POLÍTICA NACIONAL

Congresso recebe iluminação especial em apoio à campanha Maio Amarelo

Publicados

em


Roque de Sá/Agência Senado
Prédio do Congresso iluminado de amarelo. Ao fundo, o céu está escuro à noite
Câmara e Senado aderem à campanha Maio Amarelo

O prédio da Câmara dos Deputados está iluminado de amarelo em adesão à campanha internacional realizada todos os anos para chamar a atenção para os altos índices de mortes causados por acidentes de trânsito. O tema da campanha deste ano é: Respeito e Responsabilidade. Pratique no Trânsito.

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) estima que, por ano, morram em média 1,35 milhão de pessoas em decorrência de acidentes de trânsito. Essa é a principal causa de morte de crianças e jovens com idade entre 5 e 29 anos no mundo.

O excesso de velocidade, a ingestão de álcool e a falta de equipamentos de segurança, como capacetes, cintos e cadeirinhas no caso das crianças, são as principais causas das lesões fatais no trânsito.

Da Redação – ND

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Comissão rejeita dedução no IR das despesas com cuidadores de idosos
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Morre o prefeito de São Paulo, Bruno Covas

Publicados

em


O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morreu às 8h20 deste domingo (16), em decorrência do câncer da transição esôfago-gástrica e complicações do tratamento. O velório será fechado, com a presença apenas para a família, mas haverá também uma cerimônia na prefeitura.

Licenciado do cargo no início deste mês, Bruno Covas estava em tratamento no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista.

Filho de Pedro Lopes e Renata Covas Lopes e pai do jovem Tomás Covas, Bruno nasceu em Santos, no litoral paulista, no dia 7 de abril de 1980, e foi advogado, economista e político brasileiro.

Mudou-se para a capital paulista em 1995 e, dois anos depois, filiou-se ao PSDB, seguindo os passos do avô, o ex-governador Mário Covas (1930-2001), sua grande inspiração e influência política . No partido, chegou a ser presidente estadual e nacional da Juventude do PSDB e ocupou cargos na Executiva Estadual.

Sua carreira na política começou em 2004, quando se candidatou a vice-prefeito de sua cidade natal. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual na Assembleia Legislativa de São Paulo e reeleito para o mesmo cargo e m 2010, com mais de 239 mil votos, sendo o mais votado d aquele ano.

Leia Também:  Câmara aprova texto-base do projeto de lei do licenciamento ambiental

No ano seguinte, assumiu a Secretaria Estadual do Meio Ambiente no governo de Geraldo Alckmin, permanecendo no cargo até 2014, quando foi eleito deputado federal para o mandato 2015-2019.

Edição: Nádia Franco

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA