Ministério Público MT

Colégio empossa corregedores e integrantes do CSMP

Publicados

em


Nesta quinta-feira (04), durante solenidade virtual de posse realizada pelo Colégio de Procuradores de Justiça, o corregedor-geral do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, Hélio Fredolino Faust, reconduzido ao cargo por mais um biênio, enfatizou que o órgão “continuará fiscalizando e acima de tudo orientando os promotores de Justiça”. Reforçou ainda que a Corregedoria-Geral está de portas abertas para ouvir a sociedade. Faust terá como corregedor-geral adjunto o procurador de Justiça João Augusto Veras Gadelha.

Na solenidade, também foram empossados os novos integrantes do Conselho Superior do Ministério Público (biênio 2021/2023). O colegiado passou a ser composto pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, pelo corregedor-geral, Hélio Fredolino Faust, e pelos procuradores de Justiça Marcelo Ferra de Carvalho, Flávio Cezar Fachone, Luiz Eduardo Martins Jacob, Luiz Alberto Esteves Scaloppe, Paulo Roberto Jorge do Prado, Rosana Marra, Edmilson da Costa Pereira, Domingos Sávio de Barros Arruda e Ana Cristina Bardusco Silva. 

Representando os conselheiros, o procurador de Justiça Luiz Alberto Esteves Scaloppe destacou a importância da proatividade de todos os membros do referido conselho. “É uma honra estar presente no Conselho Superior do Ministério Público e serve de estímulo para que possamos despender forças a essa missão institucional e democrática do MP”. 

Leia Também:  CNPG defende aprendizagem profissional e trabalho decente para jovens

O presidente da Associação Mato-grossense do Ministério Público (AMMP), Rodrigo Fonseca Costa, ressaltou o perfil de correção e equilíbrio dos procuradores de Justiça que estão à frente da Corregedoria-Geral. Ele também enalteceu o papel exercido pelo Conselho Superior. “São os conselheiros que nos dão as diretrizes na condução e na busca por resultados em nossa atuação”, disse. 

Fonte:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Ministério Público MT

Campanha lançada neste domingo coloca vítima como protagonista

Publicados

em


Com o objetivo de conscientizar pessoas que sofreram algum tipo de violência sobre os seus direitos e a quais órgãos devem recorrer, foi lançada neste domingo (01) a campanha “Justiça Começa pela Vítima”. Uma iniciativa do Grupo Nacional de Coordenadores de Centro de Apoio Criminal (GNCCRIM), órgão vinculado ao Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Ministérios Públicos dos Estados e da União (CNPG).

Em Mato Grosso, o Ministério Público Estadual divulgará nas redes sociais, com uso de uma linguagem simples e inclusiva, posts explicativos sobre os direitos que as vítimas têm à informação, ressarcimento, tratamento digno, apoio jurídico, serviços de apoio e de ser ouvida.

“Essa campanha tem uma função muito importante porque coloca a vítima em situação de protagonismo dentro do sistema de Justiça Criminal. Com o apoio do CNPG, levaremos essa campanha a todos estados com o intuito de promover conhecimento necessário à concretização de direitos e à promoção da justiça”, destaca a procuradora-geral de Justiça do DF e atual presidente do GNCCRIM, Fabiana Costa.

Leia Também:  CNPG defende aprendizagem profissional e trabalho decente para jovens

A presidente do CNPG e procuradora-geral do Amapá, Ivana Cei, explica que a iniciativa coloca o tema em destaque e estimula a discussão em todo o país. “É necessário reforçar a comunicação e levar informações que orientem com clareza as vítimas que, em muitos casos, não sabem por onde iniciar a busca por justiça. Com a nacionalização da campanha, chegaremos a muitos lugares, conscientizando e orientando a comunidade de um modo geral, especialmente as pessoas que buscam seus direitos”, reforça.

Retrato – Em 2020, segundo o 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foram registradas 29,1 mil tentativas de homicídios no país e 532.363 casos de lesão corporal dolosa. Além disso, segundo a mesma pesquisa, no ano passado foram contabilizados 519.568 roubos a transeuntes, 32.268 roubos a residências e 46.588 roubos a estabelecimentos comerciais.

Assista ao vídeo da Campanha

Fonte: MP MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA