POLICIAL

Policiais impedem fuga e prendem dupla por homicídio em Alto Paraguai

Publicados

em


A Polícia Militar prendeu dois homens (19 e 20 anos) por homicídio doloso consumado, porte ilegal de arma de fogo, e  outros crimes, no último domingo (21.02), em Alto Paraguai. Os suspeitos foram presos por atirarem na vítima identificada por Jovane Almeida da Silva, de 30 anos. 

Por volta das 23 horas, os policiais que estavam em rondas pelo bairro centro, se depararam com os suspeitos em uma motocicleta em alta velocidade. A dupla caiu do veículo e os policiais fizeram a abordagem aos dois homens, um revólver cal 38 com cinco munições deflagradas e uma intacta. 

Os suspeitos relataram à polícia que estavam fugindo após terem invadido a residência de Jovane Almeida da Silva e matá-lo a tiros. A PM verificou  a informação sobre o homicídio e teve a confirmação dos fatos. Os policiais deram voz de prisão aos dois homens e os conduziram à delegacia. 

De acordo com  informações da equipe que atendeu o homicídio, a vítima foi baleada no tórax. A esposa da vítima contou ainda que estava em casa, quando o marido entrou em casa correndo, dizendo que havia se envolvido em uma briga de bar, em seguida, os suspeitos invadiram o imóvel do casal e atiraram na vítima, que morreu no local. 

A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil. 

Serviço

 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

 
Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  EUA: imigrante morre após policiais ajoelharem em seu pescoço por 5 minutos
Propaganda

POLICIAL

PM fecha festas clandestinas, apreende drogas e conduz 18 pessoas para delegacias

Publicados

em


Na madrugada deste domingo (28.02) policiais militares conduziram 18 pessoas para delegacias e acabaram com três festas clandestinas com aglomeração de pessoas no Estado. A ação é resultado da Operação Dispersão III, desencadeada pela Polícia Militar nos 141 municípios. 

Está é a terceira etapa das atividades de prevenção e fiscalização do cumprimento das medidas de restrição adotadas como forma reduzir os riscos de propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Em Cáceres (225 km de Cuiabá), a Polícia Militar empregou um grande aparato policial (Força Tática, Ambiental e viaturas do policiamento e rotina) no apoio aos fiscais de Prefeitura e conselheiros tutelares para por fim a uma festa clandestina que ocorria no bairro Garcez, em uma chácara.

No local havia mais de 100 pessoas, dezenas delas menores de idade, e até uma mulher com dois filhos de colo, de três e dois anos. Organizada para cobrança de ingresso, lá foram detidas 14 pessoas, apreendidas caixa de pulseiras de identificação, equipamentos de som, além de R$ 600 e porções de maconha e pasta base de cocaína.

Leia Também:  Quatro pessoas são presas em desarticulação de escritório de golpes em Rondonópolis

Já em Pedra Preta (238 km de Cuiabá), a partir da denúncia de populares, policiais interromperam uma festa com mais 100 pessoas que acontecia em uma residência. Conforme narrativa da equipe da PM, havia dezenas de pessoas no local consumindo bebidas alcóolicas e fazendo uso de narguilé. Quatro adultos, três homens e uma mulher, que seriam os organizados do evento, foram conduzidos à delegacia.

Na MT-040, em Santo Antônio de Leverger (34 km de Cuiabá), policiais militares acabaram com uma festa clandestina com aglomeração de cerca de 300 pessoas. Quando os policiais do 9º Batalhão e da 3ª se aproximaram do local os participantes correram para diferentes direções se escondendo em áreas de mata. A festa chegou ao final, mas ninguém foi preso.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 08000.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Leia Também:  Foragido da Justiça por morte de professor há 7 anos é preso em Várzea Grande
Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA