MUNDO

Embaixadora das Filipinas é obrigada a deixar o Brasil após agredir empregada

Publicados

em


source
Embaixadora das Filipinas
Reprodução

Embaixadora das Filipinas é obrigada a deixar o Brasil após agredir empregada

A embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro, foi convocada de volta ao país da Ásia após ter sido  flagrada por câmeras de segurança agredindo uma empregada doméstica na residência diplomática, em Brasília. A informação foi compartilhada no Twitter pelo secretário de Relações Exteriores do país, Teodoro Locsin Jr.

“A embaixadora das Filipinas no Brasil foi chamada de volta imediatamente para explicar os maus-tratos contra sua equipe”, disse Locsin.

Ainda não há confirmação se a embaixadora já deixou o Brasil. O secretário não deixou claro também se ela vai perder o cargo ou se será substituída. Marichu é diplomata de carreira e foi nomeada embaixadora no Brasil em 2018.

Leia Também:  Pensilvânia confirma vitória de Biden três semanas depois da eleição

Ela também já atuou em cargos na Bélgica e Itália, além de também representar o país asiático junto a Venezuela como embaixadora não residente, assimo como da Guiana, Colômbia e Suriname.

Em nota, o Departamento de Relações Exteriores filipino informou que a doméstica, de 51 anos, deixou a capital brasileira no dia 21 de outubro e também está de volta às Filipinas.

“O DFA está entrando em contato com ela para garantir seu bem-estar e cooperação na investigação. O DFA garante ao público que conduzirá uma investigação rigorosa”, afirmou.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Casa Branca autoriza que Biden tenha acesso a relatórios de inteligência dos EUA

Publicados

em


source
Biden poderá acessar relatórios de inteligência da Casa Branca
ROBERTO SCHMIDT / AFP

Biden poderá acessar relatórios de inteligência da Casa Branca

O presidente eleito Joe Biden começará a receber os relatórios de inteligências dos Estados Unidos. A decisão foi tomada hoje (24) pela Casa Branca e divulgada pelo The Washington Post .

Os relatórios de inteligência incluem informações confidenciais sobre segurança nacional e outras ameaças mundiais.  Ontem, a GSA (Administração de Serviços Gerais) autorizou o início do processo de transição entre os governos.

Trump ainda não reconheceu a vitória do seu oponente. Desde que consumada a vitória do Democrata, Trump acusa, sem provas, o processo eleitoral de fraude. O republicano entrou com ações judiciais em mais de um colégio eleitoral para recontagem dos votos.

Na última semana, o governo de Donald Trump recebeu um ofício de médicos e outros representantes da saúde dos EUA pedindo que sua equipe compartilhe dados cruciais da Covid-19 com a equipe de transição do presidente eleito Joe Biden. A ideia é evitar atrasos desnecessários no combate à pandemia, enquanto as infecções e hospitalizações estão em disparada no país.

Leia Também:  Confinamento não travou concentração de CO2 na atmosfera, diz agência
Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA