POLICIAL

PM prende suspeitos de sequestrar e matar ex-jogador de futebol

Publicados

em


A Polícia Militar do 11º Batalhão prendeu dois homens de 30 e 21 anos por sequestro e homicídio da vítima identificada como William Sant’Ana de 21 anos, na última sexta-feira (17), em Sinop. Ele era ex-jogador de futebol e os suspeitos confessaram que participaram do crime e informaram onde haviam ocultado o corpo da vítima.  

A ação contou com o apoio de policiais do Grupo Raio, do GAP (Grupo de Apoio) e da Agência Regional de Inteligência (ARI). Segundo o boletim de ocorrência, após a Polícia Militar solicitar análise local de uma tornozeleira eletrônica à ARI, foi verificado que o homem de 30 anos esteve na hora e no local do crime. Diante das informações, os policiais iniciaram patrulhamento pelo bairro Boa Esperança, em Sinop, e localizaram o primeiro suspeito. 

Durante a abordagem, o suspeito confessou o crime e contou que a vítima teria praticado um crime de estupro e que durante o sequestro, dentro do carro, a quadrilha havia feito vídeochamada por celular mostrando a vítima para integrantes de uma organização criminosa. O suspeito contou ainda que ficou no carro, enquanto a vítima era executada e que chegou a ouvir dois disparos de arma de fogo. 

Leia Também:  Em 24 horas, 10° Batalhão recupera três veículos roubados e furtados na capital

O suspeito indicou para a PM o local que onde haviam escondido o corpo da vítima, uma mata de difícil acesso, às margens do Rio 15. Os policiais fizeram o isolamento da área e acionaram a Polícia Judiciária Civil.  O homem já preso pela PM informou ainda o envolvimento de um outro indivíduo, de 19 anos, que foi localizado no bairro Boa Esperança pela guarnição do RAIO.

O comparsa confirmou os fatos narrados pelo primeiro suspeito preso. Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Preso no Tocantins suspeito de feminicídio de adolescente em Sorriso

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

O suspeito do feminicídio da adolescente Andressa dos Santos Silva, 16 anos, encontrada morta no último final de semana, em Sorriso, foi preso nesta quarta-feira (27.10), na cidade de Gurupi, no estado do Tocantins.

Ele foi detido em uma ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso e a Polícia Militar da cidade tocantinense, quando foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva deferido pela 2a Vara Criminal de Sorriso.

O suspeito do crime foi preso em um ônibus que teria saído da região de Sorriso com destino ao Nordeste do País. A localização do investigado pelo feminicídio foi possível graças a diversas diligências e ações de inteligência realizadas pela equipe da Delegacia de Sorriso.

Após ser preso, ele foi encaminhado à Delegacia de Gurupi, para a formalização da prisão e futuramente será recambiado para Mato Grosso.

De acordo com o delegado José Getúlio Daniel, outras diligências estão sendo efetuadas para identificar possíveis coautores do crime e a motivação do feminicídio.

Leia Também:  PM apreende mais de 17 mil maços de cigarros contrabandeados; cinco suspeitos são presos

O corpo de Andressa foi localizado na manhã do domingo, 24 de outubro, em um matagal no bairro Morada do Bosque, em Sorriso. Conforme constatado pela perícia técnica, o corpo apresentava várias perfurações provocadas por arma branca. 

No sábado, a mãe da adolescente procurou a Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrência informando o desaparecimento da garota. Ela disse que a filha saiu de casa por volta das 21h da sexta-feira, dizendo que logo retornaria, e não levou o celular.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA