RONDONÓPOLIS

POLÍTICA NACIONAL

‘Reality show’ de políticos criado por Mário França começa a ser gravado hoje

Publicados

em


source
Ex-governador de SP, Márcio França
Divulgação/Governo de São Paulo

Ex-governador de SP, Márcio França

Será gravado hoje (12) o reality show “O Político”, apresentado e idealizado pelo ex-governador de São Paulo, Márcio França (PDT). A premissa é a de reunir candidatos políticos em um hotel para debaterem sobre temas relevantes para a sociedade brasileira.

Ciro Gomes (PDT) desembarcou hoje em São Paulo para as gravações. O programa será lançado em breve no canal do YouTube de Márcio França. Além de Ciro Gomes, estão entre os jurados figuras conhecidas da política do Brasil, como Marcelo Freixo (PSB), Arthur do Val (Patriota), Geraldo Alckmin (PSDB) e Isa Penna (PSOL).

Esta seria a primeira vez de Alckimin e Ciro juntos após os boatos de que o ex-governador de São Paulo estaria considerando se unir ao ex-presidente Lula na chapa do PSB para concorrer à Presidência da República nas eleições de 2022.

Leia Também:  Projeto obriga órgãos públicos a criarem programa de integridade para licitações

Ao todo, serão 12 concorrentes numa espécie de simulação de campanha eleitoral. Os debates sobre temas polêmicos, como legalização da maconha e do aborto, serão as provas das quais eles terão que extrair boas avaliações dos jurados, afinal, aquele com o menor desempenho perde o jogo. 

Drop here!

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Proposta acaba com a obrigatoriedade de prova de vida para beneficiários do INSS

Publicados

em


Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Audiência Pública -Cédulas Físicas para eleições, plebiscitos e referendos. Dep. Pompeo de MattosPDT - RS
Pompeo de Mattos: maior vulnerabilidade de saúde dos idosos justifica a medida

O Projeto de Lei 2696/21 acaba com a obrigatoriedade de o beneficiário do INSS fazer a comprovação de vida junto ao órgão. A proposta altera a Lei Orgânica da Seguridade Social e está em discussão na Câmara dos Deputados.

O deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), autor do projeto de lei, lembra que o INSS já tem acesso aos dados dos cidadãos, em especial aos dos cartórios de registro civil, e das limitações de locomoção e de acesso das pessoas idosas.

“Diminuir as ações burocráticas, como a comprovação de vida, parece atitude mais prudente se consideramos inclusive a maior vulnerabilidade de saúde dessas pessoas, na grande maioria idosos”, disse.

Segundo o deputado, não é exagero dizer que a prova de vida é um drama para grande parte dos beneficiários da Previdência e dos regimes próprios de previdência. E lembrou que a legislação definiu que cabe às instituições bancárias fazer essa comprovação de vida.

Leia Também:  Paulo Rocha está com covid-19

“Quando precisam fazer a comprovação de vida, os idosos são submetidos a longas filas, aglomerações, gente sem máscara, riscos de contrair o novo coronavírus, pedintes e golpistas em portarias das agências financeiras, considerando que a grande maioria de aposentados no Brasil são pessoas simples sem acesso expressivo às tecnologias de aplicativos de internet”, resumiu Pompeo de Mattos.

Tramitação
O projeto será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Da Redação – RS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA