MATO GROSSO

Com chegada de novas doses, MT iniciará vacinação de idosos entre 80 e 89 anos

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, nesta quarta-feira (24.02), 21 mil doses da vacina AstraZeneca. O quantitativo foi encaminhado pelo Ministério da Saúde e será destinado aos grupos da primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19, mais especificamente aos idosos com idade entre 80 e 89 anos.

Conforme o gerente do Programa Estadual de Imunização em Mato Grosso, Thiago Rondon, a orientação do Governo Federal é para que as novas doses também contemplem os trabalhadores da saúde que ainda não foram vacinados. 

O gestor informa que as unidades da nova remessa serão utilizadas como primeira aplicação. Para a vacina AstraZeneca, o prazo para a aplicação da segunda dose é de até 84 dias. 

“A vacina tem como objetivo a prevenção de uma doença agressiva, por isso é importante que as pessoas do grupo prioritário se vacinem, pois somente através da imunização que vamos conseguir diminuir as mortes e contaminação”, explicou o gerente.

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

Leia Também:  Mais de 14 mil aposentados estaduais podem ter pagamento suspenso por não atualizar dados

Até o momento, o Estado de Mato Grosso recebeu 212.760 mil doses de vacina do Ministério da Saúde. O Estado é o segundo que mais aplicou doses de vacina contra a Covid-19 no Centro-Oeste do país. O Governo Federal deve enviar, ainda nesta semana, um nova remessa com 11 mil doses da vacina CoronaVac para Mato Grosso.

Segundo o Ministério da Saúde, desde o início da vacinação, em 19 de janeiro, um total de 110.662 doses foram aplicadas no estado.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Polícia Civil localiza mais R$ 150 mil em defensivos agrícolas em região de mata, em Diamantino

Publicados

em


Mais uma expressiva quantidade de defensivos agrícolas de origem ilícita foi encontrada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (08.04), no município de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá), em continuidade à investigação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCC0).

O material, avaliado em aproximadamente R$ 150 mil, foi encontrado escondido em uma região de mata, nas proximidades da fazenda que foi alvo da operação realizada na última terça-feira pela gerência.

Na ocasião, a equipe da GCCO apreendeu aproximadamente seis mil litros de defensivos agrícolas roubados de uma fazenda do município de Sapezal no dia 08 de março.

Em continuidade as investigaões, na manhã desta quinta-feira (08), os policiais da GCCO receberam informações de que haveria mais produtos de origem ilícita abandonados em uma região de mata nas proximidades da fazenda.

Com base na denúncia, as equipes foram até o local e conseguiram realizar a apreensão dos produtos. Ainda não é possível afirmar a origem do produto e se foi subtraído de alguma propriedade da região.

Leia Também:  Covid em SP: Mortalidade em idosos caiu 50% com vacinação, diz Jean Gorinchteyn

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, há indícios de que parte do defensivo encontrado seja falsificado e outra parte possivelmente roubado de alguma fazenda da região.

“As investigações estão bem avançadas para identificar e prender esse grupo criminoso que vem atuando na região de Diamantino, Sapezal, Campo Novo e outras cidades do interior. O material apreendido será trazido para Cuiabá e vamos checar lote por lote e confrontar com registros de ocorrências de furtos ou roubos na região”, disse.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA