MATO GROSSO

Ensino e tecnologia: proposta do Novo Ensino Médio é apresentada a estudantes da rede estadual

Publicados

em


Entre experiências que exemplificam a química e física em ações do dia a dia, aproximadamente 700 estudantes da rede estadual de ensino vivenciaram de forma divertida a importância da ciência e tecnologia. A ação pedagógica marca a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, realizada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), na última terça-feira (20.10). Com a participação do grupo Ciência em Show, o objetivo foi estimular e promover que alunos dos 8º e 9º anos pudessem conhecer sobre as práticas tecnológicas do Novo Ensino Médio.

“Quando pensamos em profissão do futuro, compreendemos que há inúmeras possibilidades de desenhar nosso projeto de vida. Proporcionar esse conhecimento antes mesmo de chegar ao Ensino Médio é uma forma de os nossos estudantes conhecerem as possibilidades da nova formação com foco na tecnologia”, disse a superintendente de Educação Básica da Seduc, Elina Fernandes. Para ela, a ação possibilita a popularização de novas perspectivas no planejamento de vida.

Convidado especialmente para exemplificar a química e física nas práticas cotidianas, quem divertiu e ensinou os estudantes foi o grupo Ciência em Show.

Ana Ralston, uma das integrantes apresentadoras do grupo, elucida que a formação dos estudantes não ocorre repentinamente, e relata que a escolha de cursos técnicos precisa ser estimulada desde cedo.

Leia Também:  Comissão debate proposta que libera a publicidade de armas de fogo

“O grupo Ciência em Show nasceu como forma de mostrar para alunos de todos os anos que a ciência está em todos os lugares a exemplo de uma ida à lavanderia, ao observar a máquina de lavar. E isso é importante porque ninguém pensa do dia para noite ‘quero fazer técnico em eletromecânica’. Então, quando cativamos os alunos para o mundo tecnologia, o quanto antes os incentivamos, melhor será conduzido o protagonismo na vida profissional dos jovens”, destaca Ralston.

Para Maria Fernanda, estudante do 8º ano da Escola Estadual Dr. Mário de Castro, no bairro Pedra 90, em Cuiabá, a experiência valeu para repensar o aprendizado das ciências na escola. “Amei participar do evento. Saio daqui mais animada para aprender e, se pudesse, eu queria que todas as aulas fossem divertidas assim”.

As atividades contaram também com a apresentação dos cursos técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, parceiro da Seduc na implementação da matriz curricular tecnológica do Novo Ensino Médio. Na ocasião, o Centro Universitário Univag também apresentou o lançamento dos novos cursos técnicos previstos para 2022.

Ensino e Tecnologia

A Referência Curricular do Novo Ensino Médio foi homologada em maio deste ano e publicado em Diário Oficial por meio da Portaria Nº 356/2021. O Novo Ensino Médio começa a ser implementado em Mato Grosso a partir de 2022 para os estudantes do 1º ano.

Leia Também:  Websérie e livro homenageiam fundadores de grupo de siriri de Chapada dos Guimarães

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação, investirá mais de R$ 214 milhões para implementação dos itinerários profissionalizantes e projeto de vida. Serão 23 escolas com cursos profissionalizantes no Ensino Médio, 30 escolas com Maker Space e também 30 escolas com Laboratório de Robótica.

A apresentação dos cursos profissionalizantes aos futuros estudantes do Novo Ensino Médio é mais uma estratégia desenvolvida pela Secretaria de Estado de Educação na apresentação das novas habilidades profissionais que exigem conhecimento de tecnologia e inovação.

Ações que serão desenvolvidas pela contratação direta de empresas de educação para prestação de serviços especializados na implantação de Salas de Robótica Educacional, implantação e operação de Laboratórios de Prototipagem Digital (Maker) e oferta de Cursos de Educação Profissionalizante, compreendendo atendimento aos eixos estruturantes do Programa Profissão 4.0 para os estudantes do Ensino Fundamental Anos Finais (6º ao 9º) e Ensino Médio (1º ao 3º) da Rede Pública de Ensino do Estado de Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Dezessete motoristas são presos por embriaguez ao volante durante Lei Seca em Cuiabá

Publicados

em


Dezessete motoristas foram presos na madrugada deste domingo (28.11), após serem flagrados embriagados, durante a 72ª edição da Operação Lei Seca. Dois destes motoristas, ainda tiveram o agravante de desacatar os servidores públicos que trabalhavam durante a ação, que ocorreu na Av. Manoel José de Arruda, no bairro São Matheus, em Cuiabá.

O crime de desacato ao funcionário público no exercício da função ou em razão dela está previsto no Artigo 331 do Código Penal e a pena pode variar entre seis meses a dois anos de detenção ou multa.

A operação fiscalizou 110 veículos, realizando igualmente 110 testes de alcoolemia. Um total de 75 Autos de Infração de Trânsito (AITs) foram lavrados, sendo 26 por condução de veículo sob efeito de álcool, 26 por condução de veículo sem registro ou não licenciado, oito por condução de veículo sem possuir habilitação para tal, oito por recusa à realização do teste de alcoolemia e sete por motivos diversos.

Do total de veículos fiscalizados, 46 foram autuados e 45 foram removidos, sendo 40 carros e 5 motocicletas. A iniciativa também recolheu 22 documentos, sendo 19 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e três Comprovantes de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Leia Também:  Ciopaer homenageia personalidades que contribuem com a Aviação de Segurança Pública

A Operação Lei Seca é uma ação integrada, coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp) e nesta edição contou com a participação do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Polícia Penal e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA