RONDONÓPOLIS

Rondonópolis chega a 12 dias sem óbitos em momento de indicadores da pandemia em queda

Publicados

em


Rondonópolis completou nesta segunda-feira (25), 12 dias sem ocorrência de mortes em decorrência da Covid-19. O último óbito foi registrado em 13 de outubro e confirmado no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde no dia 14 de outubro. Desde abril de 2020, a cidade não registrava tantos dias seguidos sem registros de mortes pela doença.

Além da queda nos óbitos, Rondonópolis passa por um momento de redução no número de casos da doença, bem como de diminuição nas internações em função do coronavírus. Boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira mostra que a cidade registrou apenas 8 novos casos nas últimas 24 horas e a taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) está abaixo de 20%, com 16,7% dos leitos ocupados. No total, 5 pessoas estavam internadas em UTIs. Nas enfermarias da rede pública, também há redução nas internações, e dois pacientes estavam hospitalizados, com ocupação de 2,2% dos leitos disponíveis.

Diante do atual quadro da pandemia na cidade, o secretário municipal de Saúde, Vinícius Amoroso, destaca a estabilidade alcançada com o avanço de vacinação, o que tem permitido a diminuição de restrições de medidas de combate ao coronavírus, com horários mais flexíveis para o funcionamento dos estabelecimentos em geral e realização de eventos, entre outros. “O avanço da vacinação trouxe uma maior estabilidade e nesse momento estamos registrando queda em todos os indicativos, inclusive, com 12 dias sem nenhuma morte pela doença”.

Leia Também:  UFR encerra vacinação e Prefeitura homenageia profissionais e estudantes

Para o secretário, a população teve papel fundamental para que Rondonópolis chegasse a esse momento desde que compreendeu as obrigações e medidas necessárias para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. “A população está fazendo o seu papel”, ressalta Vinícius Amoroso.

A expectativa é que os números continuem em queda nas próximas semanas. Mesmo assim, o secretário reforça que apesar da maior estabilidade, a pandemia não acabou e é primordial que a população mantenha a atenção com os cuidados necessários, evitando aglomerações, usando máscaras, mantendo as medidas de higiene e de biossegurança, sem deixar de se imunizar contra a Covid-19, completando o ciclo de vacinação como determina o Ministério da Saúde.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

RONDONÓPOLIS

UFR encerra vacinação e Prefeitura homenageia profissionais e estudantes

Publicados

em


O posto de vacinação localizado na Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) encerrou as atividades contra a covid-19 nesta sexta-feira (03). Para marcar a data, a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Saúde realizou a entrega de homenagens aos profissionais e estudantes que participaram do projeto de vacinação.

A quantidade de pessoas que passaram pelo posto da UFR é significativa, foram 27.142 doses aplicadas em seis meses e meio de atividades que abriram as portas da universidade para receber a população até nos finais de semana para que a imunização contra o coronavírus acontecesse de forma mais rápida possível atender o maior número de pessoas.

A reitoria da UFR, Analy Castilho Polizel de Souza, liderou o grupo da universidade que contou com a participação de coordenadores de cursos de enfermagem e medicina e dos alunos que também receberam a moção de aplauso pelo trabalho de imunização da população.

O secretário de saúde do município, Vinícius Amoroso, ressaltou que foram 27.142 vidas salvas com a aplicação das vacinas somente no posto montado na UFR. Como forma de agradecimento à toda equipe da universidade, desde a reitoria, coordenação, professores até os alunos que, depois dos imunizados, foram os que mais ganharam podendo praticar sob a supervisão dos profissionais.

Leia Também:  Mato Grosso registra 552.833 casos e 14.001 óbitos por Covid-19

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA