RONDONÓPOLIS

Ciência e Tecnologia abre espaço para população integrar o Conselho Municipal da Juventude

Publicados

em


Contando com a juventude como uma parcela importante da população para a sugestão de políticas públicas a serem implementadas no município, a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciti) lançou, este mês, seleção para captar jovens de Rondonópolis que desejem compor o Conselho Municipal da Juventude (CMJ), assim como fazer parte do Primeiro Fórum Municipal da Juventude. O edital pode ser conferido na página 41 do Diário Oficial de Rondonópolis (Diorondon) número 5.021 de 02 de setembro de 2021, que está acessível por meio do link https://drive.google.com/file/d/1Z7M5-0JLOEB_Q48zm_zueafmMBkwvrvW/view?usp=sharing.

Pessoas entre 15 e 35 anos podem se candidatar a um cargo de conselheiro. As inscrições estão abertas desde a última sexta-feira (10) e seguem até o dia 24. O formulário de inscrição pode ser preenchido pelo endereço eletrônico https://forms.gle/5V1HWGwsCxjUAkXBA e, junto com a documentação exigida no edital, deve ser enviado para o e.mail [email protected].

Constituído por 24 membros, preferencialmente, em uma composição equitativa entre os gêneros, o CMJ terá mandato de um ano. As eleições dos postulantes para o período de 2021 a 2022 estão marcadas para o dia 23 de outubro, das 8h às 12 horas, no auditório do Paço Municipal. Já a posse acontece no dia 30 do mesmo mês.

Leia Também:  55% da população não acredita na recuperação econômica em 2021, diz estudo

O Paço Municipal fica na Avenida Duque de Caxias 1.000, Vila Aurora.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

RONDONÓPOLIS

Fundo Gestor de Habitação aprova criação do Auxílio Aluguel Social temporário

Publicados

em


A Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo (SMHU), não tem medido esforços para implantar ações que promovam o acesso à moradia digna, principalmente para a população de baixa renda. Com o objetivo de avançar ainda mais na sua política habitacional, o município reuniu nesta sexta-feira (17), na sala de reuniões do Palácio da Cidadania, o Conselho Gestor do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FNHIS).

Na ocasião, além de aprovar o seu regimento, o Conselho Gestor do FNHIS deliberou sobre a criação do Auxílio Aluguel Social, um benefício emergencial voltado para atender famílias de baixa renda que moram em condições precárias ou em área de risco.

Composto por representantes da Prefeitura, Câmara de Vereadores e da sociedade civil organizada, o Conselho Gestor do FNHIS de Rondonópolis é responsável pelo controle dos recursos destinados para habitação de interesse social, bem como garantir a transparência e avaliar a aplicação das verbas do Fundo Municipal, que é constituído por recursos federal, estadual, municipal, além de possíveis doações da iniciativa privada.

Leia Também:  Procon-MT realiza parceria com Procon-MG para criar Fórum Municipal no estado

“Estamos regulamentando o Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social e convocamos o seu Conselho Gestor para deliberar nesta reunião sobre ações voltadas para o fortalecimento da nossa política habitacional”, destacou Huani.

A secretária informou que o referido benefício será destinado exclusivamente para o pagamento emergencial e temporário de aluguel de imóvel residencial para aquelas famílias em vulnerabilidade social residentes em locais sem condições de habitabilidade ou em áreas onde há indicação de risco habitacional por enchentes ou desabamentos, por exemplo.

“Já estamos trabalhando para dar o ‘start’ no programa de benefício assistencial temporário de moradia para famílias de baixa renda da nossa cidade”, disse Huani, acrescentando que as famílias que serão beneficiadas fazem parte do cadastro habitacional do município e deverão seguir critérios e cumprir algumas obrigações para serem atendidas com o auxílio de aluguel social.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA