RONDONÓPOLIS

MATO GROSSO

Governo do Estado promove ações de combate à insegurança alimentar da população

Publicados

em

O Governo do Estado tem atuado para combater a insegurança alimentar da população mato-grossense. As ações de combate à fome, realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), já beneficiaram milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Em uma iniciativa direta para as famílias carentes, o Governo entregou mais de 1,3 milhão de cestas básicas, contribuindo para que muitas pessoas tivessem alimento à mesa.

Estima-se que em Mato Grosso, de acordo com dados do Cadastro Único, há mais de 151 mil famílias vivendo na extrema pobreza. “Em um País, em que mais da metade da população convive com a insegurança alimentar, o Governo tem procurado fazer a sua parte e ajudar os que mais precisam”, pontuou a titular da Setasc, Rosamaria Carvalho. 

 

Uma pesquisa, divulgada nacionalmente pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), indica que 33,1 milhões de pessoas não têm o que comer no país. “Percorremos todo o Estado, levando alimento para a mesa das famílias mato-grossenses, em conjunto com as secretariais municipais. Conhecemos realidades de pessoas, que sobrevivem com pouco ou passam fome”, acrescentou Rosamaria. 

Leia Também:  Projeto impõe limite à cobrança de juros em consignados para população de baixa renda

Ela lembra que, além das cestas básicas, o Governo do Estado beneficiou 100 mil famílias com transferência de renda. Pelo cartão Ser Família Emergencial, os beneficiários recebem R$ 200, a cada dois meses, exclusivamente para a compra de alimentos. As pessoas contempladas estão incluídas no Cadastro Único das Políticas Sociais do Ministério da Cidadania (CadÚnico) e recebem até R$ 79 per capita por mês.

 

Outro serviço oferecido pela Setasc, que também contribui para a segurança alimentar da população, é o Prato Popular. A unidade oferece marmitas ao custo simbólico de R$ 1 para as pessoas economicamente vulneráveis. Entre janeiro e maio deste ano, foram fornecidas 65 mil refeições. 

Na pandemia, período em que a população mais necessitava do apoio do poder público, o Governo manteve o funcionamento da unidade, se adequando à situação. As refeições passaram a ser fornecidas por marmitas. Além disso, o governador Mauro Mendes autorizou a distribuição gratuita de marmitas para os moradores de rua. Neste ano, já foram entregues 31 mil refeições paras as pessoas sem lar.

Leia Também:  18º Encontro Nacional de Violeiros de Poxoréu reúne cerca de 40 mil pessoas

Serviço 

Prato Popular 

Endereço: Rua Baltazar Navarros, Nº 567, bairro Bandeirantes, em Cuiabá.

Atendimento: segunda a sexta-feira, de 11h às 13h, (exceto feriados).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Pacote de R$ 180 milhões lançado por Dorner em Sinop, tem escola tempo integral; Obras começam na próxima semana

Publicados

em

O prefeito Roberto Dorner (Republicanos) lança, na próxima semana, mais uma grande obra que compõe a 1ª etapa do amplo pacote SINOP MAIS TRANSFORMAÇÃO: a escola de tempo, cuja construção terá início imediato no bairro Sabrina, contemplando a região dos Vilas (composta também pelo bairro Sebastião de Matos), terá investimento de pouco mais de R$ 20,4 milhões em recursos próprios.

“Temos esse compromisso com a população de Sinop, em transformar o município com obras que venham a contribuir para o crescimento da nossa cidade, da nossa população. A escola já está com o contrato assinado para começar a obras. É um sonho que está se tornando realidade”, destacou o chefe do Executivo municipal.

#https://www.sinop.mt.gov.br/

A empresa NG Engenharia e Construções LTDA, vencedora do certame licitatório, terá 540 dias (ou seja, cerca de 1 ano e 4 meses) para executar os trabalhos.  A estrutura prevista é de 16 salas de aula. A unidade educacional, que terá dois pavimentos, terá área construída de 5.965,18 m², contará com espaço integrativo; 5.252,13m² espaço verde; auditório para 208 pessoas; piso molhado com piscina; campinho de futebol; espaço para mesas de jogos; quadra poliesportiva; painéis de energia solar; laboratório de informática; laboratório de robótica; sala de empreendedorismo e biblioteca. A área total do terreno é de 12.171,19 m². Quando pronta, a unidade deverá atender aproximadamente 500 alunos.

Leia Também:  Câmara promove seminário sobre arquitetura e urbanismo

A construção da escola em tempo integral é uma das 15 frentes de serviços que serão executadas nesta primeira etapa deste amplo pacote de obras denominado Sinop Mais Transformação, lançado na última segunda-feira (01).  Na ocasião, Dorner assinou a ordem de serviço com início imediato de pavimentação de 21km da Estrada Nanci, importante via do município. Nesta obra, estão sendo investidos R$ 33 milhões.  

A primeira etapa do Sinop Mais Transformação terá investimentos de R$ 178 milhões, incluindo ainda a duplicação da Bruno Martini, já iniciada e com investimentos de R$ 3,8 milhões; duplicação de 7 km da MT-140 (R$ 31,4 milhões); micro revestimento/lama asfáltica (R$ 18,7 milhões); 36 km de asfalto estrada Cruzeiro do Sul (R$ 39,6 milhões); construção de escola Nico Baracati (R$ 7 milhões); escola bairro Terra Rica (R$ 7 milhões); ampliação da EMEB Maria Aparecida Amaro (R$ 7,6 milhões); reforma completa da EMEB Armando Dias (R$ 1,3 milhões); ampliação do EMEI Elizete Dallabrida (R$ 737,2 mil); ampliação da EMEB Simão Flack (R$ 314 mil); reforma completa da EMEB Rodrigo Damasceno (R$ 709,2 mil); reformas de Unidades Básicas de Saúde (R$ 3 milhões) e recuperação de estradas rurais com o programa Arranca Safra (R$ 3 milhões).

Leia Também:  Câmara conclui votação de MP com regras trabalhistas para estado de calamidade pública; acompanhe

 

“Essa é apenas a primeira etapa de um pacote que está só começando. Ainda temos o dobro de obras para lançar.  À população eu peço calma, porque estamos fazendo e vamos fazer muito mais por nossa cidade”, finalizou Dorner

Fonte: Prefeitura de Sinop

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA