MATO GROSSO

TRÊS CANDIDATOS QUE REPRESENTAM 30 ANOS DE ATRASO QUEREM POLARIZAR O PODERIO ECONÔMICO ATRAVÉS DE PORTAL DE NOTICIA DA CAPITAL

Publicados

em

TRÊS CANDIDATOS QUE REPRESENTAM 30 ANOS DE ATRASO QUEREM POLARIZAR O PODERIO ECONÔMICO ATRAVÉS DE PORTAL DE NOTICIA DA CAPITAL

 

Enquanto uns querem reviver o atraso, o CIDADANIA faz visitas a diversos bairros da cidade levando suas propostas para o desenvolvimento da cidade.

 

Já foi o tempo do tapinha nas costas, depois eu passo lá a gente  acerta!!!

Agora é olho no olho, é hora da fala da verdade, do fio do bigode que nem dizia os nossos avós. A navalha corta dos dois lados, eleitor  e candidato cada vez mais tem seus deveres e direitos, Fake News é passível de punição e vai dar dor de cabeça em muita gente. É assim que o CIDADANIA se fortalece dia a dia, com muita garra, trabalho, competência e dignidade. A Política nos dias  de hoje está muito diferente pelo menos na regência das Leis, mas muitos passam por cima não lhes interessa as leis. Mesmo sabendo que é passível de punição transgredir é uma praxe ou seja é um costume uma cultura do brasileiro. É claro que não podemos generalizar, mas  o respeito às leis e aos homens é sempre muito bom. Nessas eleições não devemos dar guarida a política do atraso em que um grupo só manda há 30 anos em Rondonópolis.

Leia Também:  Com mais de 450 atualizações, Portal Transparência teve 1,2 milhão de acessos em 2020

Ubaldo Barros candidato a prefeito pelo CIDADANIA fala sobre o inusitado momento porque passa a política rondonopolitana;

“Um jornal da capital divulgou recentemente  uma manchete querendo valorizar os 30 anos de atraso vividos pela população rondonopolitana. Na verdade foi dado um grande abraço, na velha política. E vemos  pisando firmes que nem prego na areia, promovendo os seus candidatos os senhores  Carlos Bezerra,  Sachetti, Rogério Salles e o candidato da máquina, ou seja do executivo municipal.

Esses senhores devem estar com muita saudade dos 30 anos de atraso que tivemos em Rondonópolis com essa velha política.é a política do toma lá dá cá e vice versa.  E foram buscar na imprensa da capital mato grossense uma polarização, um alento para a divulgação dessa regressão. A população de Rondonópolis não vai acreditar nas promessas que forem feitas por seus pupilos e muito menos pelos seus líderes, vivemos um outro momento, muitos não acreditam o mundo mudou, as pessoas mudaram. Chegou a hora da verdade.” Salientou Ubaldo Barros candidato a prefeito de Rondonópolis pelo CIDADANIA.

Leia Também:  Cinco procurados da justiça são capturados em Cuiabá, Jaciara e Rondonópolis

Da Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Quarta-feira (27): Mato Grosso registra 212.226 casos e 5.043 óbitos

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (27.01), 212.226 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.043 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.659 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 212.226 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 7.749 estão em isolamento domiciliar e 198.409 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 273 internações em UTIs públicas e 296 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 67,92% para UTIs adulto e em 34% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (46.040), Rondonópolis (14.244), Várzea Grande (13.971), Sinop (11.180), Tangará da Serra (9.249), Sorriso (9.113), Lucas do Rio Verde (8.466), Primavera do Leste (6.467), Cáceres (4.979) e Nova Mutum (4.452).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Moradores acionam policiais que encontram menino que fugiu de casa em Rondonópolis

O documento ainda aponta que um total de 182.165 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 417 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última terça-feira (26), o Governo Federal confirmou o total de 8.933.356 casos da Covid-19 no Brasil e 218.878 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 8.871.393 casos da Covid-19 no Brasil e 217.664 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quarta-feira (27).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Quarta-feira (27): Mato Grosso registra 212.226 casos e 5.043 óbitos

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA