RONDONÓPOLIS

POLÍTICA MT

Deputado Barranco visita Assentamentos Coqueiral e Bonanza em Nobres

Publicados

em

Foto: PEDRO LUIS VELASCO DE BARROS

Foto: PEDRO LUIS VELASCO DE BARROS

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) e a deputada federal Professora Rosa Neide (PT) visitaram nesse domingo (15), os assentamentos Coqueiral Quebó e Bonanza, na zona rural do município de Nobres. Os parlamentares se reuniram com lideranças locais e agricultores familiares, prestaram contas das ações do mandato e acolheram demandas.

A primeira reunião foi na Vila Roda D’Água, no Coqueiral, onde os parlamentares foram recebidos pelo presidente da Associação de Moradores, Luiz Carlos Becker; o correligionário Arnaldo Pires Moreira; e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Walter Batista dos Santos.

Luiz Carlos citou as dificuldades enfrentadas pela comunidade para ter acesso à água potável. Ele solicitou emendas para construção de um reservatório de 10 mil litros. “A água, que abastece as casas, chega por meio de caminhão pipa. Temos muita água na nossa região, mas é salobra e não podemos consumir. Por isso carecemos de abastecimento e de reservatório”, disse.

Leia Também:  Bolsonaro aguarda a visita de quatro líderes árabes ainda neste ano

Barranco e Professora Rosa Neide se comprometeram em apoiar a construção do reservatório, seja por meio de emendas ou gestão no Governo do Estado.

Em seguida, os parlamentares se deslocaram para o Assentamento Bonanza. Eles se reuniram na casa do presidente Walter com várias lideranças da comunidade, com o presidente da Associação dos Pequenos Agricultores, Rosalino Ribeiro da Silva e apoiadores partidários.

Walter Batista também destacou que o principal problema das 85 famílias que vivem no assentamento é a falta d’água. Ele e as lideranças pediram apoio à compra de bomba d’água para captação em um rio há dois quilômetros do assentamento, e distribuição da água aos lotes.

Os parlamentares também se comprometeram em trabalhar pelo atendimento da demanda. Barranco citou que a agricultura familiar é fundamental para garantir a segurança alimentar no Brasil.

“Setenta por cento dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros são produzidos pela agricultura familiar. Por isso temos o compromisso de trabalhar para garantir estrutura aos agricultores familiares”, disse. Barranco afirmou que seu mandato tem como prioridade o trabalho junto aos assentados e assentadas. “Vocês podem contar com nosso trabalho, para apoiarmos o Bonanza, o Coqueiral e os assentamentos da região”, disse.

Leia Também:  CCJR analisa 27 propostas em reunião ordinária

Para o presidente Walter, a ida do deputado estadual e da deputada federal, em um domingo, nos assentamentos, demonstra que eles têm compromisso com os trabalhadores. “Foi muito bom receber vocês aqui. Vocês viram nossas dificuldades. E estamos confiantes que vamos conseguir resolver esse problema da falta d’água, que tanto dificulta a nossa sobrevivência aqui na terra”, finalizou.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

CCJR realiza primeira audiência para discutir Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias

Publicados

em

A segunda audiência pública sobre a proposta está marcada para 10 de agosto e será conduzida pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso, por meio da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), promoveu audiência pública para discutir o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2023 (PLDO-573/2022), na tarde desta quarta-feira (6). Participaram representantes da Federação das Indústrias (Fiemt), sindicatos, Defensoria Pública, Ministério Público, Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz/MT).

O secretário-adjunto de Orçamento Estadual da Sefaz/MT, Ricardo Capistrano, apresentou a estrutura da proposta elaborada pelo governo e aspectos legais e constitucionais do texto. O PLDO 2023 possui 14 capítulos, anexos, adendos e traz informações sobre renúncia fiscal, prioridades da administração pública para o próximo ano e também metas e riscos fiscais.

Representantes sindicais do funcionalismo público estadual estiveram presentes e cobraram a realização de concursos públicos, pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) e mais investimentos nos serviços públicos e no combate à desigualdade social. Também houve muitos questionamentos ao valor projetado para renúncia fiscais, de quase R$ 10 bilhões. 

Leia Também:  Deputados aprovam PEC que define regras para nomeação de conselheiros no TCE

O PLDO é um instrumento que norteia a elaboração do Projeto de Lei Orçamentária Anual – 2023, que deve ser encaminhado à Assembleia Legislativa até 30/9/2022. Já o PLDO-2023 foi lido em Plenário na sessão ordinária do dia 1 de junho de 2022. A primeira votação da matéria está prevista para a próxima semana. 

A segunda audiência pública sobre a proposta está marcada para 10 de agosto e será conduzida pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária. O prazo para apresentação de emendas parlamentares ao texto vai até o dia 9 de setembro.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA