RONDONÓPOLIS

MUNDO

Guerra na Ucrânia: Pentágono cobra Rússia sobre cessar-fogo

Publicados

em

source
Situação de Izium, na Ucrânia
Reprodução: redes sociais – 08/04/2022

Situação de Izium, na Ucrânia

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, cobrou nesta sexta-feira (13) a instituição de um “cessar-fogo imediato” na Ucrânia e instou a Rússia a manter abertos os canais de comunicação com Kiev.

O chefe do Pentágono conversou por telefone com o ministro da Defesa russo, Sergey Shoigu, no primeiro contato direto entre eles desde 18 de fevereiro, seis dias antes da invasão à Ucrânia .

“O secretário Austin pediu um cessar-fogo imediato na Ucrânia e enfatizou a importância de manter linhas de comunicação”, diz um comunicado do Departamento de Defesa, sem dar maiores detalhes sobre o conteúdo da conversa.

O telefonema aconteceu em meio à ofensiva russa para conquistar o Donbass, território do leste da Ucrânia onde ficam as regiões separatistas de Donetsk e Lugansk.

Em entrevista a um canal italiano na última quinta (12), o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse estar pronto para se reunir com o mandatário da Rússia, Vladimir Putin, mas o Kremlin afirmou nesta sexta que é “impossível” organizar uma reunião bilateral neste momento.

As negociações para um cessar-fogo estão travadas desde o fim de março, quando a Ucrânia se comprometeu a não ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), mas com a condição de que tivesse caminho livre para entrar na União Europeia e garantias de segurança por parte de potências internacionais.

Os dois países, no entanto, ainda não avançaram nas conversas sobre o destino da península da Crimeia, anexada pela Rússia em 2014, e do Donbass. Moscou exige o reconhecimento da soberania de Donetsk e Lugansk e da anexação da Crimeia, mas a Ucrânia defende a manutenção de sua integridade territorial.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Fonte: IG Mundo
Leia Também:  Presidente da Turquia diz que Otan deve entender preocupações do país

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

EUA aprovam ajuda de US$40 bilhões à Ucrânia

Publicados

em

source
Projeto recebeu 85 votos a favor e 11 contra
Reprodução

Projeto recebeu 85 votos a favor e 11 contra

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira (19) um novo pacote de cerca de US$ 40 bilhões em ajuda militar e humanitária à Ucrânia, que enfrenta ataques da Rússia desde o dia 24 de fevereiro.

O projeto de lei recebeu 85 votos a favor e 11 contra e, agora, seguirá para a mesa do presidente americano, Joe Biden, para assinatura.

A medida inclui, entre outras coisas, US$ 20,1 bilhões em ajuda militar, US$ 8 bilhões em apoio econômico e mais de US$ 1 bilhão para os refugiados que tentam escapar da guerra.

A ajuda à Ucrânia tem sido um raro ponto de coesão no Congresso americano, com a maioria dos democratas e republicanos se unindo para auxiliar o governo de Volodymyr Zelensky.

Por várias semanas, Biden estava pedindo uma ajuda de US$ 33 bilhões para a Ucrânia, mas no início da semana os líderes legislativos acordaram em aumentar a assistência para aproximadamente US$ 40 bilhões.

Com a aprovação do novo pacote de ajuda à Ucrânia, o orçamento total dos EUA para o país sobe para quase US$ 54 bilhões, tendo em vista que, em março passado, o Congresso já havia liberado US$13,6 bilhões em auxílio ao governo ucraniano.

Na ocasião, Zelensky comparou o conflito de seu país com o ataque a Pearl Harbor e os atentados do 11 de setembro de 2001.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA