SAÚDE

Brasil registra mais de mil mortes por Covid-19 pelo 5° dia consecutivo

Publicados

em


source
virus
NIAD/Creative Commons

Brasil registra mais de mil mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas; veja

O Brasil registrou, neste sábado (16), 1.163 vidas perdidas pela Covid-19 apenas nas últimas 24 horas. Este é o quinto dia seguido com mais de mil mortes por dia pela doença. Ao todo, desde o início da pandemia, a doença já fez 209.296 vítimas em território nacional. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Além disso, o país notificou mais 64.718 casos da doença no último período, o que eleva a média móvel de casos para 54.152 casos por dia durante a semana. O país também aponta 952 mortes por dia durante esta semana, número bastante próximo do pico registrado em julho de 2020.

O estado mais atingido pela Covid-19, em números de mortes e casos, é São Paulo, com 1.619.619 diagnósticos de infecção. Minas Gerais está em segundo lugar, com 636.797 casos positivos desde o início da pandemia. Ao todo, o Brasil já notificou 8.455.059 casos da doença.

Leia Também:  Covid-19: SP tem mais de 16 mil internados, recorde desde o início da pandemia

Amazonas

O estado do Amazonas, que vive uma crise por conta do aumento no número de internações e pela falta de oxigênio, registrou, apenas nas últimas 24 horas, 6007 casos da doença, com 193 mortes.

No total, o estado já acumula 6.123 óbitos pela doença e 229.367 casos. A taxa de letalidade no estado é maior que a média geral também. Por lá, o número é de 2,7%, enquanto a média nacional é de 2,5%.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Coreia do Sul investiga duas mortes após vacina de Oxford

Publicados

em


source
As autoridades investigam ambas as mortes, procurando possível relação com a vacina da AstraZeneca.
Foto: Getty Images

As autoridades investigam ambas as mortes, procurando possível relação com a vacina da AstraZeneca.

A Agência Coreana de Controle e Prevenção de Doenças (KDCA) está investigando a morte de dois pacientes idosos dias depois de receberem doses da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca. Ambos os pacientes tinham comorbidades, informou a agência Yonhap, citando órgãos de saúde.

O primeiro caso é o de um paciente de 63 anos com doença cerebrovascular que recebeu a vacina há quatro dias. Ele desenvolveu febre alta e outros sintomas que o levaram ao hospital nessa terça-feira (2) e faleceu depois de apresentar sintomas de envenenamento do sangue e pneumonia.

O segundo é de uma pessoa com aproximadamente 50 anos, com problemas cardíacos e diabetes. O paciente sofreu múltiplos ataques cardíacos um dia depois de ser vacinado.

O diretor do KDCA, Jeong Eun-kyeong, informou em um briefing que a agência sul-coreana “está conduzindo pesquisas epidemiológicas com as autoridades locais relevantes para confirmar qualquer ligação com a inoculação”, mas ainda não confirmou nenhuma relação das mortes com a vacina.

Ao todo, a Coreia do Sul já registrou 207 casos de efeitos colaterais depois da vacinação, o que é 0,24% de 87.428 vacinados em solo sul-coreano. A vacinação com o imunizante da AstraZeneca começou em 26 de fevereiro na Coreia do Sul.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA