MATO GROSSO

Unemat inicia aulas do semestre letivo 2021/1 nesta segunda-feira (03)

Publicados

em


A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) dá início nesta segunda-feira (03.05) às aulas do semestre letivo 2021/1. No total, 11.285 alunos matriculados em 3.608 disciplinas oferecidas de forma totalmente on-line retomam suas atividades.

No ano de 2020, a Unemat se adequou de forma rápida aos impactos provocados pela pandemia da Covid-19 e os alunos puderam continuar seus estudos de forma remota (on-line) nos Períodos Letivos Suplementares (PLSEs), que ocorrem em três edições em 2020 e uma em 2021. Foram os PLSEs que permitiram a Unemat continuar com a formação de seus acadêmicos e devolver à sociedade mais de 1.000 profissionais formados.

Em 2021, serão oferecidos dois semestres letivos, com carga horária maior e com mais tempo para a oferta das disciplinas. O primeiro semestre (2021/1) será ofertado de forma remota, com disciplinas on-line. O Calendário Acadêmico foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe), em sessão realizada nos dias 17 e 18 de dezembro do último ano.

“Foi graças ao empenho de todos que a Unemat se reorganizou para ofertar os PLSEs e assim manter suas atividades de Ensino. Dessa forma, entramos em um grupo muito seleto de universidades públicas no País que estão com seus calendários letivos relativamente em dia, considerando a situação de pandemia pela qual estamos passando. Isso é resultado de um investimento de recursos e de muito trabalho para minimizar os prejuízos do processo de formação dos nossos alunos”, destacou o reitor Rodrigo Bruno Zanin.

Leia Também:  Projeto de conectividade com tecnologia 5G em área rural é iniciado em Mato Grosso

De acordo com o reitor, os dados positivos são resultado do trabalho de gestores, professores e técnicos. “A Unemat teve que se reinventar. Adequamos nossas atividades pedagógicas, administrativas e investimos em tecnologia de informação para possibilitar as condições necessárias para acolher nossos acadêmicos”.

DOCENTES QUALIFICADOS

A Unemat tem 761 professores efetivos. Destes, 450 são doutores, 260 mestres e 43 graduados, com uma capacidade pedagógica, técnica e de experiência de docência de excelência no processo de formação dos acadêmicos.

Neste período letivo 2021/1, a universidade registrou o maior número de alunos matriculados, comparando-se com os três períodos letivos suplementares excepcionais (PLSE) do último ano. “Estes dados significam que a Unemat está no caminho certo para possibilitar ao aluno seguir sua formação acadêmica”, destacou a vice-reitora Nilce Maria da Silva.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Comandantes regionais discutem investimentos e redução dos índices de roubos e homicídios

Publicados

em


Comandantes regionais e das unidades da Polícia Militar se reuniram nesta sexta-feira(15.05), no Quartel do Comando Geral, em Cuiabá, para discutir temas como redução dos índices criminais, investimentos em fardamento, armamentos, infraestrutura, padronização de procedimentos, entre outras questões.

Na abertura da reunião, o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, parabenizou os comandantes regionais pelo empenho nas ações preventivas e de repressão à violência apontando os resultados alcançados. Assis citou como exemplo o aumento na apreensão de drogas, que nos dados gerais passou dos 150%. Já a queda dos índices de homicídios e roubos, de 31% e 24%, em 2019 e 2020, também foi abordada e elogiada pelo comandante.

Ele também salientou o esforço coletivo dentro da instituição para cumprir a missão de prevenir a Covid-19, orientando e fazendo a população entender a necessidade do cumprimento das medidas restritivas.

No caso dos homicídios dolosos, os comandos regionais com maiores percentuais de redução foram: 5º Comando Regional de Barra do Garças, com queda de 31%; 6º Comando Regional de Cáceres, com 24%; e 15º Comando Regional de Peixoto de Azevedo, com 22%.

Leia Também:  CCJ se reúne nesta quinta-feira para análise de parecer sobre a reforma administrativa

Nos índices de roubos a redução foi maior de 45%, no 3º Comando Regional, com sede em Sinop, seguido do 4º CR de Rondonópolis, onde registrou queda de 38%. Terceiro colocado, o 2º CR de Várzea Grande, computou 36% a menos no número de roubos.

De acordo o com coronel Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, subchefe de Estado Maior Pinheiro, esses encontros presenciais ocorrem semestralmente, mas por causa da pandemia vinham sendo realizados de forma virtual.

Esse encontro é o primeiro presencial desde o agravamento dos índices da Covid-19. “São importantíssimos para a troca de informações, avaliação do planejamento e a adoção de novas estratégias de policiamento,conforme as necessidades apresentadas”.

Sobre o fardamento, o coronel Pinheiro explicou que o processo de aquisição pelo Governo do Estado está sendo finalizado, incluindo os destinados para as unidades especializadas. Em breve todos os policiais estarão usando as novas fardas. Além de mais conforto aos policiais, o fardamento instituíra a identidade visual do efetivo.

Os coronéis Assis, Pinheiro e Francyanne entregaram certificados de reconhecimento aos comandantes dos CR’s que contribuíram no resultado de queda dos índices criminais. Receberam os certificados por maior dedução de roubos os comandantes: Wesney Sodré(3º CR), Wendel Sódré(4º CR) e Wankley Rodrigues(2ºCR). Pela queda dos índices de homicídios dolosos os comandantes:  Souza(5º CR), Tapajós (6º CR) e James Ferreira(15ºCR).

Leia Também:  Quatro integrantes de associação criminosa são presos por estelionato na Capital

 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA