POLICIAL

Operação Comando da Lei cumpre ordens judiciais contra integrantes de facção responsáveis por homicídio em VG

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP), deflagrou nesta quarta-feira (29) a Operação Comando da Lei para cumprimento de mandados judiciais de prisões e de buscas e apreensões relacionados à investigação de um homicídio ocorrido em dezembro de 2018, no bairro Parque Paiaguás, em Várzea Grande.  

As ordens judiciais decretadas pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande têm como alvo integrantes de uma facção criminosa que teriam cometido o crime contra João Gabriel Silva de Jesus, 20 anos,  porque este supostamente seria informante da polícia.

A vítima foi brutalmente espancada e depois morta por disparos de arma de fogo e ainda sofreu lesões no pescoço e no crânio, além de ter o abdômen cortado com exposição das vísceras.

Os detalhes sobre a investigação e a operação serão informados em coletiva à imprensa pelos delegados Fausto Freitas e Caio Fernando Albuquerque, às 9h desta quarta-feira, na sede da DHPP (Avenida Tenente-coronel Duarte – Prainha, em Cuiabá).

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão contra padrasto que abusava sexualmente de 4 enteadas menores de idade

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil cumpre prisão contra padrasto que abusava sexualmente de 4 enteadas menores de idade

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um padrasto que cometia abusos sexuais contra quatro enteadas menores de idade foi preso pela Polícia Civil, no sábado (04.12), no município de Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá), em cumprimento de mandado de prisão.

O suspeito de 54 anos teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, pelo crime de estupro de vulnerável, após rápida providências tomadas pela Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário.

Na sexta-feira (03) o Conselho Tutelar apresentou as meninas de 12, 10, 8 e 6 anos, respectivamente, junto com a mãe, na Delegacia de Polícia de Colniza para comunicar os fatos. 

Com a participação da psicóloga, do promotor de Justiça e do juiz da Comarca, as vítimas foram ouvidas em depoimento especial, e mesmo demonstrando estarem abaladas contaram com detalhes os abusos que vinham sofrendo  por parte do padrasto, há cerca de dois anos, quando ele passou a morar com a mãe das crianças.

Toda a audiência foi acompanhada por meio de videoconferência pela equipe da Polícia Civil. As quatro menores foram submetidas ao exame de corpo delito, sendo na menina mais velha (de 12 anos) constatado o ato de conjunção carnal.

Leia Também:  PM prende suspeito após tentativa de furto em comércio de Tangará da Serra

Diante da gravidade dos fatos, o Ministério Público representou imediatamente pela prisão preventiva do acusado deferido pelo juízo competente. De posse do mandado os investigadores foram até a residência onde o suspeito estava e realizaram a detenção dele.

O investigado foi conduzido até a Delegacia de Colniza, interrogado e posteriormente encaminhado para Cadeia Pública da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA