MATO GROSSO

Primeira-dama entrega cestas básicas para 300 artesãos de Cuiabá e Várzea Grande

Publicados

em


A primeira-dama Virginia Mendes entregou nesta quarta-feira (07.04) 300 cestas básicas, com alimentos e itens de limpeza e higiene, para auxiliar artesãos afetados economicamente devido à pandemia da Covid-19. A ação faz parte do programa Vem Ser Mais Solidário.

Foram entregues 230 cestas para os artesãos de Cuiabá, no Sesc Arsenal, e outras 70 cestas, na Associação de Artesãos do Distrito de Limpo Grande, em Várzea Grande.

“O Governo do Estado busca estar sempre presente em todos os municípios, auxiliando no que for preciso e possível. Sabemos que a fome não espera, ainda mais nesse momento difícil para todos com a pandemia. Então, se vocês que estão recebendo hoje estas cestas conhecerem pessoas que também estão precisando, nos acionem, que iremos até onde for necessário”, afirmou Virginia Mendes.

Para a artesã Jucileire Clemente da Silva, do Distrito de Limpo Grande, as cestas básicas chegaram no momento certo.

“O ano de pandemia tem sido difícil porque não temos espaço para vender e dependemos disso. Com certeza, estas cestas básicas vêm em boa hora porque quem está aqui realmente precisa. Os artesãos não têm renda fixa todo mês e esta ação ajuda bastante”, contou ela.

Leia Também:  Corpo de homem desaparecido na zona rural de Pontes e Lacerda é localizado enterrado em córrego

Todos os artesãos são cadastrados na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec). O secretário adjunto de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor, Celso Banazeski, explicou que a maior dificuldade do setor está justamente na restrição de venda dos produtos em feiras e outros eventos, que garantiam o sustento das famílias.

“A Sedec está procurando auxiliar de diversas formas, criamos recentemente a página do artesão no site da secretaria, para mostrar os produtos artesanais e facilitar o contato entre profissionais e compradores. Mas, emergencialmente, estas cestas básicas fazem muita diferença para estas pessoas”, disse Banazeski.

A artesã de Cuiabá, Mariza Fátima Grando, faz trabalhos com retalhos de tecidos, fuxico, descanso de panelas e tapetes. “Neste ano de pandemia está muito difícil de trabalhar porque não podemos sair e vender. Então, eu fico muito feliz com esta ação de doação de cestas básicas porque ajuda a gente que não está podendo trabalhar”.

A secretária de Assistência Social e Cidadadia, Rosamaria Carvalho, lembrou que em 2020, 330 mil cestas básicas foram entregues pelo Programa Vem Ser Mais Solidário. Neste ano, a previsão do governo é de entregar 540 mil cestas em todos os 141 municípios.

Leia Também:  Cuiabá comemora 302 anos com investimentos do Governo em infraestrutura viária, esportiva, educacional e na área de saúde

“A nossa primeira-dama Virginia Mendes foi muito sensível à situação desses comerciantes e não mediu esforços para ajudar os mais vulneráveis”, disse Rosamaria.

O presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi, destacou o “olhar para o social” que o governo, por meio da primeira-dama, tem tido pelos mais necessitados em todo o Estado. “Muitas pessoas estão sem ter como sobreviver e a entrega destas cestas básicas é um grande trabalho realizado pelo Governo do Estado”.

“Quero agradecer pela sensibilidade da primeira dama Virgínia Mendes e do Governo do Estado pela condução destas ações sociais. Obrigada pela parceria com a prefeitura, que está sendo um sucesso. Diante da dificuldade que o mundo passa, com ações como estas é que vamos vender este momento”, finalizou o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Sefaz divulga resultado da consulta pública sobre o PLDO 2022

Publicados

em


A Secretaria de Fazenda (Sefaz) divulgou o relatório da consulta pública eletrônica do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias 2022 (PLDO), realizada no período de 1 a 15 de março deste ano. Os dados coletados serão encaminhados para a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) para subsidiar a elaboração do Anexo de Metas e Prioridades do projeto de lei.

Por meio da consulta pública, a sociedade civil organizada indicou as ações que devem ser priorizadas pelo Governo de Mato Grosso e receber maiores investimentos no próximo ano. O resultado está disponível no site da Sefaz e pode ser acessado por toda a população.

Participaram da consulta pública 138 pessoas de diversos segmentos da sociedade civil, sendo em sua maioria o cidadão comum com 110 votos, equivalente a 39,86% dos participantes. Também responderam ao questionário servidores públicos, trabalhadores de iniciativa privada, estudantes e representantes de órgãos colegiados.

A consulta pública foi composta por 73 questões relacionadas a nove áreas: assistência social, saúde, educação, segurança, cultura, esporte e lazer, desenvolvimento econômico, infraestrutura, meio ambiente e agricultura familiar. Ao responder, o participante tinha que escolher duas demandas por segmento que considerasse prioridade.

O segmento que teve porcentagens mais expressivas foi o de assistência social, no qual os participantes indicaram que “qualificar profissionalmente pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social” deve ser uma das prioridades em 2022. A demanda recebeu 66% dos votos, ficando acima da ação “apoiar e fomentar ações de empreendedorismo para obtenção de renda”, que teve 51% dos votos.

Leia Também:  Com criatividade estudantes e profissionais da Educação celebram Cuiabá no seu aniversário

Essa foi a primeira vez que o Poder Executivo disponibilizou uma consulta pública para que a sociedade opinasse no processo de elaboração dos orçamentos públicos. A metodologia é um elemento essencial à democracia e está prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101, de 04 de maio de 2000, Art. 48, §1º, I).

Confira as principais demandas votadas por área:

Assistência Social

1º – Qualificar profissionalmente pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, com 66% dos votos.

2º – Apoiar e fomentar ações de empreendedorismo para obtenção de renda, com 51% dos votos.

Saúde

1º – Investimento em infraestrutura hospitalar, com 51% dos votos.

2º – Ampliar e fortalecer a atenção Básica / Primária (Postos de Saúde), com 47% dos votos.

Educação

1º – Ampliar e fortalecer a educação básica do Estado de MT (ensino fundamental), com 51% dos votos.

2º – Aumentar o número de escolas em tempo integral, com 35% dos votos.

Segurança

1º – Intensificar o policiamento nos bairros, a polícia mais próxima da comunidade, com 52 % dos votos.

Leia Também:  IR 2021: adiamento da entrega da declaração pode afetar a restituição?

2º – Intensificar a prestação dos serviços de segurança pública ao cidadão, para melhoria da ordem pública e da defesa da coletividade, com 32% dos votos.

Cultura, Esporte e Lazer

1º – Fomentar a economia criativa, com 38% dos votos.

2º – Fomentar projetos audiovisuais, de música, de teatro e de dança, com 32% dos votos.

Desenvolvimento Econômico

1º – Promover estudos sobre recursos minerais, geológicos e energéticos do estado incentivando o uso sustentável e economicamente viável, com 42% dos votos.

2º – Melhorar a infraestrutura nos destinos turísticos, com 41% dos votos.

Infraestrutura

1º – Fomentar programas de habitação popular, com 44% dos votos.

2º – Fomentar a estruturação do saneamento ambiental no município, com 41% dos votos.

Meio Ambiente

1º – Ampliar a fiscalização no combate ao desmatamento e queimada no Estado de Mato Grosso, com 41% dos votos.

2º – Implementar ações que proporcionem o uso sustentável dos recursos naturais, com 40% dos votos.

Agricultura Familiar

1º – Apoiar a comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar, com 65% dos votos.

2º – Estruturar os canais de comercialização: feiras livres e permanentes, centros de comercialização, com 48% dos votos.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA