MATO GROSSO

Seduc e SES realizam reunião para discutir modelo de retorno às aulas

Publicados

em


As Secretarias de Estado de Educação (Seduc-MT) e de Saúde (SES-MT) realizam, nesta quinta-feira (14.01), a partir das 09h, um debate ampliado sobre o modelo que será adotado no retorno às aulas. Foram convidados representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep), Fórum Estadual de Educação, União dos Dirigentes Municipais de Educação de Mato Grosso (Undime), Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Ministério Público do Estado (MPE), senadores, deputados federais e estaduais.

O amplo debate será feito no auditório da secretaria, com a participação dos secretários Alan Porto (Seduc) e Gilberto Figueiredo (SES), além de membros do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE-MT) que vão expor a realidade da Covid-19 no Estado.

A reunião será transmitida pelo canal da Seduc no You Tube.

O QUE: Reunião para discutir o modelo de retorno às aulas na rede estadual de educação em MT

QUANDO: Quinta-feira (14/01), às 9h

ONDE: Auditório da Seduc.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cartilha da Secel orienta sobre prestação de contas de projetos culturais
Propaganda

MATO GROSSO

“Esse é o início da recuperação de Mato Grosso na pandemia”, afirma governador

Publicados

em


O governador Mauro Mendes afirmou que a vacinação contra a covid-19, que começou na noite de segunda-feira (18.01), marca o início da recuperação de Mato Grosso em relação à pandemia.

A primeira vacina foi aplicada na técnica de enfermagem Luiza Batista Silva, que atua na linha de frente do combate ao coronavírus. O ato ocorreu no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. Também foram vacinados outros nove profissionais de saúde.

É o início da recuperação de Mato Grosso na pandemia. Teremos longos meses pela frente. O número de vacinas enviadas aos estados é proporcional, e teremos um longo caminho a ser seguido até receber toda a imunização dos mato-grossenses”, relatou, acompanhado da primeira-dama Virginia Mendes.

O lote de 126 mil doses do imunizante chegou em Mato Grosso no início da noite e foi armazenado no Centro de Distribuição em Cuiabá. De lá, as vacinas serão distribuídas para os polos regionais, de forma a chegarem em todos os municípios, proporcionalmente.

Como são duas doses por pessoa, mais de 60 mil mato-grossenses serão vacinados nessa primeira fase.

A partir desta terça-feira estaremos dando sequência na distribuição aos municípios para que o mais rapidamente possível chegue aos prefeitos e secretários municipais de saúde”, explicou.

De acordo com Mauro Mendes, a previsão é que o segundo lote de vacinas seja entregue no estado ainda em janeiro.

Eu acredito que essa etapa marca o início de uma virada de página. Ainda não temos a data dos novos lotes, mas temos a expectativa de que até o final do mês receberemos mais uma remessa”, pontuou.

O chefe do Executivo Estadual também falou sobre a importância da imunização para que os mato-grossenses possam, em breve, voltar a viver dentro da normalidade.

“Ficamos felizes por estar aqui vivenciando este momento, que reflete a expectativa que temos de reconquistar a liberdade, direito de ir e vir e de ter a nossa vida de volta”.

Contudo, o governador recomendou que a população continue a adotar as medidas preventivas contra o vírus, uma vez que serão muitas fases ainda para que a vacina seja aplicada de forma geral.

“Temos um longo caminho pela frente. Por isso é importante que todos continuem a tomar as medidas farmacológicas para evitar a transmissão pelo coronavirus”, recomendou.

Também participaram do ato os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil) e Gilberto Figueiredo (Saúde); o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat; além de parlamentares do Estado e da Capital.

Fases da vacinação

Nessa primeira fase serão vacinados os profissionais da Saúde, população a partir dos 75 anos e acima dos 60 anos que vivem em instituições de longa permanência (asilos e clínicas psiquiátricas), e indígenas que vivem em aldeias.

Na segunda fase, receberão a vacina a população de 70 a 74 anos; seguida da população de 65 a 69 anos; e depois os idosos entre 60 e 64 anos.

A terceira fase vai contemplar as pessoas com as seguintes comorbidades: diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.

Já a quarta fase vai imunizar os professores, profissionais das forças de Segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade.

Logística

A distribuição das vacinas ocorrerá por meio do Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 em Mato Grosso e prevê, caso necessário, o apoio de seis aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) para distribuição do composto.

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição será feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e o Ministério da Defesa. Nos casos em que for necessário, o Ciopaer disponibilizará sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

Os 141 municípios de Mato Grosso receberão as agulhas que já se encontram em estoque e que serão utilizadas no plano de vacinação contra a Covid-19.

A SES também providenciou a aquisição suplementar de 6,5 milhões de seringas para o enfrentamento de vacinação, com investimento na ordem de R$ 2,8 milhões.

Fonte: GOV MT
Leia Também:  Museu de Arte Sacra de Mato Grosso irá fabricar réplicas do seu acervo em 3D

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA