SAÚDE

Covid-19: estoques de sangue caem 19%, Inca convoca doadores

Publicados

em


Os estoques de sangue do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) caíram 16% desde o início da pandemia do novo coronavírus. E, com os eventos de fim de ano, como Natal e Ano novo, somados ao período de férias em janeiro, a queda no estoque do banco de sangue da instituição chegou a 19%.

A redução do número de doadores afeta muito o estoque, que atende todas as unidades do Inca, afirmou hoje (13) a assistente social Karla Savedra, responsável pela captação do Serviço de Hemoterapia do Inca. Em entrevista à Agência Brasil, Karina lembrou que o Inca tem quatro unidades hospitalares e que o tratamento continua. “O paciente continua necessitando de transfusão de sangue para dar continuidade ao tratamento.”

Segundo Karla, o ideal é ter, em média, 70 doadores por dia para garantir com tranquilidade o estoque de sangue.

Atualmente, a média de doadores no Inca é de 30 pessoas por dia. “Caiu cerca de 50%. Foi uma redução bem significativa. E isso impacta bastante no nosso atendimento. Daí, a nossa preocupação em reverter esse quadro e aumentar o quantitativo de doadores na unidade”, acrescentou Karla.

Leia Também:  Portugal deixa de ser exemplo no combate à Covid-19 e bate recorde de mortes

Doadores com covid

De acordo com a assistente social, pessoas que tiveram sintomas leves de covid-19 e não precisaram de internação hospitalar para o tratamento podem doar sangue. Basta aguardar pelo menos 30 dias depois de cessarem todos os sintomas. Os voluntários que tiveram sintomas mais graves e querem doar sangue necessitam, porém, ser avaliadas por equipe médica do Inca, que indicará qual deve ser o prazo de inaptidão.

O banco de sangue do Inca, situado na Praça Cruz Vermelha, 23, 2º andar, no centro do Rio de Janeiro, funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 14h30 e, aos sábados, das 8h às 12h. Não é preciso agendamento prévio.

Podem doar pessoas com idade entre 16 e 69 anos, com peso acima de 50 quilos e que estejam em boas condições de saúde. É necessário apresentar documento de identificação com foto, mas não é preciso estar em jejum. Deve-se,porém, evitar alimentos gordurosos três horas antes da doação. Pessoas com febre, gripe ou resfriado não podem doar, temporariamente, assim como as grávidas e as mulheres no pós-parto.

Leia Também:  Anvisa se reúne com laboratório responsável pela vacina Sputnik V

Os jovens de 16 e 17 anos precisam de autorização do responsável legal para fazer a doação. Segundo Karla Savedra, quem tem mais de 60 anos pode doar sangue, desde que tenham feito alguma doação antes de completar essa idade.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Rio começa a vacinar idosos da população em geral na próxima semana

Publicados

em


A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro anunciou hoje (28) que a partir de segunda-feira (1º) vai começar a vacinação de idosos da população em geral contra covid-19. Na semana que vem, serão imunizados as pessoas com mais de 95 anos, segundo um calendário específico.

No primeiro dia (segunda-feira, dia 1º), serão vacinadas as pessoas com 99 anos ou mais. Na terça-feira (2), serão os idosos de 98 anos. Em seguida, será a vez das pessoas com 97 anos (quarta-feira, 3), 96 anos (quinta-feira, 4) e 95 anos (sexta-feira, 5). Quem perder o dia da vacinação e tiver 95 anos ou mais poderá procurar os postos de saúde no próximo sábado (6) até o meio-dia.

A secretaria anunciou ainda que até o fim de fevereiro, todos os idosos com 80 anos ou mais poderão se vacinar. Na segunda semana de fevereiro, serão aqueles com 90 anos ou mais, com esquema semelhante ao da primeira semana: 94 anos (dia 8), 93 anos (dia 9), 92 anos (dia 10), 91 anos (dia 11), 90 anos (dia 12) e 90 anos ou mais (dia 13).

Leia Também:  Justiça suspende atendimento presencial do INSS no Amazonas

Na terceira semana, será a vez daqueles com 85 anos ou mais: 89 anos (dia 15), 88 anos (dia 16), 87 anos (dia 17), 86 anos (dia 18), 85 anos (dia 19) e 85 anos ou mais (dia 20) .

Na quarta semana, serão vacinados idosos com 80 anos ou mais: 84 anos (dia 22), 83 anos (dia 23), 82 anos (dia 24), 81 anos (dia 25), 80 anos (dia 26) e 80 anos ou mais (dia 27).

A campanha de vacinação contra a covid-19 no Rio começou na semana passada. Por enquanto, a prefeitura do Rio está vacinando apenas profissionais de saúde, veterinários e agentes funerários com mais de 60 anos, além dos idosos que moram em abrigos, quilombolas e indígenas.

Mais de 100 mil pessoas já foram vacinadas na cidade.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA