MATO GROSSO

Estado mantém pagamento de verba adicional aos profissionais da Saúde

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso vai manter o pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. A continuidade da verba adicional foi aprovada nesta terça-feira (23.02), pela Assembleia Legislativa, após o encaminhamento do projeto ao parlamento.

Iniciado com a Lei nº 667 e prorrogado pela Lei nº 678, o benefício foi mantido de julho a dezembro de 2020. Com a aprovação na Casa de Leis, a verba indenizatória entrará em vigor de forma retroativa e passará a valer a partir do mês de janeiro de 2021. 

Até o momento, já foram beneficiados cerca de 4,2 mil servidores da Rede Estadual de Saúde. O benefício é destinado especificamente aos servidores que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 em unidades hospitalares, ambulatoriais e finalísticas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

A verba indenizatória não é fixa e está relacionada à situação de cada profissional junto às unidades. O benefício também não é válido para os profissionais contratados e remunerados exclusivamente pelo sistema de plantão, pois o valor a ser recebido é exatamente aquele previsto em edital do Processo Seletivo correspondente.

Leia Também:  Conheça os 5 benefícios da caminhada para a sua saúde
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Polícia Civil localiza mais R$ 150 mil em defensivos agrícolas em região de mata, em Diamantino

Publicados

em


Mais uma expressiva quantidade de defensivos agrícolas de origem ilícita foi encontrada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (08.04), no município de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá), em continuidade à investigação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCC0).

O material, avaliado em aproximadamente R$ 150 mil, foi encontrado escondido em uma região de mata, nas proximidades da fazenda que foi alvo da operação realizada na última terça-feira pela gerência.

Na ocasião, a equipe da GCCO apreendeu aproximadamente seis mil litros de defensivos agrícolas roubados de uma fazenda do município de Sapezal no dia 08 de março.

Em continuidade as investigaões, na manhã desta quinta-feira (08), os policiais da GCCO receberam informações de que haveria mais produtos de origem ilícita abandonados em uma região de mata nas proximidades da fazenda.

Com base na denúncia, as equipes foram até o local e conseguiram realizar a apreensão dos produtos. Ainda não é possível afirmar a origem do produto e se foi subtraído de alguma propriedade da região.

Leia Também:  Cooperativa de Agricultores Familiares em Campo Verde recebe autorização para comercializar produtos em todo o Estado

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, há indícios de que parte do defensivo encontrado seja falsificado e outra parte possivelmente roubado de alguma fazenda da região.

“As investigações estão bem avançadas para identificar e prender esse grupo criminoso que vem atuando na região de Diamantino, Sapezal, Campo Novo e outras cidades do interior. O material apreendido será trazido para Cuiabá e vamos checar lote por lote e confrontar com registros de ocorrências de furtos ou roubos na região”, disse.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA