é válida também para quem já tem uma assinatura mensal vigente – veja o passo a passo aqui . Ao fazer isso, o assinante terá o reembolso dos dias do mês que já haviam sido pagos e poderá desfrutar da sua assinatura anual de R$ 89.

O mesmo, no entanto, não vale para clientes Prime com uma assinatura anual vigente. Conforme verificado pelo Tecnoblog, ao tentar cancelar o plano anual, o serviço informa que não fará a renovação automática quando o pacote expirar, mas que sua assinatura se manterá ativa até o período já pago, sem reembolsos.

O que está incluso na assinatura Prime

Além do Amazon Prime Video, plataforma de streaming da Amazon que conta com produções aclamadas, como os filmes Moonfall: Ameaça Lunar e O Lobo de Wall Street, e as séries The Marvelous Mrs. Maisel e Modern Love, a assinatura Prime também dá acesso aos serviços Prime Music (música), Prime Reading (ebooks) e Prime Gaming (jogos eletrônicos).

Leia Também:  Apple Watch Series 8 pode ganhar sensor que mede temperatura corporal

Além esses conteúdos, tanto o pacote mensal quanto o anual também dão direito a frete grátis em produtos elegíveis da loja virtual e ofertas exclusivas.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Como assinar o Telegram Premium pagando menos

Publicados

em

Preço do Telegram Premium varia de acordo com o dispositivo utilizado
Unsplash/Christian Wiediger

Preço do Telegram Premium varia de acordo com o dispositivo utilizado

Telegram Premium  incrementa a experiência do mensageiro. Com assinaturas que vão de R$ 12,49 até R$ 24,90, a modalidade garante uma opção para transcrever mensagens de voz, o envio de arquivos de até 4 GB e outras melhorias. A seguir, saiba como contratar o plano Premium e descubra como economizar na mensalidade.

Quanto custa a assinatura do Telegram Premium?

Não há um valor fixo do Telegram Premium. O preço da mensalidade varia de plataforma para plataforma, e vai de R$ 12,49 até R$ 24,90. Confira as variações: 

Plataforma Mensalidade Forma de pagamento
Windows R$ 12,49 cartão de crédito (dados inseridos no app)
Mac (baixado pelo site do mensageiro) R$ 12,49 cartão de crédito (dados inseridos no app)
Android (baixado pelo site do mensageiro) R$ 12,49 cartão de crédito (dados inseridos no app)
Android (Play Store) R$ 23,99 cartão de crédito (sistema de assinaturas da Google Play)
iOS R$ 24,90 cartão de crédito (sistema de assinaturas da App Store)

Como podemos ver, os aplicativos instalados fora das lojas oferecem um preço mais amigável. Ou seja, se você tem um Mac e um iPhone e deseja assinar o plano pago, por exemplo, é mais interessante assiná-lo pelo computador. Afinal, você pode economizar R$ 12,41 ao mês, equivalendo a cerca de R$ 150 em um ano.

O mesmo acontece com o Android. Em vez de fazer a assinatura pelo aplicativo instalado via Play Store, também existe a possibilidade de contratá-lo através do software baixado pelo site do mensageiro. Neste caso, a economia é de R$ 11,50 ao mês. Em doze meses, essa diferença rende um total de quase R$ 140.

Mas… qual é o motivo dessa diferença de preço?

A diferença nos preços é fruto das taxas de serviços em lojas de aplicativos. Na Play Store, por exemplo, o Google tem um sistema que cobra até 30% dos desenvolvedores, a depender dos lucros com vendas em apps e serviços para Android. A App Store, da Apple, também possui um sistema similar.

Leia Também:  WhatsApp ocultará o 'online' para você ler mensagens sem ninguém saber

Já quando a assinatura é feita diretamente com o Telegram, essas taxas não são aplicadas. Ou seja, o mensageiro recebe todo o valor pago pelos usuários. Com exceção, é claro, dos encargos da transação com o cartão de crédito

Como assinar o Telegram Premium

O Telegram Premium pode ser assinado em diversas plataformas. Mas nem todas oferecem a opção. Nos meus testes, por exemplo, não consegui contratar o pacote no Telegram para Mac instalado via App Store e pela versão web do mensageiro.

Confira os aplicativos que permitem a contratação do plano:

  • Celulares e tablets:  iOS e Android (via Play Store e APK);
  • Computadores:  Windows e Mac (download pelo site do mensageiro).

Descubra como fazer a assinatura do Telegram Premium no Windows, Mac, Android e iOS:

Pelo computador (Windows e Mac)

A opção está disponível nos apps para Windows e Mac. Se você tem o mensageiro instalado no seu computador, confira o passo a passo a seguir:

  1. Se estiver no Windows, abra o menu lateral no ícone de sanduíche e clique em “Configurações”;
  2. Se estiver no Mac, entre na aba “Configurações”;
  3. Clique em “Telegram Premium”;
  4. Aperte o botão “Subscribe for R$ 12,49 per month” (Mac) ou “Assine por R$ 12,49 mensais” (Windows);
  5. Na conversa com o “Premium Bot”, clique em “Pagar R$ 12,49”;
  6. Clique na opção “Método de Pagamento” e coloque os dados do seu cartão de crédito;
  7. Marque a caixinha “Aceito os Termos de Serviço de Premium Bot”;
  8. Aperte em “Pagar R$ 12,49” para concluir a compra.

Em celulares e tablets Android

O Telegram pode ser instalado através de duas fontes no Android: pela Play Store e pelo site do mensageiro. Ambas as opções oferecem a configuração para contratar o Premium pelo celular. Todavia, o plano é mais barato pelo app instalado via APK.

Leia Também:  Proposta obriga empresa a informar faixa salarial em oferta de vagas

Saiba como fazer a assinatura a seguir:

  1. Abra o menu lateral, tocando no ícone de sanduíche no canto superior esquerdo;
  2. Escolha a opção “Configurações”;
  3. Toque em “Telegram Premium”.

A partir desse momento, o procedimento se diferencia pela origem de instalação do mensageiro. Se você baixou o aplicativo pela Google Play Store, basta tocar em “Assinar por R$ 23,99 mensais” e confirmar a compra. 

Se a instalação foi feita pelo site do Telegram, via APK, você precisa realizar os seguintes passos:

  1. Após entrar na opção “Telegram Premium”, toque em “Assine por R$ 12,49 mensais”;
  2. Na conversa com o “Premium Bot”, aperte no botão “Pagar R$ 12,49”;
  3. Aceite os termos e condições;
  4. Aperte em “Pagar R$ 12,49” para prosseguir.

Agora é só colocar os dados do seu cartão de crédito para concluir a operação.

Pelo iPhone (iOS)

O Telegram Premium também pode ser assinado pelo iPhone. Mas isto significa que você irá pagar o valor mais salgado de todas as alternativas. Saiba como contratá-lo:

  1. Acesse a aba “Configurações”;
  2. Toque na opção “Telegram Premium”;
  3. Aperte o botão “Assine por R$ 24,90 / mês”;
  4. Confirme a assinatura.

O que muda no Telegram Premium?

Estreado ao público em junho de 2022, o Telegram Premium garante recursos extras ao mensageiro. Conheça algumas funções apresentadas no lançamento do plano:

  • Limites dobrados:  até 1.000 canais, 20 pastas, 10 fixados, 4 contas no mesmo dispositivo e mais;
  • Downloads mais rápidos e envios de 4 GB:  disponibilidade de envio de arquivos de até 4 GB com transferências sem limite de velocidade;
  • Conversão de voz para texto:  acesso à ferramenta nativa que transcreve mensagens de voz;
  • Sem anúncios:  nenhum anúncio será apresentado no aplicativo;
  • Gestão avançada de chats:  ferramentas para definir a pasta padrão de conversas, arquivamento automático, entre outras funções.

Segundo a equipe do mensageiro, “as contribuições dos assinantes Premium ajudarão a melhorar e expandir o aplicativo nas próximas décadas, enquanto o Telegram permanecerá gratuito, independente e manterá os nossos valores em primeiro lugar, redefinindo como uma empresa de tecnologia deve operar”.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA