SAÚDE

Pessoas de 74 anos começam a ser vacinadas amanhã no DF

Publicados

em


Idosos de 74 anos foram incluídos na campanha de vacinação contra a covid-19 no Distrito Federal (DF) e começam a receber a primeira dose a partir de amanhã (10). A estimativa é de que haja 10.273 pessoas nessa faixa etária vivendo na capital federal.

O agendamento pode ser feito no site vacina.saude.df.gov.br, ou pelo Disque Saúde 160, opção 6, a partir das 10h desta quarta-feira. No site da Secretaria de Saúde do DF há um passo-a-passo 

A vacinação ocorre em pontos nas unidades básicas de Saúde (UBSs), por drive-thru e outros locais temporários. A lista e os horários de funcionamentos das unidades para imunização também estão disponíveis na página da secretaria. O atendimento pelos drive-thrus será exclusivo para quem fez agendamento. Nas UBSs, que oferecem a vacina, o atendimento será por agendamento e também para quem não conseguiu agendar. A Secretaria de Saúde reforça, entretanto, a importância de fazer a marcação para evitar filas e aglomerações.

O governo do DF iniciou a vacinação contra covid-19 em 19 de janeiro e vem, progressivamente, ampliando o público-alvo da campanha, a partir do recebimento de novas doses de imunizantes distribuídos pelo Ministério da Saúde. Até a noite de ontem (9), o Distrito Federal vacinou 157.364 pessoas com a primeira dose e 59.426 com a segunda.

Leia Também:  Covid-19: Por que a vacinação nos EUA está ficando mais lenta?

“O papel da vacina no organismo é estimular a produção de anticorpos que são capazes de frear a infecção ou prevenir formas graves da doença. O imunizante também pode ajudar a evitar hospitalizações sem que as pessoas sofram com a doença e suas sequelas”, destacou a Secretaria de Saúde, em comunicado.

Com a ampliação, os grupos prioritários a serem vacinados no DF passam a ser compostos da seguinte maneira: pessoas com 74 anos ou mais; idosos a partir de 60 anos e pessoas com deficiência que vivem em unidades de acolhimento, e cuidadores que atuam nessas instituições; trabalhadores da rede pública de saúde, em todos os níveis de atenção; trabalhadores dos hospitais privados; povos indígenas que vivem em terras indígenas; pacientes internados em home care privados; pacientes em home care SAD-AC – de alta complexidade, internados em casa, que são assistidos com suporte de ventilação mecânica; pacientes internados no Núcleo Regional de Atendimento Domiciliar (AD2 e AD3 – internados em casa e acompanhados pelas equipes da Secretaria de Saúde); trabalhadores dos serviços de Atenção Pré-Hospitalar; resgatistas do Corpo de Bombeiros.

Leia Também:  Olimpíadas: Tóquio tem mais de 4 mil casos de Covid-19 e bate recorde diário

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Tóquio bate novo recorde diário de casos de coronavírus

Publicados

em


source
Olimpíada de Tóquio
Agência Brasil

Olimpíada de Tóquio

A cidade de Tóquio, que sedia os Jogos Olímpicos de 2020, bateu nesta quarta-feira (4) um novo recorde de casos do coronavírus Sars-CoV-2, com 4.166 contágios notificados em um período de 24 horas.

Essa é a maior marca registrada na capital do Japão em um único dia desde o início da pandemia, superando os 4.058 casos contabilizados no último sábado (31). De acordo com o governo local, o aumento em relação à semana passada é de 78%.

O repique na pandemia já fez o governo do Japão estender o estado de emergência em Tóquio, Osaka e nas regiões de Chiba, Kanagawa e Saitama até 31 de agosto.

O país vem mantendo uma média de menos de 100 mortes por dia desde o início de junho, mas está entrando na fase mais aguda da pandemia com índices de vacinação relativamente baixos.

Leia Também:  Olimpíadas: Tóquio tem mais de 4 mil casos de Covid-19 e bate recorde diário

O Japão tem apenas 41% de sua população ao menos parcialmente imunizada contra a Covid, segundo o portal Our World in Data, sendo que 31% das pessoas concluíram o ciclo de vacinação.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA