MATO GROSSO

Nova Monte Verde comemora 29º aniversário com parcerias do Governo do Estado

Publicados

em


.

A população de Nova Monte Verde, no Centro Norte mato-grossense, distante 941 km de Cuiabá, comemora nesta quarta-feira (19), o 29º aniversário de emancipação político-administrativa do município, com ações do Governo do Estado em obras de infraestrutura e na saúde, além de repasses de recursos financeiros.

Por meio da Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), os 9.178 novamonteverdenses (habitantes estimados pelo IBGE em 2019) estão sendo beneficiados com quatro pontes de concreto na MT-208. Três estão finalizadas, enquanto a quarta está com 84% das obras executadas.

Entre as três pontes finalizadas (sobre rio Turvo, com 40,55 metros extensão; sobre o rio Apui I, com 40 metros; e sobre o rio Apui II, com 30 metros), as duas últimas estão em fase de encabeçamento (aterro nas suas cabeceiras para nivelá-las à altura da rodovia), por meio de convênio com a Prefeitura Municipal. Os investimentos nas obras das pontes somaram R$ 13,3 milhões.   

Por meio a Secretaria de Estado de Saúde (SES), foram enviados ao município 775 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para o tratamento (kit Covid) – 4.130 comprimidos de azitromicina, 3.304 de ivermectina e 26.157 de dipirona, além de 642 frascos do próprio dipirona.  

Leia Também:  Conheça os direitos dos usuários dos serviços públicos

O Governo do Estado também repassou ao município de Nova Monte Verde em 2020, até o mês de maio, R$ 3,23 milhões em ICMS, IPVA e Fethab, além de outros R$ 1,698 milhão entre 2019 e maio deste ano, referentes a assistência social, transporte escolar, saúde e emendas parlamentares. 

Economia

O Produto Interno Bruto (PIB) municipal de R$ 175,18 milhões é composto por serviços (R$ 66,4 milhões), administração pública (R$ 52,08 milhões), agropecuária (R$ 31,85 milhões) e indústria (8,62 milhões), impostos (R$ 16,2 milhões). O PIB per capita é R$ 19.857,79.

Uma pequena parte do rebanho bovino de 383.841 cabeças (21º no ranking estadual) ou cerca de 1.000 vacas ordenhadas, segundo dados do IBGE de 2018, é direcionada à produção de 1,095 milhão de litros de leite. De acordo com Observatório do Desenvolvimento da Seder, o município conta um laticínio. Possui também um rebanho galináceo com 22.340 cabeças, das quais 11.170 galinhas, com 112 mil dúzias de ovos.

Basicamente formada por produtores familiares, a agricultura de Nova Monte Verde colheu em 2018 (IBGE), em toneladas, arroz (6,6 mil), soja (4,25 mil), milho (1,44 mil), banana (300), melancia (200), mandioca (150), palmito (150, café (80), castanha do Brasil (48) e cacau (4), além de 150 mil frutos de abacaxi, 460 toneladas de carvão vegetal, 4.168 metros cúbicos de lenha e 72.200 de madeira em tora.  

Leia Também:  Governo de MT aumenta em 47% os repasses para as escolas estaduais

História

O começo de Nova Monte Verde, cujo nome veio do Morro Monte Verde, está ligado à colonização de Alta Floresta, município do qual foi distrito, na década de 1970. A área onde hoje está localizada foi dividida em lotes urbanos e rurais, no modelo de agrovilas.

Diz-se que a propaganda de solo fértil atraiu centenas de famílias, que foram chegando e formando o núcleo. Segundo o site da prefeitura, os pioneiros escolheram o dia 19 de agosto como data de fundação do lugar, porque neste dia chegaram as primeiras famílias de colonos à localidade.

Em 1987, foi elevado à condição de distrito de Alta Floresta, ainda com o nome de Monte Verde, enquanto em 1991 se emancipou administrativamente, já com denominação de Nova Monte Verde, desmembrada dos municípios de Alta Floresta, Apiacás e Juara.

(Colaboraram Karine Miranda, da Sinfra; e Fernanda Nazário, da SES)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo de Mato Grosso publica nomeação de papiloscopistas e técnicos em necropsia

Publicados

em


O Governo do Estado, por meio das secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag) e de Segurança Pública (Sesp), publicou quarta-feira (16.06), no Diário Oficial do Estado, a nomeação de 14 papiloscopistas e três técnicos em necropsia para várias cidades do Estado para atender demanda da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Cuiabá (Politec).

Foram nomeados nove papiloscopistas para a capital e outros cinco para os municípios de Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Juína e Primavera do Leste. Já os técnicos em necropsia irão atuar em Cuiabá e Pontes e Lacerda.

Essas contratações são relativas ao concurso público homologado em dezembro de 2017 e conforme o titular da Seplag é uma demanda antiga da Politec que está sendo atendida neste momento graças a todas as medidas adotadas pelo Governo que equilibraram as contas e possibilitaram essas nomeações.

“Essas nomeações só estão sendo possível graças ao trabalho que essa gestão realizou para equilibrar as contas públicas. Esses servidores prestarão serviços essenciais à população”, destacou.

Já o secretário da Sesp, Alexandre Bustamante, destacou os investimentos que o Estado tem feito na segurança pública.

“Além das nomeações que estão sendo realizadas na medida do possível, temos obras acontecendo em diversos lugares, a exemplo da unidade socioeducativa de Rondonópolis, a reforma dos raios da Penitenciária Central do Estado, reforma de diversos batalhões da Polícia Militar, ou seja: um verdadeiro canteiro de obras. A evolução na segurança é gigante e só não vê quem não quer”, disse.

Leia Também:  Nego do Borel volta ao Brasil para se despedir da família e celebrar aniversário

Os candidatos nomeados têm um prazo de 30 dias, a partir da data de publicação do ato no Diário Oficial, para tomar posse na Coordenadoria de Recrutamento e Seleção da Seplag, munidos dos documentos necessários conforme Instrução Normativa nº 03

O candidato nomeado deve fazer primeiro o agendamento de sua consulta por meio do serviço de atendimento gratuito do governo, o Disque-Servidor (0800-647-3633) e depois, através do mesmo número, agendar a posse. No ato do agendamento, ele será informado sobre o horário que deve comparecer a Perícia Médica.

O presidente do Sindicato dos Profissionais da Ciência da Papiloscopia, Idejair Macencio Conceição, comemorou as nomeações e agradeceu o empenho do Seplag. “Gostaríamos de agradecer empenho do secretário Basílio nessas novas contratações e reafirmar que é uma vitória para a sociedade, pois quem ganha é a população com a melhoria dos serviços prestados”.

Documentos para posse

O servidor nomeado deve se apresentar munido  de fotocópias da Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF/CIC), PIS ou PASEP (opcional), Título de Eleitor, comprovante de quitação eleitoral (das três últimas eleições), se casado (a), Certidão de Casamento, se tiver filhos, Certidão de Nascimento de dependentes, documentação de quitação com o Serviço Militar, Comprovação da formação exigida para o cargo conforme especificado no edital de abertura do concurso, comprovante de escolaridade, de endereço e nº da conta corrente do Banco do Brasil.

Leia Também:  Parlamento de Israel aprova novo governo que encerra era Netanyahu

Os documentos originais exigidos são: uma fotografia 3 x 4, Certidão Negativa Criminal da Justiça Federal e da Justiça Estadual dos lugares onde tenha residido nos últimos cinco anos, declaração de não ocupar ou receber proventos de aposentadoria de cargo, emprego ou função pública, ressalvados os cargos acumuláveis previstos na Constituição da República, declaração de que não foi demitido por justa causa ou em decorrência de processo administrativo ou criminal e declaração de bens e valores que constituem seu patrimônio e dos dependentes.

Clique aqui para conferir a lista de nomeados. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA