POLICIAL

Sete armas de fogo são tiradas de circulação depois de briga familiar, violência doméstica, agressão e outros

Publicados

em


Policiais militares prenderam no sábado e domingo (24 e 25.10), seis pessoas por porte ilegal de arma de fogo. Sete armas e duas réplicas foram tiradas de circulação em seis cidades.

Em Várzea Grande, a ocorrência atendida pela equipe do 4º BPM prendeu um homem depois de ameaçar sua esposa e uma conhecida com uma espingarda calibre 36, com uma munição deflagrada. Ele estava alcoolizado e não apresentou resistência.

Os policiais do 5º Pelotão de Nova Bandeirantes foram chamados para intermediar uma briga familiar. Na casa, a esposa do acusado disse o marido estava embriagado e causando uma confusão. Ela temia, pois ele tinha uma arma de fogo. O homem foi rendido e apreendido um revólver calibre 32, com duas munições.

Em Bom Jesus do Araguaia, os policiais do Núcleo da cidade foram informados que um homem tinha sido baleado durante uma briga generalizada em um bar, no barro Vila Campinas.  Em diligência, na procura do acusado, os policiais encontraram em sua casa uma espingarda calibre 22, com uma munição. O suspeito denunciado não foi localizado.

Leia Também:  Representantes da Polícia Nacional da Colômbia conhecem modelo de segurança pública aplicado em MT

Em Primavera do Leste, os militares do 4º BPM apreenderam um revólver calibre 38, com nove munições deflagradas. A equipe realizava abordagem de rotinha quando ouviram cinco disparos de arma de fogo e logo em seguida, em alta velocidade, uma caminhonete L 200 preta.

Foi iniciado o acompanhamento até a motorista que estava alcoolizada parar o veículo. A mulher estava na companhia de um homem que seria o autor dos disparos. Ambos conduzidos à delegacia.

 Em Rondonópolis, no bairro Serra Dourada, os militares do 5º BPM foram acionados por um homem que tinha sido vítima de coronhadas de uma arma de fogo. A vítima apontou o dono de um mercado como o agressor.  No estabelecimento comercial, os policiais encontraram na cintura do acusado um revólver calibre 38 com quatro munições.

 Ainda em Rondonópolis, no bairro Jardim Atlântico, a denúncia apontava dois homens manuseando duas réplicas de arma de fogo dentro de uma conveniência. Em diligência, a dupla foi localizada e a informação confirmada. Ele contaram tinham comprado os simulacros que estavam com problemas, em uma loja próximo da conveniência, mas estava fechada, por isso, não conseguiram trocá-las.

Leia Também:  Projeto prevê atendimento especializado às vítimas de violência sexual

Em Lucas do Rio Verde, a equipe da Força Tática foi informada da atitude suspeita que um homem em um veículo VW Saveiro branco, parado na frente de um supermercado por horas.

Os militares encontraram o motorista dormindo. Dentro do carro estavam os dois revólveres calibre 38, com três munições. Questionado, o homem disse que não tinha registro nem porte das armas.

Simulacros apreendidos em Rondonópolis     Foto: PMMT

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Escola Militar Tiradentes de Rondonópolis tem autorização aprovada por unanimidade no CEE

Publicados

em


A Escola Estadual Militar Tiradentes Major PM Ernestino Veríssimo da Silva, sediada em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), criada em 2019, já obteve o credenciamento e autorização junto ao Conselho Estadual de Educação (CEE-MT).

De acordo com a decisão publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (27.11), essa unidade escolar já está autorizada para oferecer Educação Básica nas etapas: Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Na sessão de julgamento realizada na última terça-feira (24), os conselheiros do CEE-MT analisaram o processo de credenciamento e autorização da Escola Tiradentes e Rondonópolis e por unanimidade deliberam pela aprovação.

Para o diretor da Escola, tenente-coronel Kleber Franklin de Lima Ferreira, essa aprovação é fruto da preocupação, empenho e dedicação da Polícia Militar, por meio da Diretoria de Ensino da Polícia Militar, e da equipe da escola, servidores civis e policiais militares.

Essa escola tem 363 alunos matriculados e nos próximos meses deve abrir as inscrições para o processo seletivo de novos alunos.

  

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Três pessoas da mesma família são presas em pontos de venda de drogas distintos na Capital
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA