POLÍTICA MT

Botelho destaca votação da LOA durante entrevista na Radio Assembleia FM

Publicados

em


Foto: Ronaldo Mazza

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM) participou na manhã de hoje (25) do programa “Painel”, da Rádio Assembleia 89,5 FM, apresentado pelos jornalistas Lucky Marlon e Bruno Pini.

O deputado falou de vários assuntos, entre eles, projetos, vetos e um resumo dos trabalhos desta semana. O destaque ficou por conta da votação do projeto da Lei de Orçamento Anual (LOA), que tem o prazo para até o final do ano para ser votada.

O deputado lembrou que a LOA já passou pela primeira votação, e agora entra a questão das emendas parlamentares, onde a discussão é maior entre as partes interessadas.

“Houve um acordo entre os deputados para votarem sem elas (as emendas). Agora temos em torno de 400 emendas para serem analisadas. Muitas delas vão ser reprovadas pelas comissões, mas não quer dizer que o deputado não possa pedir destaque dela para ir ao Plenário”, afirmou Botelho.

Ele explica que a Mesa Diretora fez esse acordo para acelerar parte da votação, porque, segundo o primeiro-secretário, a LOA passa por, no mínimo, quatro votações.

“Vai primeiro para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), depois segue para a primeira votação, na sequência, é encaminhada para a Comissão de Fiscalização, Acompanhamento e Execução Orçamentária (CFAEO), e posteriormente, a segunda votação. Dependendo por ir para uma terceira votação de redação final”, revelou ele.

Leia Também:  Fórum Brasil-China destaca biotecnologia para garantir a sustentabilidade

Conforme Botelho, fazendo essa votação em primeira e encaminhando para a CCJR, ele entende que a Assembleia já realizou 50% dos trabalhos da LOA.

“Temos até ao final do ano para aprovarmos. Estamos fazendo isso, porque 2022 será um ano mais curto, do ponto de vista orçamentário, em razão das eleições. Nossa perspectiva de aprovação é boa. Agora começam os debates por causa das emendas. A Assembleia está bem dependente e discutindo com maturidade e seriedade todos os projetos”, assegurou o parlamentar.

Ações – Outro assunto abordado durante a entrevista de hoje, foi sobre mobilidade urbana e as políticas públicas para o ciclismo.

“Sou defensor de todas as atividades físicas, e o ciclismo é uma delas. Entendo que falta conscientização da população, mas é um conjunto de todas as partes, como ciclistas, motoristas, falta de ciclovias e população”, afirmou.

“Vivemos num mundo de muita pressa e isso dificulta o respeito com o próximo. Isso tudo vai de encontro com a falta de consideração com o ciclista. Por isso, esse assunto foi colocado em pauta entre os deputados, e a Assembleia vai ser pioneira no país, na construção de banheiros adequados e um bicicletário para praticantes do ciclismo. É adequar o espaço físico para que o cidadão consiga chegar ao local de trabalho”, disse.

Leia Também:  Policiais interrompem casamento e prendem noivo durante cerimônia; veja vídeo

Botelho também falou que essa legislatura vem trabalhando muito desde o início em 2019, culminando com várias ações para o Estado melhorar em todos os aspectos com realizações de obras.

“A Assembleia fez a recuperação fiscal do Estado, por meio da revisão dos incentivos, que criou a nova forma de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS); aprovou a Lei de Responsabilidade Fiscal, e a Reforma da Previdência. Então, tudo isso deu condições para que o Estado alcançasse índices extremamente altos. Diante disso, o Estado terá um superávit de R$ 5 bilhões para novos investimentos”, avalia ele.

“Nós devemos arrecadar mais de 30 bilhões de reais no próximo ano. Isso tudo é o reflexo dos trabalhos desenvolvidos pela Assembleia Legislativa com diálogo das partes interessadas e enfrentamentos, em muitas oportunidades, muito desgastantes. Mas conseguimos aprovar essas leis que deram condições para que o Estado faça esse grande volume de obras e investimentos na saúde, segurança, educação e infraestrutura”, complementou Botelho.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Deputado Thiago Silva defende correção da tabela salarial dos servidores do Detran

Publicados

em


Deputado Thiago reúne com servidores do Detran

Foto: HENRIQUE COSTA PIMENTA BRAGA

O deputado estadual Thiago (MDB) Silva reforçou sua cobrança, durante a sessão legislativa de quarta-feira (24), para que o governo do estado possa fazer a correção da tabela salarial para os servidores do Detran-MT.

“Hoje os servidores da autarquia estão com o salário defasado em comparação a carreiras semelhantes no quadro do governo de Mato Grosso”, de acordo com o deputado, e por isso vem cobrando insistentemente que o governo priorize o reajuste salarial para a categoria que presta serviço direto com a população.

“Recebemos, em nosso gabinete na Assembleia e em Rondonópolis, os servidores do Detran solicitando a intermediação junto ao governo para que possa ter o entendimento de corrigir o salário dos servidores, que  encontra-se defasado. Precisamos priorizar a valorização dos servidor e é o nosso dever ser porta-voz desses profissionais que tão bem servem nosso Estado”, disse o deputado Thiago.

“Continuaremos em busca da construção do entendimento para a correção dessa defasagem salarial que sofremos nos nossos salários e fortalecendo essa luta”, disseram os servidores do Detran.

Leia Também:  Instituto orienta para consumo consciente durante a Black Friday

Thiago Silva recebeu os representantes do Sindicato dos Servidores do Detran também na quarta-feira, em Rondonópolis, que apresentaram a defasagem na tabela salarial. O deputado informou que irá se reunir, na próxima semana, em Cuiabá, com representantes do governo para que uma solução possa ser definida.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA