SAÚDE

Governador da Bahia prorroga lockdown por mais dois dias: “situação muito grave”

Publicados

em


source
Salvador é uma das cidades que manterá o lockdown
Agência Brasil

Salvador é uma das cidades que manterá o lockdown



O governador da Bahia , Rui Costa , anunciou na noite deste domingo (28) que as medidas restritivas serão estendidas por mais 48 horas em todo o estado, com excessão das regiões oeste, norte e nordeste. Desde sexta-feira (26), a Bahia está em lockdown , que terminaria nesta segunda-feira (1).

Com o objetivo de conter a disseminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2), as medidas restritivas incluem a proibição de todas as atividades que não estejam relacionadas à saúde pública, alimentação e segurança.

“Infelizmente, a situação continua muito grave. Só para vocês terem uma ideia, ao longo desses três dias foram 320 óbitos na Bahia. Os hospitais privados continuam operando a quase 100%. A rede estadual a mais de 90%, a grande maioria dos nossos hospitais. As UPAs e emergências lotadas”, disse Rui Costa.

Leia Também:  Aneel prorroga tarifas de energia de distribuidoras no MT, MS e SP

Você viu?

“Ao longo do dia de hoje, estavam esperando na fila da regulação, mais de 195 pessoas para um leito de UTI. Portanto, numa situação grave como essa, é a pior situação desde o início da pandemia. Conversamos com os prefeitos, com a União dos Prefeitos, e com o prefeito da capital nesta tarde, e tomamos uma medida absolutamente necessária para salvar vidas humanas e para frear o crescimento do vírus”, continuou.

O governador também esclareceu que, com exceção das regiões oeste, o norte e o nordeste do estado, que estão com números menores de casos de Covid-19 , todo o estado terá apenas atividades essenciais funcionando nas próximas 48 horas.

Além disso, o toque de recolher das 20h às 5h será mantido em todas as regiões da Bahia até o próximo domingo (7). O governador também fez um apelo à população do estado. “Quero fazer um apelo a você: use máscara . Mantenha o distanciamento. Precisamos atravessar esse momento crítico que nunca, em nenhum momento, em toda a pandemia, nós vivemos. Com a força dos baianos, com a união dos baianos, que iremos superar esse momento crítico. Use máscara, mantenha o distanciamento e ajude a salvar vidas humanas”.

Em sua conta no Instagram, o prefeito de SalvadorBruno Reis , apoiou o alerta do governador. “A situação permanece grave! Hoje temos 85% de ocupação dos leitos de UTI e cerca de 60 pacientes aguardando para regulação. Por conta disso, vamos prorrogar as medidas por mais 48h em Salvador e apenas atividades essenciais poderão funcionar. Nenhuma restrição será suficiente se as pessoas não entenderem a gravidade do momento. Conto com o apoio de vocês!”, escreveu ele.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Mais de 500 mil vacinados contra Covid no Brasil deixam de tomar a 2º dose

Publicados

em


source
Cerca de 500 mil vacinados não voltaram para receber a segunda dose da CoronaVac; cientistas afirmam que não há comprovação de imunização consistente com apenas uma dose da vacina
Undefined

Cerca de 500 mil vacinados não voltaram para receber a segunda dose da CoronaVac; cientistas afirmam que não há comprovação de imunização consistente com apenas uma dose da vacina

Dos cerca de 23 milhões de brasileiros que tomaram a primeira dose de vacinas contra a Covid-19 , pelo menos 500 mil deixaram de tomar a segunda dose, o que pode comprometer a imunização completa, segundo cientistas. As informações são da Folha de S. Paulo .

O levantamento considerou apenas os brasileiros que tomaram a  CoronaVac — vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Isso porque o intervalo entre as doses do imunizante de Oxford/Astrazeneca é maior, de 90 dias.

O percentual de ‘abandono vacinal’, é maior em Roraima e Amazonas — mais de 25% dos que receberam a primeira dose. As menores taxas são do Alagoas e do Rio Grande do Norte, ambos abaixo de 7%, segundo números extraídos do DataSUS, sistema de informações do Ministério da Saúde.

À Folha, cientistas disseram que não há, ainda, nenhum estudo científico que comprove o percentual de eficácia de pessoas que tomam apenas uma dose do imunizante do Butantan.

Leia Também:  Diretora da OMS admite atraso para entregar vacinas da Covax Facility ao Brasil

Segundo Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, é melhor receber a segunda dose com algum atraso, de até duas semanas, do que não recebê-la. Ou seja: quem passou dos 28 dias após a primeira parte da vacina ainda deve requerer uma dose faltante.

O Ministério da Saúde foi questionado sobre as taxas de abandono vacinal contra a Covid-19, e respondeu que as estratégias de imunização da CoronaVac foi definida entre União, estados e municípios para acelerar e ampliar a vacinação no país.

“A pasta esclarece que, semanalmente, coordena reuniões com as gestões de saúde estaduais e municipais para definir a orientação adotada a cada nova distribuição, para o cumprimento da imunização completa, com primeira e segunda dose. O ministério informa, ainda, que depende do registro das aplicações das vacinas pelos estados para divulgação das doses usadas nos grupos prioritários e para um acompanhamento mais efetivo da campanha de vacinação. “

Leia Também:  Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a Covid-19
Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA