POLÍTICA NACIONAL

Sem máscara, Bolsonaro entrega espadins em formatura de cadetes da Aman

Publicados

em


source

Agência Brasil

Jair Bolsonaro
Agência Brasil / Imagem de arquivo

Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi neste sábado (17) ao estado do Rio de Janeiro para participar da formatura de cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) , no município de Resende.

No caminho, Bolsonaro parou por cerca de dez minutos em uma rodovia para acenar aos carros que passavam e também caminhou por ruas do centro de Resende, antes de se dirigir à Aman .

Durante a cerimônia de formatura, que durou cerca de uma hora, o presidente disse que a “liberdade é bem maior de uma nação, maior até que a própria vida, porque o homem sem a liberdade não vive”.

O próprio Bolsonaro se formou na Aman em 1977.

Leia Também:  Covid-19: governo reconhece calamidade pública na Bahia e no Ceará

Diante dos novos cadetes , ele afirmou que “vocês têm tudo para amanhã ser chefes dessa nação, como hoje eu o sou”.

A previsão é que o presidente retorne a Brasília ainda na tarde deste sábado (17).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

MP que liberou R$ 300 mi para Ministério da Defesa combater covid perde validade

Publicados

em


Perdeu a validade a Medida Provisória 985/2020 que liberou R$ 300 milhões para o Ministério da Defesa aplicar nas ações de enfrentamento à pandemia de coronavírus. O prazo da MP expirou no último sábado (24).

Editada pelo Executivo em junho, a MP 985/2020 foi prorrogada em agosto pelo presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, por mais 60 dias.  

Embora as medidas provisórias devam ser votadas pelas duas Casas do Congresso, Davi Alcolumbre anunciou em abril que não pautaria as matérias que liberam recursos para o combate à covid-19. Segundo ele, o dinheiro já poderia ser gasto imediatamente, mesmo sem a aprovação do Poder Legislativo, já que as MPs passam a produzir efeitos assim que são publicadas e enquanto estiverem em vigência. Caso o dinheiro previsto nessas MPs de crédito não tenha sido todo empenhado, qualquer saldo não poderá mais ser desembolsado.

De acordo com o Ministério da Defesa, desde março, quando foi decretado o estado de calamidade pública, foi ativado o Centro de Operações Conjuntas para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate à pandemia.

Leia Também:  Senado aprova criação do Prêmio Chico Xavier

Os militares estão em atividade por todo o país, transportando materiais de saúde, distribuindo de cestas básicas, doando de sangue, e desinfectando espaços públicos, entre outras ações.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA