POLICIAL

Polícia Civil cumpre mandados contra ex-diretores por desvios em Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Combate a Corrupção (Deccor), deflagrou na manhã desta terça-feira (23.03), a operação “Chave de Ouro” para apurar o desvio de aproximadamente R$ 1,4 milhão dos cofres da Empresa Cuiabana de zeladoria e Serviços Urbanos  (Limpurb).

A operação foi deflagrada com objetivo de cumprir três ordens judiciais, sendo dois mandados de busca e apreensão domiciliar e um de prisão preventiva, nas cidades de Cuiabá e Florianópolis (SC)..

Os mandados de busca e apreensão e de prisão cumpridos em Florianópolis (SC) têm como alvo a servidora que ocupava o cargo de diretora financeira da empresa. A terceira ordem judicial (de busca e apreensão) foi cumprida em Cuiabá contra o presidente da empresa á época dos fatos.

As investigações iniciaram em dezembro de 2020, após denúncia realizada pela Prefeitura Municipal de Cuiabá junto à Delegacia de Combate a Corrupção para apurar os desvios dos cofres do município. Durante as buscas foram apreenndidos celulalres, computadores e documentos que vão auxiliar o trabalho investigativo. 

Leia Também:  Polícias Militar e Civil resgatam jovem vítima de sequestro em Tangará da Serra

A servidora que teve o mandado de prisão preventiva cumprido em Santa Catarina será ouvida ainda nesta terça-feira (23) por videoconferência. 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Policiais civis localizam container furtado em VG e prendem receptador

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf) recuperaram nesta sexta-feira (14) um container que foi furtado no último dia 8 de maio, na cidade.  

A equipe de investigação passou a fazer diligências com base nas informações registradas pela vítima e conseguiu localizar uma pessoa que havia sido contatada para o serviço de chapeiro para ajudar a colocar o container em um caminhão.

Depois dessa informação, os investigadores da Derf-VG chegaram a uma empresa localizada no bairro Barreiro Branco, em Cuiabá. Eles avistaram o container nos fundo da empresa de blocos pré-moldados. No local estava o proprietário da empresa, que se mostrou muito nervoso com a chegada dos policiais, e depois disse que comprou o equipamento por R$ 4 mil em um site na internet e que desconfiou do valor, muito abaixo do preço de mercado, mas resolveu arriscar. 

Os investigadores informaram que era um produto furtado.O dono da empresa foi detido em flagrante pelo crime de receptação e foi conduzido à delegacia, onde foi autuado em flagrante.

Leia Também:  Universidade do Ceará pede para testar em humanos nova vacina contra a Covid

eceptador declarou aos policiais que faria no container o escritório da sua empresa de pré-moldados.

O container, avaliado em R$ 14 mil reais, foi devolvido à vítima que agradeceu o serviço da polícia, pois acreditava que o equipamento não estaria mais por perto.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA