RONDONÓPOLIS

POLÍTICA NACIONAL

Senado aprova criação da Medalha Inovação no Campo

Publicados

em


O Senado aprovou nesta terça-feira (15) o projeto de resolução (PRS) 67/2019, que institui a Medalha Inovação no Campo. A comenda premia projetos tecnológicos e inovadores que visem o desenvolvimento da agricultura e da pecuária. A matéria vai à promulgação.

A proposta do senador Jayme Campos (DEM-MT) prevê a concessão anual da medalha pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) a até três iniciativas. Elas serão escolhidas pelo colegiado em reunião especialmente convocada para essa finalidade.

A indicação de projetos para participação no concurso poderá ser feita por qualquer senador ou senadora. A avaliação das indicações fica sob a responsabilidade de um conselho composto de cinco senadores membros da CRA e de representantes da sociedade civil.

O relatório da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) foi pela aprovação do projeto com apenas uma emenda de redação. A relatora destacou que inovações tecnológicas na agricultura desempenham um papel importante na sociedade.

— 67% das propriedades agrícolas brasileiras já adotaram algum tipo de inovação tecnológica. Elas proporcionam aumento da produtividade, redução do consumo de água, fertilizantes e pesticidas, o que, além de proporcionar aumento do lucro, reduz o valor do produto e diminui o impacto ambiental, com menor escoamento de produtos químicos nos lençóis freáticos, tornando o negócio mais sustentável — disse Soraya.

Leia Também:  Senado disponibiliza página para combater a desinformação

Na justificativa do projeto, Jayme Campos afirma que inúmeros projetos de inovação tecnológica buscam soluções para os problemas do campo. “É fundamental reconhecer o Brasil moderno e empreendedor presente no campo. Entendemos ser justo o reconhecimento de iniciativas que tornem o ramo do agronegócio mais produtivo e sustentável, possibilitando-o participar do avanço tecnológico experimentado por diversos outros setores da economia”, argumentou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Comissão debate ameaça a represa em Minas Gerais por empreendimento imobiliário

Publicados

em

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária - Tema: Discussão e votação do "Relatório Final da CPI". Dep. Júlio Delgado (PSB-MG)
Júlio Delgado: danos ambientais levarão à escassez hídrica na região de Juiz de Fora

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nesta quinta-feira (7) para discutir a situação da represa Chapéu D’Úvas, localizada em Minas Gerais.

O debate será realizado às 14 horas, no plenário 2, e poderá ser acompanhado de forma virtual e interativa pelo e-Democracia.

O deputado Júlio Delgado (PV-MG), que pediu a audiência, lembrou que Chapéu D’Uvas possui cerca de 12 km² de espelho d’água e um volume aproximado de 146 milhões de metros cúbicos, o que permite a essa barragem do rio Paraibuna fornecer 5 mil litros de água por segundo, abastecendo o município de Juiz de Fora (MG) e região.

“Recentemente, iniciou-se a construção de um empreendimento imobiliário, Balneário Reservas do Lago, em Ewbank da Câmara, às margens da represa, uma ocupação desordenada, sem projetos executados de tratamento de esgoto e resíduos sólidos”, alerta Delgado. Além disso, ele ressalta que, para a implantação desse residencial, foi desmatada grande parte de floresta nativa.

Leia Também:  Presidente do Senado lê requerimento de instalação de CPIs

Segundo ele, são vários os danos ambientais que poderão, a médio e longo prazo, impactarem a represa Chapéu D’Uvas, como erosão das margens, assoreamento, contaminação de lençol freático e escassez hídrica.

Debatedores
Confirmaram presença no debate o diretor-geral do Instituto Mineiro de Gestão das Águas, Marcelo da Fonseca; e o presidente do Comitê de Bacias dos rios Preto e Paraibuna e coordenador-geral do Fórum Mineiro dos Comitês de Bacias Hidrográficas, Wilson Guilherme Acácia.

Da Redação – RS

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA