POLÍTICA NACIONAL

Política de cotas nas universidades poderá ser estendida por mais 10 anos

Publicados

em


Com validade até 2022, a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) poderá ser estendida por mais dez anos. É o que estabelece o projeto de lei (PL 4.656/2020) do senador Paulo Paim (PT-RS). A Política de Cotas foi criada em 2012 e permitiu que pobres, negros, indígenas e pessoas com deficiência entrassem na universidade pública. Considerada um instrumento de inclusão social, o senador Paim defende a continuidade da política de cotas, com revisão em dez anos para efetuar ajustes necessários.

Reportagem de Iara Farias Borges, da Rádio Senado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Não há "dúvida nenhuma" que Pazuello cometeu crime, diz Maia
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Baleia Rossi critica interferência do governo na Câmara e diz que “não se vende”

Publicados

em


source
Deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP)
Reprodução/Youtube

Deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP)

Baleia Rossi (MDB-SP) , candidato à presidência da Câmara dos deputados, declarou nesta quinta-feira (28)  que “quer ser presidente de uma Câmara que não se vende por 30 moedas”, em referência a atuação do governo federal na eleição parlamentar.

Bolsonaro , que na última quarta (27), afirmou que “se Deus quiser”, iria “influir na presidência da Câmara”, foi criticado pelo deputado do MDB:

 “Esta interferência apequena o nosso Parlamento, e eu quero ser presidente da Câmara dos Deputados de uma Câmara que não se vende por 30 moedas, eu quero ser presidente de uma Câmara que possa contribuir com o nosso país”.

Você viu?

Arthur Lira (PP-AL), líder do centrão, tem o apoio do governo Bolsonaro, que segundo informações do Antagonista, liberou mais de R$ 630 milhões em emendas parlamentares para garantir a vitória do candidato à presidência da Câmara.

Na sabatina promovida pela Frente Parlamentar Ética contra a corrupção, Baleia declarou que a Câmara precisa ser “independente” caso os deputados queiram “exercer seu mandato na plenitude”:

“Não há nenhum tema que será bloqueado, mas não podemos ter uma Câmara cartorial, que apenas carimbe o que vem do Executivo. Nós já demos provas aqui que muitos dos projetos enviados pelo Executivo foram melhorados pelos parlamentares e é dessa forma que eu quero conduzir a Câmara”, afirma.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA