SAÚDE

Enfermeiro que passou 46 dias internado com Covid-19 se emociona ao ser vacinado

Publicados

em


source
vacina covid-19
Divulgação/Secretaria de Saúde São Raimundo Nonato

Vacina contra Covid-19

O técnico em enfermagem Luiz Francisco da Costa Júnior, de 36 anos, foi vacinado contra a Covid-19 após passar 46 dias internado por causa da doença. Ele se emocionou quando recebeu o imunizante, já que os médicos chegaram a desacreditar que ele pudesse viver enquanto estava internado.

O profissional, que foi o primeiro do município de  São Raimundo Nonato, no Piauí, a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, disse ao portal G1 que chorou ao receber a vacina por lembrar dos momentos difíceis que passou.

“Minha situação foi muito grave. Um dia os médicos ligaram para a minha família e disseram que não tinha mais o que fazer comigo, que só mesmo esperar e rezar, porque não havia mais remédio”, disse Júnior.

Você viu?

Sobre a vacina, o enfermeiro afirmou estar muito feliz e grato por ter sido o primeiro a receber o imunizante. “Uma gratidão muito grande. Deus me deu essa chance de eu receber a vacina e poder contar minha história”, declarou.

A vacinação contra a Covid-19 no estado começou na segunda-feira (18), em uma cerimônia no pátio de Secretaria de Saúde do Piauí. Na ocasião, o médico obstetra Joaquim Vaz Parente, de 75 anos, foi o primeiro piauiense a receber o imunizante contra a Covid-19.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Vacina da Johnson & Johnson chega a centros de imunização dos EUA nesta segunda

Publicados

em


source
Vacina Johnson & Johnson
Reprodução/Facebook J&J

Vacina Johnson & Johnson


Um painel consultivo federal dos Estados Unidos votou com unanimidade, neste domingo (28), a recomendação do uso da vacina da Johnson & Johnson em cidadãos com mais de 18 anos. A decisão abre caminho para que o imunizante de única dose, aprovado no país na sexta-feira , seja aplicado a partir desta semana.

O resultado da votação vai ao encontro da decisão do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigal em inglês), que atestou a eficácia da vacina contra a Covid-19 . Além de ter dose única , a vacina da Johnson & Johnson não precisa ser armazenada em baixas temperaturas como as demais presentes nos EUA (Pfizer-BioNTech e Moderna), o que facilita a aplicação.

Rochelle Walensky, diretora da CDC, deve aprovar a decisão deste domingo, tornando a recomendação de aplicação da vacina da Johnson & Johnson oficial, informa o jornal The Washington Post.

As doses devem chegar nesta segunda-feira (1) aos locais que já estão aplicando os outros dois imunizantes autorizados. Isso inclui departamentos de saúde estaduais, farmácias, centros de saúde qualificados pelo governo federal e centros de vacinação comunitários.

Espera-se que quatro milhões de doses da vacina da Johnson & Johnson sejam enviadas nesta semana. Até o final de março, o país estima que 20 milhões de doses estejam circulando.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA