MATO GROSSO

Sistema Penitenciário de MT adere ao Programa Nacional de Controle da Tuberculose

Publicados

em


Mato Grosso foi um dos estados que aderiu ao Programa Nacional de Controle da Tuberculose, do Ministério da Saúde. A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da adjunta de Administração Penitenciária (SAAP), firmou termo de cooperação junto ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para desenvolver ações preventivas no combate às doenças nas unidades penais.

A campanha Prisões Livres de Tuberculose traz conteúdo informativo, voltado para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) e servidores, sobre educação em saúde, comunicação e fluxo da atenção em saúde, com objetivo de reduzir os casos de tuberculose.

Em Mato Grosso, as primeiras unidades a receberem o material educativo foram o Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May e Penitenciária Central do Estado (PCE). Na próxima semana, as outras 45 instituições prisionais do Estado vão receber o material.

“As ações de enfrentamento às doenças emergentes no Sistema Prisional são importantes para reduzir os agravos. A tuberculose sempre foi um problema de saúde pública no Brasil e, após esforços coletivos das equipes de saúde in loco com parceiros, verificamos que o número de casos está reduzindo em Mato Grosso”, explicou a coordenadora de Saúde do Sistema Penitenciário, Lenil da Costa Figueiredo.

Leia Também:  Começa o Programa Embrapa & Escola 2020

Mesmo nesse cenário de pandemia do novo coronavírus, a Coordenadoria de Saúde tem atendido não só as demandas geradas pela Covid-19, como também das demais doenças.

“Nosso trabalho continua na prevenção à tuberculose, hanseníase e demais doenças, pois elas não deixaram de existir e as equipes de saúde estão atuantes na prevenção, assistência, recuperação e vigilância em saúde”, enfatizou.

Mato Grosso tem pouco mais de 11 mil homens e mulheres nas unidades penais e cerca de três mil servidores.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Detran-MT orienta sobre renovação da Carteira Nacional de Habilitação; veja os prazos para cada caso

Publicados

em


Os condutores de Mato Grosso devem ficar atentos quanto à necessidade da renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Em decisão motivada pela pandemia do novo coronavírus, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelece o prazo indeterminado de validade para as CNHs que venceram a partir do dia 19 de fevereiro de 2020.

Portanto, os motoristas que estão com o documento enquadrados nessa situação, não precisam de urgência para realizar a renovação do documento, que continua válido em todo território nacional e será aceito durante abordagem de fiscalização de trânsito.

Já os habilitados que estão com a CNH vencida antes do dia 19 de fevereiro de 2020, estes sim deverão providenciar a renovação do documento, pois está irregular. Nesses casos, a renovação pode ser feita de forma presencial, através de agendamento prévio do atendimento no site do Detran-MT (www.detran.mt.gov.br), ou pelo aplicativo MT Cidadão, que pode ser baixado no aparelho celular.

O Detran-MT reforça ainda que as CNHs renovadas terão o prazo de validade de 5 anos, uma vez que a Lei Federal n° 14.071 de 13 de outubro de 2020, que altera esse prazo de validade, ainda não entrou em vigor no Brasil. 

Leia Também:  Projeto permite uso de vale-transporte para embarque no sistema seletivo

Para abrir o processo de renovação de CNH pelo aplicativo MT Cidadão o condutor não poderá possuir impedimentos e/ou bloqueios em sua CNH. O documento deverá estar com vencimento de no máximo um ano.

Como fazer

O cidadão deve entrar na loja playstore da Google e IOS e procurar pelo aplicativo MT Cidadão. Após baixar e fazer o cadastro, o usuário deve acessar a sua conta, ir em “Meus Documentos”, depois em “CNH” e irá aparecer seu nome, categoria da sua CNH, validade, número de registro e quantidade de pontos.

Logo abaixo, na guia “Solicitações”, deverá escolher a opção desejada, no caso específico: “Renovação da CNH”.

Ao clicar em “Renovação”, deve conferir seus dados, escolher a unidade do Detran-MT para abrir o processo de renovação e se deseja pegar a CNH na unidade escolhida ou receber pelos correios. O aproveitamento da imagem será feito automaticamente. 

Após confirmação, será aberto um campo para a emissão do boleto para pagamento da taxa de renovação da CNH, que é de R$ 132,36.

Com o pagamento da taxa o condutor deverá comparecer a Clínica Médica indicada no RENACH para realizar os procedimentos do exame de aptidão física e mental.

Leia Também:  Embrapa Pecuária Sul lança vídeos durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

No próprio aplicativo MT Cidadão o condutor poderá consultar o status de auditoria e emissão da sua CNH e aguardar a entrega pelos correios, caso tenha optado pelo o envio do documento em casa. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA