RONDONÓPOLIS

POLÍTICA NACIONAL

Covid-19: após reunião com Bolsonaro, Anderson Torres testa positivo

Publicados

em

Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça Anderson Torres
Reprodução – 05/07/2022

Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça Anderson Torres

O ministro da Justiça Anderson Torres anunciou, na tarde desta terça-feira (05), que testou positivo para a Covid-19. Em seu perfil no Twitter, ele disse que não tem sintomas e que se sente bem. Pela manhã, ele esteve com o presidente Jair Bolsonaro (PL) em reunião ministerial .

“Informo que testei positivo para COVID, e que estou bem, totalmente assintomático. #VamosEmFrente”, publicou Torres.

Mais cedo, ele esteve com Bolsonaro e outros ministros do governo em reunião ministerial, que serviu para o presidente cobrar alinhamento de sua equipe e evitar ruídos durante a corrida pela reeleição. O encontro durou cerca de quatro horas e também foi discutido como divulgar ações do governo neste período, sem ferir a legislação eleitoral.

Entre os presentes no encontro, além de Torres e Bolsonaro, estiveram os 10 ministros que assumiram seu posto no fim de março, além do ex-ministro Walter Braga Netto e do ex-secretário Fabio Wajngarten, que atuam na campanha do presidente.

Leia Também:  Pastor é escolhido por Bolsonaro para ser suplente de Marcos Pontes

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro tenta amenizar clima ruim entre filhos

Publicados

em

Bolsonaro foi escalado para impedir atritos entre Flávio e Carlos
Reprodução

Bolsonaro foi escalado para impedir atritos entre Flávio e Carlos

A relação entre Flávio e Carlos não é das melhores e tem deixado a equipe de Jair Bolsonaro (PL) bastante preocupada. O filho número dois se mudou para Brasília para ficar mais perto da campanha e há enorme temor que o clima piore a partir de agora. O presidente da República se comprometeu a conversar com a dupla para impedir episódios desagradáveis ao longo das próximas semanas.

A briga entre irmãos tem ocorrido por causa dos caminhos que cada um quer impor para a campanha. O senador Flávio tem uma visão mais política, então defende que seu pai escute mais os marqueteiros e profissionais da área, deixando de lado a ala ideológica.

Já o vereador Carlos bate na tecla que o grande diferencial do pai é o fato dele ser espontâneo. Na visão dele, o ideal era resgatar as estratégias adotadas em 2018, apostando em discursos ideológicos, como aborto, legalização das drogas e defesa da família.

Bolsonaro tem tentado agradar ambos os lados. A postura adotada pelo presidente é a seguinte: Na televisão, vai dialogar com os indecisos e com os eleitores que mais o rejeitam, como as mulheres e os mais pobres. Por isso defenderá as ações do seu governo, usando um tom moderado.

Leia Também:  Proposta facilita alterações nos contratos de consórcios públicos

Quando estiver realizando lives nas redes sociais e participando de comícios, o mandatário irá agitar seus apoiadores, fazendo críticas aos seus adversários e aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Bolsonaro não quer que seus filhos se dividam durante a campanha e vai se equilibrar na corda bamba para manter a paz entre os dois. Porém, sua equipe não tem toda essa confiança.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA