RONDONÓPOLIS

Município vai realizar dia D de prevenção contra o câncer de cabeça e pescoço

Publicados

em


Em todo o mundo, profissionais de saúde reconhecem julho como o mês da prevenção contra o câncer de cabeça e pescoço. Nesse sentido é realizada a campanha Julho Verde para chamar a atenção da população para essa doença e no próximo dia 30 acontece um mutirão de consultas para fazer um diagnóstico precoce desses casos em Rondonópolis.

Os profissionais das unidades de saúde já receberam uma capacitação no início do mês e estão fazendo uma busca ativa de pacientes que possam estar apresentando sintomas que indicam a presença do câncer em um desses locais do corpo. O médico cirurgião Carlos Henrique Fortes Pereira explica que nódulos no pescoço com mais de três semanas, rouquidão persistente e feridas na boca que não cicatrizam são indícios da presença do câncer.

Qualquer pessoa que notar a presença de um desses sintomas deve ir ao Centro de Apoio e Diagnóstico Especializado Albert Sabin (Ceadas) no dia 30 de julho, a partir das 7 da manhã, que será atendida dentro da programação da campanha Julho Verde. 

Leia Também:  Município pode receber emenda parlamentar para aquisição de alimentos

Carlo Henrique Pereira comenta que conforme a avaliação médica feita no dia do mutirão os pacientes serão encaminhados para a realização de exames mais detalhados e até mesmo para coleta de material para biópsia. “Por enquanto estamos na fase orientativa da campanha e também trabalhando para fazer a busca ativa de pacientes. Dessa forma podemos fazer um diagnóstico precoce e tratar os casos antes que agravem”, comenta.

De acordo com o médico cirurgião, em Rondonópolis são realizadas de 10 a 15 cirurgias oncológicas de cabeça e pescoço por mês. Ele informa que o câncer de tireoide é o terceiro caso mais comum da doença em mulheres e o de boca é o quinto mais recorrente em homens.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

RONDONÓPOLIS

PSF da Vila Mineira mudou-se temporariamente para a Igreja da Cáritas e está sendo reformada

Publicados

em


A unidade ESF – Estratégia da Saúde da Família da Vila Mineira localizada na Rua Paulo Fernando Barém, S/Nº, está sendo reformada e para isso os atendimentos no local foram transferidos, temporariamente para a sede da Igreja Católica do bairro (Cáritas Diocesana), enquanto acontece a reforma.

Conforme informações do fiscal de contrato da obra, engenheiro Bráulio Nunes Garcia Ferreira, a unidade já foi desocupada e levada para continuar os atendimentos no local temporário acima descrito.

Nessa obra que tem prazo de seis meses para a sua conclusão a prefeitura está investindo R$ 138.444,00 em recursos próprios do município que vão garantir construção de alvenaria e revestimentos; pintura (interna e externa); readequações nas instalações elétricas e hidrossanitárias, e troca de esquadrias entre outras.

Segundo o fiscal, essa reforma será mais simples, mas deixará a unidade novinha e mais acolhedora, não apenas para os servidores públicos que ali prestam serviços, mas sobretudo, para a comunidade que diariamente necessita dos atendimentos de saúde.

A Prefeitura tem feito a sua parte, e a comunidade reconhece o esforço empregado para proporcionar melhor qualidade de vida e cidadania a população de trabalhadores. 

Leia Também:  Prova de vida do INSS: aposentados têm 3 dias para realizar a comprovação

Toda a estrutura da rede pública municipal de saúde vem sendo recuperada, reformada, ampliada; e em alguns casos, construídas novas unidades, justamente para oferecer sempre, um serviço de saúde pública de melhor qualidade a sua população.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA