MUNDO

Que perigo! Idoso pilota cadeira de rodas em rodovia movimentada; assista

Publicados

em


source
Homem de aproximadamente 85 anos usou uma cadeira de rodas elétrica para transitar entre carros
Reprodução Facebook

Homem de aproximadamente 85 anos usou uma cadeira de rodas elétrica para transitar entre carros

Um homem de 85 anos está sendo procurado pela polícia em Hong Kong após ser flagrado pilotando uma cadeira de rodas elétrica em meio a uma rodovia movimentada na manhã desta segunda-feira (22).

Segundo informações, o idoso pilotou por cerca de 1,5 km na pista. No vídeo, é possível ver os carros tendo que desviar da cadeira de rodas para que ele não fosse atropelado.

Confira o vídeo:

O curioso é que horas antes de ser flagrado na rodovia, a polícia já havia encontrado o idoso no local. Ele alegou que entrou na pista por engano, e foi resgatado sem ferimentos, e não teve prisão decretada.

Contudo, com o novo registro, a polícia acredita que o homem repetiu o trajeto, e tenta encontrá-lo.

Pelas leis do país asiatico, usar um meio de transporte que não tenha registro de licença pode acarretar uma pena de 6 meses de prisão e multa de até 7 mil reais.

No caso do idoso, a pena pode ser até maior, chegando a um ano, pelo fato de estar ‘dirigindo’ uma cadeira elétrica.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Biden revoga veto de Trump a imigrantes

Publicados

em


O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, revogou medida do antecessor, Donald Trump, que vetava a entrada de alguns imigrantes no país por suposto “risco para o mercado de trabalho”.

Com a decisão, Biden inverteu com efeito imediato a decisão de Trump, anunciada em 22 de abril de 2020, nos primeiros meses da pandemia de covid-19, que atingiu duramente a economia dos EUA e atrasou a criação de emprego.

A decisão de Trump, prorrogada em junho de 2020 e depois em 31 de dezembro de 2020, determinava a suspensão da entrada de imigrantes e não imigrantes que representassem risco durante a recuperação econômica, após a pandemia.

Joe Biden defendeu agora que impedir a chegada dessas pessoas não faz avançar os interesses da América. “Pelo contrário”, acrescentou, “prejudica os Estados Unidos, inclusive ao impedir membros de famílias de cidadãos americanos e residentes permanentes legítimos de se reunirem com familiares”.

De acordo com o decreto, a decisão do antecessor também prejudica as indústrias americanas que utilizam talentos de todo o mundo. Além disso, “prejudica os indivíduos que foram selecionados para receber a oportunidade de se candidatarem, e aqueles que receberam vistos de imigrantes por meio da Lotaria da Diversidade de Vistos”.

Leia Também:  200 caixões caem no mar após deslizamento de terra em cemitério na Itália

Além de reverter a decisão da administração anterior, Biden instruiu os secretários de Estado, Trabalho e Segurança Interna a reverem “quaisquer regulamentos, ordens, documentos de orientação, políticas e quaisquer outras ações similares” desenvolvidos sob o decreto anterior e, se necessário, emitir novas disposições, de acordo com a atual política.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA