MATO GROSSO

SES divulga carta aberta em defesa do aleitamento materno e alimentação complementar saudável

Publicados

em


.

Os representantes das instituições públicas e privadas participantes do II Encontro Mato-grossense de Aleitamento Materno e Encontro Mato-grossense de Alimentação Complementar Saudável (EMAMA) aprovaram uma Carta em defesa da promoção, proteção e do apoio ao aleitamento materno e alimentação complementar saudável.

O evento foi realizado no período de 3 a 7 de agosto pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), com transmissão online pelo programa Telessaúde, e coordenado pela equipe técnica da Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde da SES.

A Carta aponta 27 metas de importância como, por exemplo, a melhora o índice de aleitamento materno; o aumento de oferta de bancos de leito materno no Estado; o maior credenciamento de instituições hospitalares com o selo Hospital Amigo da Criança; a abertura de salas de apoio à amamentação com certificação na Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil e o fortalecimento do atendimento à mulher e ao bebê em todas as fases da maternidade.

“Essa Carta do II EMAMA registra o compromisso, para os próximos três anos, de instituições públicas, privadas, filantrópicas, grupos de apoio, profissionais autônomos e sociedade civil em planejar e executar de forma intersetorial as ações de proteção e apoio ao aleitamento materno e alimentação complementar saudável”, explicou o coordenador do Encontro e servidor da Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde, Rodrigo Carvalho.

Leia Também:  Sarah Andrade negocia programa de turismo e gastronomia na TV aberta

De acordo com o gestor, o documento visa à implementação de todas as estratégias que favorecem o aleitamento materno e a alimentação complementar saudável nos 141 municípios de Mato Grosso. “Um dos compromissos que também é muito importante para nós é a criação do Comitê de Aleitamento do Estado”, concluiu.

Participaram da elaboração e aprovação da Carta os representantes das seguintes instituições: Rodrigo Carvalho, da Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde da SES e Coordenador Técnico do II EMAMA, EMACS e Mostra Regional; Cláudia Moreno, do Escritório Regional de Saúde (ERS) da Baixada Cuiabana; Marinês Tibola, do ERS de Sinop e Grupo Despertar; Gláubia Relvas, do ERS de Barra do Garças e Secretaria Municipal de Saúde de Pontal do Araguaia; Ivoni Soares, do ERS de Colíder; Shirley Pereira, do ERS de Rondonópolis; Maria Célia Braga, do ERS de Peixoto de Azevedo; Geise Vaz, do ERS de Juína; Sílvia Almeida, do ERS de Tangará da Serra; Marcly de Lima, do ERS de Juara; Gisela Brunken, do Grupo de Apoio Super Mães; Tatiana Bering, da Faculdade de Nutrição da UFMT (campus de Cuiabá); Patrícia Massmann, do Núcleo de Apoio ao Aleitamento Materno Exclusivo da UFMT (campus de Pontal do Araguaia) e Celina Kohler, da Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar (IBFAN Brasil).

Leia Também:  Governo de MT aumenta em 47% os repasses para as escolas estaduais

Conheça a íntegra da Carta do II Encontro Mato-grossense de Aleitamento Materno, Encontro Mato-grossense de Alimentação Complementar Saudável e Mostra Regional de Experiências Bem-sucedidas de Alimentação Adequada e Saudável na Primeira Infância.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo de Mato Grosso publica nomeação de papiloscopistas e técnicos em necropsia

Publicados

em


O Governo do Estado, por meio das secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag) e de Segurança Pública (Sesp), publicou quarta-feira (16.06), no Diário Oficial do Estado, a nomeação de 14 papiloscopistas e três técnicos em necropsia para várias cidades do Estado para atender demanda da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Cuiabá (Politec).

Foram nomeados nove papiloscopistas para a capital e outros cinco para os municípios de Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Juína e Primavera do Leste. Já os técnicos em necropsia irão atuar em Cuiabá e Pontes e Lacerda.

Essas contratações são relativas ao concurso público homologado em dezembro de 2017 e conforme o titular da Seplag é uma demanda antiga da Politec que está sendo atendida neste momento graças a todas as medidas adotadas pelo Governo que equilibraram as contas e possibilitaram essas nomeações.

“Essas nomeações só estão sendo possível graças ao trabalho que essa gestão realizou para equilibrar as contas públicas. Esses servidores prestarão serviços essenciais à população”, destacou.

Já o secretário da Sesp, Alexandre Bustamante, destacou os investimentos que o Estado tem feito na segurança pública.

“Além das nomeações que estão sendo realizadas na medida do possível, temos obras acontecendo em diversos lugares, a exemplo da unidade socioeducativa de Rondonópolis, a reforma dos raios da Penitenciária Central do Estado, reforma de diversos batalhões da Polícia Militar, ou seja: um verdadeiro canteiro de obras. A evolução na segurança é gigante e só não vê quem não quer”, disse.

Leia Também:  Auxílio emergencial: Caixa divulga o calendário da 3ª parcela; confira

Os candidatos nomeados têm um prazo de 30 dias, a partir da data de publicação do ato no Diário Oficial, para tomar posse na Coordenadoria de Recrutamento e Seleção da Seplag, munidos dos documentos necessários conforme Instrução Normativa nº 03

O candidato nomeado deve fazer primeiro o agendamento de sua consulta por meio do serviço de atendimento gratuito do governo, o Disque-Servidor (0800-647-3633) e depois, através do mesmo número, agendar a posse. No ato do agendamento, ele será informado sobre o horário que deve comparecer a Perícia Médica.

O presidente do Sindicato dos Profissionais da Ciência da Papiloscopia, Idejair Macencio Conceição, comemorou as nomeações e agradeceu o empenho do Seplag. “Gostaríamos de agradecer empenho do secretário Basílio nessas novas contratações e reafirmar que é uma vitória para a sociedade, pois quem ganha é a população com a melhoria dos serviços prestados”.

Documentos para posse

O servidor nomeado deve se apresentar munido  de fotocópias da Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF/CIC), PIS ou PASEP (opcional), Título de Eleitor, comprovante de quitação eleitoral (das três últimas eleições), se casado (a), Certidão de Casamento, se tiver filhos, Certidão de Nascimento de dependentes, documentação de quitação com o Serviço Militar, Comprovação da formação exigida para o cargo conforme especificado no edital de abertura do concurso, comprovante de escolaridade, de endereço e nº da conta corrente do Banco do Brasil.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso publica nomeação de papiloscopistas e técnicos em necropsia

Os documentos originais exigidos são: uma fotografia 3 x 4, Certidão Negativa Criminal da Justiça Federal e da Justiça Estadual dos lugares onde tenha residido nos últimos cinco anos, declaração de não ocupar ou receber proventos de aposentadoria de cargo, emprego ou função pública, ressalvados os cargos acumuláveis previstos na Constituição da República, declaração de que não foi demitido por justa causa ou em decorrência de processo administrativo ou criminal e declaração de bens e valores que constituem seu patrimônio e dos dependentes.

Clique aqui para conferir a lista de nomeados. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA