RONDONÓPOLIS

RONDONÓPOLIS

Sanear marca presença no 50º Congresso da Assemae

Publicados

em

Diretores, engenheiros e técnicos do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis Terezinha Silva de Souza (Sanear) participaram do 50º Congresso Nacional de Saneamento da Assemae. O evento aconteceu na capital gaúcha, Porto Alegre, no Centro de Eventos da Fiergs, de 9 a 13 de maio. A vasta programação foi preparada para proporcionar debates ricos e produtivos sobre o saneamento básico brasileiro. O evento contou ainda com participantes de todas as regiões do País e palestrantes especialistas no assunto.

Destaque, durante o congresso, o Sanear coordenou o evento em dois momentos, o primeiro foi uma mesa redonda para tratar da gestão de resíduos sólidos e a cobrança pelos serviços, já a segunda mesa tratou dos desafios da gestão e financiamentos do saneamento. Além disso, o diretor geral do Sanear, Hermes Ávila de Castro, coordenou uma sala que abordou o tema perdas de água e as experiências municipais de saneamento.

Exemplo de saneamento para o Brasil, Rondonópolis se destaca a nível nacional com importantes cargos ocupados pela atual gestão da autarquia na Assemae – Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento. O diretor geral Hermes Ávila de Castro ocupa o cargo de diretor nacional de resíduos sólidos e, já foi presidente da Assemae Centro-Oeste durante sete anos, cargo ocupado atualmente pela diretora administrativa financeira do Sanear Antonieta Garcete de Almeida.

Leia Também:  Prefeitura inaugura o maior centro de convivência e esportivo do Centro-Oeste

Ainda, a exposição de trabalhos técnicos, a Feira de Saneamento, as visitas técnicas, o Prêmio Startup e minicursos foram os complementos para os debates que aconteceram durante a semana.

 Foi abordado temas como o marco regulatório do saneamento básico coordenado polo Rodopiano Marques Evangelista – Vice-presidente da Assemae, coordenador-geral do 50º Congresso Nacional de Saneamento da Assemae e gerente da Divisão de Engenharia e Operações do DMAE Poços de Caldas (MG); e contou  com a participação de Aparecido Hojaij – Presidente da Assemae; Pedro Maranhão – Secretário Nacional de Saneamento (MDR); Roberta Mass dos Anjos – Vice-presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe); Alceu Guérios Bittencourt – Presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes); Ary Vanazzi – Presidente da Associação Brasileira de Municípios (ABM) e Prefeito Municipal de São Leopoldo (RS) e Alexandre Araújo Godeiro – Superintendente Adjunto de Regulação de Serviços da ANA.

 Modelo de regionalização prevista na Lei 14.026/2020: desafios, perspectivas e aprimoramentos foi o tema do segundo painel. Este teve a coordenação do Dr. Francisco Lopes – Advogado e Secretário Executivo da Assemae, e como convidados Pedro Maranhão – Secretário Nacional de Saneamento – MDR; Waldo Villani Junior – Diretor SAAE de Barretos (SP) e Presidente da Regional São Paulo da Assemae; Esmeraldo Pereira dos Santos – SAAE de Passos (MG); Fernando Chucre – Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo; João Marcos de Siqueira – Superintendente Estadual da Funasa – Rondônia; Juliano Heinen – Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Estado do Rio Grande do Sul e Marcos Helano Fernandes Montenegro – Coordenador-geral do Observatório Nacional dos direitos à Água e ao Saneamento – ONDAS.

Leia Também:  Prefeito entrega mais uma creche na cidade, a CMEI Bruna Cristina da Silva

 O último painel da edição de ouro do Congresso Nacional de Saneamento da Assemae foi sobre Regulação dos serviços de saneamento básico: consolidação da regulação tarifária. Desta vez, quem coordenou foi Manuelito Pereira Magalhães Júnior – Presidente da SANASA Campinas (SP) e os convidados são Rodrigo Bonecini de Almeida – Coordenador de Regulação Tarifária – COTAR/SEC/ANA; Demétrius Jung González – Diretor-geral da AGESAN (RS); Antônio Carlos de Azevedo Lobão – Professor de Economia da PUC/Campinas; Daniel Narzetti – Diretor da AGIR (SC) e Rodrigo Nuss – Procurador Jurídico da ARIS (MT).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

RONDONÓPOLIS

Prefeitura entrega veículos zero km para o Centro de Reabilitação Louis Braille e Casa São Domingos Sávio

Publicados

em

A Prefeitura de Rondonópolis entregou, na tarde desta segunda-feira (4), dois carros zero quilômetros para as entidades assistenciais  Centro de Reabilitação Louis Braille e Casa São Domingos Sávio. A primeira foi contemplada com uma Strada cabine dupla e a outra com um veículo  Volkswagen Gol. Os dois veículos foram adquiridos  pelo município com recursos próprios  que somam o montante investido de cerca de R$ 195 mil.

Os veículos entregues pela Prefeitura irão contribuir para o atendimento prestado pelas duas entidades. O Centro de Reabilitação Louis Braille atende mais de 200 pessoas de Rondonópolis com deficiência visual e múltiplas deficiências. Já a Casa São Domingos Sávio  atende mais de 60 crianças e adolescentes em situação de vulnerabiludade, ofertando atividades pedagógicas, culturais  e esportivas.

A entrega oficial pelo prefeito José Carlos do Pátio  das chaves dos dois veículos para os representantes das entidades contempladas, Fernanda Moreto pelo Centro de Reabilitação Louis Braille e Irmã Irene Silva de Oliveira pela Casa São Domingos Sávio, aconteceu em uma solenidade realizada no auditório do Palácio da Cidadania. 

Além dos representantes das entidades, o ato de entrega foi acompanhado pela secretária municipal de Promoção e Assistência Social, Fabiana Perez,  vereadores e a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Abadia Rosa Miranda.

Leia Também:  Nova geração do Kia Sportage já aparece no site da marca no Brasil

Na ocasião, o prefeito José Carlos do Pátio também assinou o termo de fomento para a Fundação Lar Cristão, com o repasse imediato e em uma única parcela de R$ 262.641,60 para a aquisição de um veículo furgão. A representante  da Fundação Lar Cristão, Ana Mariza Panes do Rego, acompanhou o ato de assinatura do prefeito. 

O prefeito assinou ainda dois termos de colaboração com o Lar dos Idosos, que aguardava a regularização documental da entidade com a Receita Federal. Um do município que soma R$ 122.00,77, distribuídos em 10 parcelas; e outra do governo federal, no valor de R$ 69,552, em seis parcelas. 
O prefeito destacou que entidades assistenciais cumprem um papel social importante e o município tem ampliado os investimentos destinados as elas anualmente.  “Estamos investindo nas nossas entidades. Além do repasse das subvenções para auxiliar na manutenção delas  ao longo do ano, também damos apoios pontuais, como esta de agora, que é para aquisição destes  veículos que irão auxiliar estas duas entidades no atendimento de suas demandas”, disse Pátio.

Ele cobrou mais apoio do governo federal para as entidades assistenciais. Comentou que anualmente  o município investe 10 vezes mais no apoio as entidades e ressaltou que, mesmo com toda a ajuda que é dada pela Prefeitura, ainda fica aquém do que elas merecem pelo trabalho assistencial que realizam. 

Leia Também:  Congresso Nacional da Bioenergia discutirá práticas de produção sustentáveis

“Imaginem se estas entidades assistenciais não tivessem funcionando, como seria a situação?, questionou Pátio, acrescentando que “o governo federal passa por ano cerca de R$ 400 mil para as entidades de Rondonópolis. Se colocar tudo que o município repassa de políticas públicas para as entidades, o montante passa dos R$ 4 milhões anualmente. Uma diferença de mais de dez vezes.  Então, eu sinto a falta de comprometimento do governo federal com políticas públicas para as entidades… mas nós não vamos esmorecer, vamos continuar trabalhando, investindo, dando apoio e cidadania para cada cidadão e cidadã em cada entidade”.  

A Diretora do Centro de Reabilitação Louis Braille agradeceu o apoio e a confiança que o prefeito José Carlos do Pátio vem dando para as entidades. “A gente fica muito agradecidos com o apoio da gestão. O  prefeito está confiando no trabalho que vem sendo realizado pelas entidades e está sempre aberta para ouvir as demandas”, disse Fernanda Moreto. “É de grande importância que o prefeito vem dando e a Secretaria de Promoção e Assistência Social vem colaborando com a gente”, completou Irmã Irene.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA