POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro vai ao Amapá acompanhar situação no estado após 19 dias de apagão

Publicados

em


source

Agência Brasil

Bolsonaro
Reprodução / YouTube

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) irá para o Amapá acompanhar situação após 19 dias de apagão

presidente Jair Bolsonaro (sem partido) embarca neste sábado (21) para o Amapá, estado que vive uma crise no fornecimento de energia elétrica desde o início do mês. A viagem foi confirmada pelo Palácio do Planalto após reunião entre Bolsonaro e o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre , parlamentar eleito pelo estado do Norte do país.

Durante a conversa, Alcolumbre relatou as dificuldades que a população do Amapá está enfrentando e reforçou o pedido para o pagamento de um auxílio social à população atingida pelo apagão, além de outras providências do governo federal para resolver o problema. Bolsonaro deve chegar a Macapá, capital do estado, no início da tarde.

Leia Também:  Ministério de Desenvolvimento Regional reconhece estado de calamidade no Amapá

No dia 3 de novembro, um transformador pegou fogo e deixou 14 das 16 cidades do estado sem luz. Dos outros dois equipamentos no local, um também acabou danificado e outro já estava inoperante. Com isso, o estado ficou mais de 80 horas sem energia elétrica e até agora a situação não foi totalmente restabelecida.

A população tem fornecimento de energia limitado, em sistema de rodízio. Na última terça-feira (17), um novo blecaute voltou a afetar o estado. Segundo o governo federal, mais de 765 mil pessoas já foram atingidas pelos apagões, o que corresponde a 90% da população do Amapá.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque , está na capital amapaense monitorando pessoalmente a religação de transformadores e subestações de energia do estado. Após a autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o uso de duas usinas termelétricas no estado, Albuquerque acionou, nesaa sexta-feira (20), o gerador de uma delas.

Além do uso das usinas em caráter excepcional, o Ministério de Minas e Energia já havia autorizado a instalação de 22 unidades emergenciais de geração de energia na região. A subestação Santa Rita recebeu 13 geradores, enquanto a subestação Santana recebeu nove geradores.

Leia Também:  Senado aprova que Fust financie internet rápida em escolas públicas

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Prédio do Congresso ​Nacional recebe iluminação verde pelo Dia Nacional da Homeopatia

Publicados

em


O Palácio do Congresso Nacional estará iluminado de verde até o próximo dia 27 em alusão ao Dia Nacional da Homeopatia, comemorado no dia 21 de novembro, e em apoio à campanha “Novembro Verde: trate-se com homeopatia”, que tem o objetivo de esclarecer sobre o tratamento homeopático, assim como chamar atenção para sua disponibilidade pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Bruno Germany / Pixabay
Medicamentos homeopáticos são derivados de plantas, raízes e outras fontes naturais

A homeopatia é um sistema de caráter holístico e vitalista, que vê a pessoa como um todo, não em partes. O método terapêutico foi desenvolvido por Samuel Hahnemann ​há mais de 200 anos com base em três princípios fundamentais: a Lei dos Semelhantes; a experimentação no homem sadio; e o uso da ultradiluição de medicamentos. Os medicamentos homeopáticos têm como matérias-primas ervas, raízes e outras fontes naturais.

A homeopatia foi reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina em 1980 e pelo Conselho de Especialidades Médicas da Associação Médica Brasileira em 1990. Está presente no SUS desde 2006, por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares. O acesso é feito a partir dos serviços de saúde, tanto em unidades básicas como em serviços especializados.​

Leia Também:  Proposta susta portaria do Exército que altera regras para aquisição de fuzis

Da Redação – AC

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA