MATO GROSSO

SES inicia reforma e modernização da Escola de Saúde Pública

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) deu início à obra da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso. Estimada em aproximadamente R$ 3 milhões, a reforma da estrutura prevê a troca de cobertura e revestimentos existentes, adaptação dos banheiros, cozinha, modificação dos espaços internos e da fachada.

A obra será feita por etapas, tendo a previsão de conclusão para setembro de 2022. O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, informou que essa modernização integra o Programa Mais MT, que prevê o investimento de R$ 1,18 bilhão na área da saúde. 

“O Governo de Mato Grosso trabalha incansavelmente para modernizar todos os equipamentos da Saúde Pública do Estado. A Escola de Saúde Pública de Mato Grosso aguarda por uma modernização há cerca de duas décadas. É com muita satisfação que eu anuncio que, nesta gestão, ela será reformada. Assinei o contrato no início de outubro e a ordem de execução já foi dada”, declarou. 

A Escola de Saúde Pública tem a missão de garantir educação permanente aos trabalhadores da saúde, com foco em aspectos éticos, políticos, técnicos e científicos. Essa atuação visa à melhoria dos serviços de saúde, qualidade de vida da população e ao fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Leia Também:  Politec recebe visita técnica de equipe da Secretaria Nacional de Segurança Pública

A diretora da Escola de Saúde Pública, Sílvia Tomaz, relembrou que a unidade espera por uma reforma estrutural há cerca de 21 anos. Para a gestora, o investimento representa um grande feito para a área da Saúde Pública. 

“Tenho certeza de que todos os diretores e trabalhadores que passaram por essa Escola esperaram por este momento da reforma. Eu acredito que, a partir de agora, inicia-se um novo ciclo na história da Escola de Saúde Pública”, concluiu a gestora.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Onze motoristas são presos por embriaguez ao volante em Várzea Grande

Publicados

em


Onze motoristas foram presos por embriaguez ao volante, na madrugada deste domingo (05.12), durante a 75ª Operação Lei Seca, realizada na Avenida 31 de Março, no bairro Manga, em Várzea Grande.

Durante a ação, foram realizados 106 testes de alcoolemia. Destes, 21 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, sendo autuados pela prática e três se recusaram a fazer o teste.

Os agentes da segurança pública identificaram ainda outros 13 motoristas que não possuíam Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 29 conduziam veículo sem registro ou não licenciado.

Nesta operação, foram registrados 86 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Já outros 13 motoristas assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), na qual 12 não eram habilitados e outro por entregar veículo a pessoa sem possuir CNH.

Ao todo, 106 veículos foram fiscalizados, dentre eles, 48 foram removidos, sendo 39 carros e nove motocicletas e outros 56 autuados. Os agentes recolheram 28 documentos, sendo 21 CNHs e sete Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs).

Leia Também:  Servidores do MTPrev participam de palestras sobre saúde do homem

Sobre a operação 

A Operação Lei Seca é uma ação integrada, coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI-Sesp) e nesta edição contou com a participação do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário da Polícia Militar de Mato Grosso, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT), do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), do Serviço de Operações Penitenciárias Especializadas (SOE) e da Guarda Municipal de Várzea Grande.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA