MATO GROSSO

Oito pessoas são presas por crime de trânsito na Avenida Getúlio Vargas

Publicados

em


Oito pessoas foram presas na 46ª edição da Operação Integrada de Lei Seca em Cuiabá. As abordagens iniciaram por volta 23h30 de sexta-feira (17) na Avenida Getúlio Vargas e 100 veículos foram fiscalizados e aplicados 109 testes de alcoolemia.

Foram aplicados 11 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), uma pelo motorista entregar o veículo a uma pessoa sem carteira nacional de habilitação, violando o artigo 310 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e outras 10 por dirigirem sem habilitação.

Ao todo, foram aplicados 65 Autos de Infração de Trânsito, 21 por dirigirem sob efeito do álcool, 11 pela recusa do teste de alcoolemia, os 10 sem CNH, 15 por dirigirem veículo sem registro ou não licenciado e 8 por outros motivos.  

Foram 44 veículos removidos, sendo 39 carros e 5 motocicletas. Vinte e quatro CNH foram recolhidas e um documento do veículo.

Em Cuiabá, a operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e a policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

Leia Também:  Adolescentes do Complexo Pomperi são imunizados com 1ª dose da vacina
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Seis drones são apreendidos na Mata Grande em menos de uma semana

Publicados

em


Mais três drones foram apreendidos sobrevoando a Penitenciária Major Eldo de Sá, Mata Grande, em Rondonópolis (230 km de Cuiabá). Os aparelhos estavam carregados com porções de drogas e celulares para os detentos da unidade, porém os policiais penais impediram a ação e apreenderam os materiais.  

Em duas ocorrências foram apreendidos três aparelhos de celular, 800 gramas de maconha e 350 gramas de pasta base de cocaína. Um quarto drone que despejou a carga de celulares, estava longe do alcance dos policiais e não foi possível fazer a apreensão. 

No primeiro flagra, os suspeitos não se intimidaram e, em plena luz do dia, tentaram levar o drone com a carga para a penitenciária. Foi por volta de 12h desta sexta-feira (22.10), quando os policiais em ronda flagraram o aparelho sobrevoando o Raio III com uma carga suspeita e foi capturado.

Apenas 50 minutos depois, os policiais em ronda localizaram outro drone se aproximando da unidade com uma carga não identificada. O equipamento foi apreendido e estava carregado de entorpecente que seria entregue aos reeducandos.

Leia Também:  VÍDEO: Fábrica de pólvora explode e deixa 16 pessoas mortas na Rússia

Na terceira ocorrência, os suspeitos aproveitaram o início da noite para entrar com o drone na unidade. Era em torno das 17h desta quinta-feira (21.01), quando os agentes identificaram dois drones sobrevoando a unidade. Um dos equipamentos capturado carregava uma porção de maconha.

O segundo aparelho que não foi capturado pelos policiais descarregou o pacote suspeito. Nesta carga, foram localizados três celulares e um fone de ouvido, porém nenhum suspeito. 

Esta é a quarta apreensão feita pelos policiais em menos de uma semana na penitenciária Mata Grande. Na última quarta-feira (20.01), um aparelho foi apreendido com 11 celulares e 47 chips. No último domingo (17.10), os policiais capturaram outros dois drones. 

 
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA