MATO GROSSO

Vinte e quatro estados se preparam para retornar aulas em agosto

Publicados

em


Vinte e quatro Estados devem retornar as aulas em agosto. O retorno foi discutido em encontro conjunto dos conselhos nacionais de Secretários de Saúde (Conass) e de Secretários de Educação (Consed), realizado nesta terça-feira (20.07) em Brasília.

“A maioria dos Estados, em torno de 24, vão retornar suas atividades até agosto, levando em consideração todos os protocolos já estabelecidos. Somente três manifestaram que não têm uma data prevista para retorno”, disse após a reunião o secretário de Educação de Mato Grosso, Alan Porto. Em Mato Grosso, as aulas na forma do ensino híbrido retornam no dia 3 de agosto.

Ele conta que um técnico do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) expôs todas as informações para que os secretários de Educação tomem a decisão, como a média móvel, números de contaminação, quadro de vacinação, novas variantes e ocupação dos leitos de UTI, além da infraestrutura das unidades escolares.

“Foi demonstrado que houve boa performance no número de profissionais da educação que foram vacinados no Brasil. Eles entendem que é o momento de retornar”, informa o secretário Alan Porto.

Leia Também:  Empossado há menos de quatro meses, deputado apresenta 65 proposições

O professor Nereu Mansano, pediatra e um dos técnicos do Conass, participou do debate sobre o retorno presencial das aulas. “Precisamos o mais breve possível promover o retorno das aulas presenciais. Sempre com responsabilidade e o cuidado necessário”, afirma.

“Colocamos que a decisão a ser tomada depende de uma avaliação local nos Estados. Depende da integração das áreas de educação e saúde, tanto de Estados como de municípios”, reforçou.

Reunião de avaliação       

O secretário Alan Porto ressaltou ainda que haverá uma reunião do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) nos dias 12 e 13 de agosto em São Paulo para avaliação e para ser uma espécie de “ponto de controle”.

Como a maioria dos Estados já vai ter o ensino retomado, será possível avaliar os pontos positivos e negativos do retorno às aulas.  “Os Estados mostrarão suas experiências do retorno às aulas presenciais ou em ensino híbrido”.

Preparação de escolas em MT

Em novembro do ano passado as escolas de Mato Grosso começaram a receber verbas para ações de prevenção à disseminação do vírus. E adquirir todos os materiais necessários para os protocolos de biossegurança, como álcool em gel, máscaras, termômetros, lavatórios e materiais para sinalização das unidades.

Leia Também:  Ponte Branca comemora aniversário com parcerias estaduais em infraestrutura, segurança e assistência social

Este ano, os recursos para as escolas investirem em manutenções preventivas e corretivas foram reajustados de R$ 33 mil para R$ 100 mil. Os repasses automáticos para custeio das escolas estaduais tiveram aumento de 47%. Além disso, todas as unidades tiveram capacitação e orientação para o enfrentamento ao covid-19

As secretarias de Estado de Educação e de Saúde elaboraram todos os protocolos de volta segura. A Comissão Intergestores Bipartite inseriu os profissionais da educação como grupo prioritário à vacinação. E em todos os municípios os professores foram vacinados.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Projeto convida população a participar de lives sobre cultura popular cuiabana

Publicados

em


Com a conclusão da primeira etapa, o projeto “Quintais da Cultura Popular Cuiabana” entra na segunda fase de trabalho, que será a realização de lives com equipe de pesquisadores, comunidades e lideranças comunitárias. As transmissões ocorrem nos dias 3 e 17 de agosto, e 21 de setembro, às 19h30, via página do Facebook do Instituto INCA – Inclusão, Cidadania e Ação.

As lives serão abertas ao público em geral, que poderá participar enviando perguntas durante a transmissão. O projeto propõe a participação pública, afim de que a população conheça e reconheça a importância de salvaguardar esses locais, os quintais da cultura cuiabana, para que eles consigam ser sustentáveis.

A ação antecipa as discussões que serão levadas ao Fórum de Políticas Públicas, a ser realizado no dia 16 de outubro. O fórum reunirá entidades governamentais e organizações sociais, com palestras sobre Patrimônio Cultural e Economia Criativa, com a finalidade de propor políticas públicas para o setor.

Quintais da Cultura

O projeto “Quintais da Cultura Popular Cuiabana” tem como objetivo realizar um mapeamento diagnóstico e inventário de 10 quintais que preservam a cultura popular da cidade de Cuiabá, incluindo a região urbana e rural. Além de registrar a variedade de saberes, ofícios e celebrações que existem nos quintais cuiabanos.

Leia Também:  Saúde Estadual divulga programação com o tema: "amamentação é responsabilidade de todos"

“A proposta é divulgar e reconhecê-los como território criativo, além de reativar quintais sem atividade e estimular a participação da comunidade, sobretudo os mais jovens, realizando ações de formação e engajamento”, diz a presidente do Instituto INCA, Cybele Bussiki.

O projeto é realizado pelo Instituto INCA – Inclusão, Cidadania e Ação, patrocinado pelo Governo do Estado de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), via emenda parlamentar do deputado estadual Dilmar Dal Bosco, e conta com o apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e parceria do grupo Caleidoscópio da UFMT.

Serviço

Quintais da Cultura Popular Cuiabana – Lives

Data: 03 e 17 de agosto, e 21 de setembro

Horário: 19h30

Local: transmissão via página do Facebook do Instituto INCA

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA