RONDONÓPOLIS

POLICIAL

Polícia Civil recupera R$ 35 mil de vítima de estelionato pela internet

Publicados

em

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) em parceira com a Delegacia de Campo Novo dos Parecis, noroeste do Estado, recuperou o valor total de R$ 35 mil, subtraídos de uma vítima de estelionato.

As investigações iniciaram na terça-feira (17.05), logo após a vítima de 43 anos e moradora da zona rural, procurar a Delegacia de Campo Novo dos Parecis para registrar o boletim de ocorrência.

A comunicante informou que se interessou por um anúncio de venda de um veículo Cruze pelo valor de R$ 38 mil, divulgado em grupo do aplicativo WhatsApp. Durante conversa com o suposto vendedor do carro, a vítima desconfiou do valor e questionou o mesmo.

No entanto, o golpista disse que proprietário do automóvel lhe devia, bem como o valor do carro era parte do valor acordado com o dono. Em seguida, a vítima negociou a compra e foi conferir o veículo.

Após gostar do carro a vítima realizou um pagamento por meio de PIX de R$ 5 mil, e uma transferência via TED de R$ 30 mil, para conta bancária de uma mesma mulher. Somente depois que a vítima descobriu que havia caído em um golpe de estelionato.

Leia Também:  Vídeo: Polícia mata jovem negro com 60 tiros em Ohio, nos EUA

Imediatamente a DRCI foi acionada para dar apoio nas investigações, e conseguiu recuperou através de bloqueia bancário o valor total subtraído da vítima. As apurações continuam visando identificar o autor do crime.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil investiga mãe que quebrou dedo da filha em Lucas do Rio Verde

Publicados

em

A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e Mulher de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá), instaurou inquérito policial para apurar a conduta de uma mãe que quebrou o dedo da filha de 7 anos, enquanto a agredia como forma de correção.

A mulher, de 34 anos, poderá responder pelo crime de lesão corporal qualificada.

As diligências iniciaram após a equipe da Polícia Civil ser acionada, na terça-feira (05.07), por funcionários do Hospital São Lucas, os quais informaram que tinha dado entrada na Unidade de Saúde uma criança com fratura em um dos dedos.

As investigadoras do Núcleo de Atendimento foram ao local, onde conversaram com a mãe da vítima, que alegou que estava agredindo a filha com chineladas, para corrigi-la, quando a criança colocou a mão na frente, ocorrendo a fratura.

Diante dos fatos narrados, as policiais conduziram a mãe da menina até a Delegacia de Lucas do Rio Verde, onde ela foi ouvida pelo delegado Eugênio Rudy Júnior.

Leia Também:  Polícia Civil investiga mãe que quebrou dedo da filha em Lucas do Rio Verde

Após prestar os devidos esclarecimentos, a suspeita foi liberada e sendo instaurado inquérito policial para apurar a conduta da mãe em relação à criança.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA