MUNDO

Covid-19: EUA alcançam marca de meio milhão de mortos

Publicados

em


source

Crusoé

Estados Unidos é o país que mais registrou mortes em decorrência da Covid-19
Reprodução: iG Minas Gerais

Estados Unidos é o país que mais registrou mortes em decorrência da Covid-19

Os Estados Unidos alcançaram a marca de 500 mil mortos pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) nesta segunda (22), segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

O total é mais do que a soma dos óbitos na Primeira Guerra Mundial, na Segunda Guerra Mundial e na Guerra do Vietnã. O número ainda é menor do que o total de mortos na gripe espanhola, que foi de 675 mil pessoas nos Estados Unidos.

Você viu?

A marca foi alcançada 13 meses após o surgimento do primeiro caso de coronavírus nos Estados Unidos. Para chegar à marca dos primeiros 100 mortos, o país demorou quatro meses. Os últimos 100 mil mortos foram alcançados em apenas 33 dias.

Mas o país também tem observado uma redução no número de novos casos, o que mais adiante pode resultar em um número menor de mortes. No último mês, os Estados Unidos registraram uma queda de 183 mil no número de novos casos de Covid.

Leia Também:  Tóquio registra hoje 337 novos casos de coronavírus

Entre os fatores que explicam essa redução estão a adesão a medidas de isolamento social e o uso de máscaras, além da chegada das vacinas .

O Brasil é o segundo país com mais mortos por Covid-19 , 246 mil, seguido pelo México com 180 mil, segundo a Johns Hopkins.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Maré baixa e falta de chuvas secam canais em Veneza

Publicados

em


source
Níveis dos canais chegaram a 45 centímetros em alguns pontos
Reprodução/BBC

Níveis dos canais chegaram a 45 centímetros em alguns pontos

A falta de chuvas associada às marés particularmente baixas transformou a paisagem da cidade de Veneza, na Itália, durante essa semana. O fenêmeno, que já ocorreu anteriormente em 2016 e 2018, secou os canais da cidade, prejudicando o tráfego e alterando os cartões postais mais famosos da cidade turística.

De acordo com o canal BBC, que visitou a cidade, barcos e gôndolas estão encalhados nas margens dos canais que tão permitem navegação. O nível da água, ainda de acordo com a reportagem, caiu para pouco mais de 70 centímetros. Em alguns locais, onde a seca é mais crítica, o nível chegou a 45 centímetros.

Outro registro recente de seca na cidade ocorreu há pouco mais de um mês, quando a seca prejudicou um pouco o transporte pelos canais apesar das enchentes registradas em novembro de 2020. Apesar disso, os registros de fevereiro são ainda mais preocupantes.

Leia Também:  Unesp suspende segunda fase do vestibular por causa da covid-19
Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA