RONDONÓPOLIS

POLÍTICA MT

Deputado Barranco solicita ponte na MT-417 que liga as propriedades rurais de Nova Bandeirantes a Apiacás

Publicados

em


Foto: PEDRO LUIS VELASCO DE BARROS

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) apresentou a Indicação (nº 35/2022) solicitando que o governo de Mato Grosso firme convênio com a prefeitura municipal de Nova Bandeirantes a fim de propiciar a construção de uma nova ponte na rodovia MT-417 que liga a propriedades rurais do município de Nova Bandeirantes (997 km de Cuiabá) ao município de Apiacás (963 km da capital). O documento foi encaminhado ao Governador Mauro Mendes e ao Secretário de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Marcelo de Oliveira e Silva.

Conforme Barranco, a ponte que havia no local sofreu desbarrancamento, devido às fortes chuvas e precisa de reparos urgentemente. “Por causa das constantes chuvas na região norte do estado, a ponte não resistiu e sua cabeceira acabou cedendo ao forte volume de água. Isso fez com que as propriedades rurais de Nova Bandeirantes à Apiacás ficassem isoladas. Por isso, a construção da ponte se torna imprescindível, principalmente porque se trata da principal via de acesso dos produtores e produtoras rurais à cidade”, justificou.

Leia Também:  Lei pode criar campanha de prevenção e combate ao turismo sexual em MT

O parlamentar destacou ainda que, também por causa do alto número de chuvas, os rios e córregos que circundam Nova Bandeirantes subiram acima do nível normal. 

“Além da ponte, as chuvas fizeram com que os rios que cercam o município transbordassem, atingindo assim, as estradas que dão acesso à cidade, que não têm asfalto e como consequência causaram estragos nessas estradas vicinais, provocando a interdição e o bloqueio de vários trechos de vias que muitos produtores passam quase que diariamente” explicou.

Ele também lembrou que as estradas bloqueadas fazem parte de um importante pedaço que liga as comunidades rurais à cidade de Apiácas. “Esperamos que esse grave problema seja solucionado o quanto antes, pois os produtores não podem ficar muito tempo sem irem para a área urbana. O governo tem de firmar essa parceria com a prefeitura para, enfim, resolver, não só o problema da ponte, mas também os bloqueios das estradas”, finalizou o deputado.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Barranco pede informações sobre multas irregulares realizadas pela Sema

Publicados

em

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) apresentou um requerimento à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), solicitando informações da secretária de Estado de Meio Ambiente (Sema), Mauren Lazzaretti, sobre denúncias de assentados da reforma agrária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), de que agentes do órgão estão realizando, de maneira equivocada, penalizações, por meio de multas e outras punições, aos agricultores de Mato Grosso.

O parlamentar disse que muitos produtores e produtoras de projetos estaduais, cuja reserva ambiental foi locada na época da implantação de assentamento em área coletiva, estão sendo multados sem qualquer motivo. “A Sema tem penalizado esses assentados para cobrar a reserva individual. São várias reclamações de diversos municípios que estão sendo atacados pela fiscalização da instituição que não reconhece as reservas em condomínio dos assentados, que deixaria o lote livre e respeitar as APPs”, disse.

Membro titular da Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e Regularização Fundiária, Barranco complementou que a entidade falhou em várias situações. “Essa situação de denúncias e descaso vêm se agravando há algum tempo, pois a Sema assumiu a responsabilidade de elaborar o Sistema Mato-grossense de Cadastro Ambiental Rural (SIMCAR) há quatro anos e até agora data nada apresentou”, falou.

Leia Também:  Em sessão remota, deputado dispara arma e fala em alerta ao comunismo

Sistema Mato-grossense de Cadastro Ambiental Rural (SIMCAR) – É um sistema eletrônico de âmbito estadual, com base de dados integrada ao Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR), destinado à inscrição, consulta, acompanhamento e gerenciamento da situação ambiental dos imóveis rurais.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA