POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro tem infecção pulmonar, mas médicos não confirmam ligação com Covid-19

Publicados

em


source
Bolsonaro
Reprodução/Facebook

Bolsonaro durante live em que afirmou estar com “mofo no pulmão”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) revelou que estaria com uma infecção no pulmão na noite desta quinta-feira (30), quando chegou a afirmar que ” pegou mofo no pulmão “.

Médicos que atenderam Bolsonaro no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, confirmaram a doença, mas não constataram se há ligação com a Covid-19, segundo relatos ouvidos pela coluna Carla Araújo, do UOL .

Ele realizou exames no hospital na quarta-feira (29). “Teve uma infecção leve no pulmão , mas nada que um antibiótico não possa curar”, afirmou uma fonte, que atendeu Bolsonaro ouvida, pela coluna.

Os médicos, no entanto, não conseguiram estabelecer relação entre a infecção e a Covid-19 – doença da qual Bolsonaro esteve infectado por mais de duas semanas.

Leia Também:  Humberto Costa comemora decisões do STF favoráveis a Lula

‘É uma infecção pequena. Ainda não é possível dizer que foi causada pela Covid. Pode ser outra causa’, afirmou um general à coluna. Apesar da doença, Bolsonaro não cancelou sua viagem ao Rio Grande do Sul que estava marcada para esta sexta-feira (31). 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro publica MP que trata de reorganização societária da Caixa

Publicados

em


.

O presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória (MP) que trata de medidas para a  reorganização societária e desinvestimentos da Caixa Econômica Federal e suas subsidiárias. A MP foi publicada nesta sexta-feira (7) em edição extra do Diário Oficial da União

Segundo a Secretaria-Geral da Presidência da República, a MP é o primeiro passo para o desinvestimento e alienação de ativos da Caixa. O objetivo da reestruturação é diminuir a atuação do banco em setores como mercado de seguros e setores considerados não estratégicos.

A autorização tem validade até 31 de dezembro de 2021, prazo que o governo considera suficiente para as reestruturações. A MP autoriza as subsidiárias da Caixa e as sociedades constituídas pelas subsidiárias do banco a “constituir outras subsidiárias, inclusive pela incorporação de ações de outras sociedades empresariais” e a “adquirir controle societário ou participação societária minoritária em sociedades empresariais privadas”.

A reestruturação não afetará a atuação da Caixa no setor bancário, nem afetará políticas públicas estratégicas, como o bolsa família, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o financiamento imobiliário. 

Leia Também:  Bolsonaro visita ponte em São Vicente recuperada com recursos federais

Edição: Fábio Massalli

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLÍCIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA