RONDONÓPOLIS

TECNOLOGIA

Destroços de nave da SpaceX são encontrados na Austrália

Publicados

em

Nave de Elon Musk se desintegrou no espaço e lixo caiu em fazenda na Austrália
Karol Albuquerque

Nave de Elon Musk se desintegrou no espaço e lixo caiu em fazenda na Austrália

A Agência Espacial da Austrália confirmou nesta quinta-feira (4) que o lixo espacial encontrado na zona rural de Dalgety é uma nave da SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk. A nave, lançada em 2021, se desintegrou e uma das peças atingiu a cidade australiana no começo do mês passado.

O objeto foi encontrado por um fazendeiro na semana passada. À agência France Press, o agricultor disse ter ficado feliz com a descoberta, mas admite estranheza.

“Foi meio excitante e estranho ao mesmo tempo. Encontrar o grande pedaço embutido em um campo vazio me lembrou de algo saído do filme de ficção científica como ‘2001: Uma Odisséia no Espaço’. É surpreendente ver isso”, contou.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

A peça fazia parte de um tronco lançado pela cápsula Crew-1, segundo informações das autoridades.

A agência australiana alertou a população para a possibilidade de encontrar outros destroços da nave. O governo ainda deve discutir a queda dos destroços com parceiros internacionais, entre eles os Estados Unidos.

Elon Musk e a SpaceX não se pronunciaram sobre a queda dos destroços até o momento. A Casa Branca também não se manifestou sobre o ocorrido.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Google Meet terá compartilhamento de Spotify e YouTube durante chamada

Publicados

em

Google Meet ganhará novos recursos
Tecnoblog

Google Meet ganhará novos recursos

O Google Meet ganhou muito destaque nos últimos anos, e vai receber alguns recursos extras para deixar suas reuniões mais legais. Com um novo recurso de compartilhamento ao vivo, dá para ouvir músicas no Spotify, ver vídeos no YouTube ou jogar com outros participantes da chamada. É bem parecido com o SharePlay, da Apple.

O recurso faz parte da fusão do Meet com o Duo, o app de videochamadas do Google (que não tem a mesma fama do irmão profissional).

Esse é um processo bem confuso, aliás: o app do Duo vai virar Meet e ganhar os recursos dele, enquanto o Meet vai ser renomeado para Meet Original e posteriormente descontinuado.

Jogos e streaming no Google Meet

Bagunça à parte, alguns novos recursos foram acrescentados. Um deles é este recurso de compartilhamento ao vivo. Ele ainda está em fase beta.

Durante uma chamada, basta tocar nos três pontos, escolher “Atividades” e selecionar uma das opções. Dá para iniciar uma sessão em grupo no Spotify, por exemplo, jogar Uno! Mobile ou Kahoot!, entre outras possibilidades.

Leia Também:  YouTube proíbe vídeos que neguem ou banalizem facada em Bolsonaro

SharePlay da Apple funciona com produtos diferentes

Compartilhar conteúdo de streaming em uma chamada não é inédito. É isso que o SharePlay da Apple faz.

Ele permite usar o FaceTime para compartilhar conteúdos de apps de streaming. Dentre as opções, estão a Apple TV+, o Disney+ e o HBO Max.

Spotify e YouTube não estão nessa lista, o que conta como um diferencial para o serviço do Google Meet.

O compartilhamento ao vivo teria sido bem interessante durante a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, quando regras restritas de circulação estavam em vigor.

Mesmo assim, pode ser útil para empresas que adotaram o trabalho remoto ou para quem tem amigos espalhados pelo país ou pelo mundo.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA