MATO GROSSO

Campanha Maio Amarelo promove ações e debate empatia em prol da preservação da vida no trânsito

Publicados

em


Com o tema “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito”, a campanha Maio Amarelo iniciou com objetivo de promover a empatia em prol da preservação de vidas no trânsito, trazendo mais consciência e harmonia para um trânsito com mais respeito e responsabilidade. 

“Neste ano de pandemia, mesmo com a redução do fluxo de veículos nas rodovias federais que cortam Mato Grosso e, apesar da pequena redução no número de acidentes, aumentaram os acidentes graves e os óbitos no trânsito”, observou a gerente de Ações Educativas do Detran-MT, Rosane Pölzl.

Segundo Rosane, as estatísticas em geral apontam que mais de 90% dos acidentes de trânsito decorrem de falha humana. “Sendo assim, ao seguirmos o que preconiza a legislação de trânsito, estamos adotando protocolos de segurança, reduzindo riscos e consequentemente preservando vidas”, destacou.

O Maio Amarelo de 2021 seguirá o mesmo padrão do movimento realizado no ano passado. Devido às restrições impostas pela situação de pandemia, as ações da campanha serão de forma digital para evitar aglomerações.

Leia Também:  Governo começa a receber máquinas e equipamentos adquiridos para conservação de rodovias

Maio Amarelo

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. A campanha envolve Poder Público e a sociedade civil com a intenção de colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar em torno dessa luta toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) irá coordenar essas ações em parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) no âmbito do Acordo de Cooperação, além de contar com o envolvimento de todos os órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) e demais interessados que se engajam a fim de preservar vidas no trânsito seja através de ações educativas ou repressivas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Comandantes regionais discutem investimentos e redução dos índices de roubos e homicídios

Publicados

em


Comandantes regionais e das unidades da Polícia Militar se reuniram nesta sexta-feira(15.05), no Quartel do Comando Geral, em Cuiabá, para discutir temas como redução dos índices criminais, investimentos em fardamento, armamentos, infraestrutura, padronização de procedimentos, entre outras questões.

Na abertura da reunião, o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, parabenizou os comandantes regionais pelo empenho nas ações preventivas e de repressão à violência apontando os resultados alcançados. Assis citou como exemplo o aumento na apreensão de drogas, que nos dados gerais passou dos 150%. Já a queda dos índices de homicídios e roubos, de 31% e 24%, em 2019 e 2020, também foi abordada e elogiada pelo comandante.

Ele também salientou o esforço coletivo dentro da instituição para cumprir a missão de prevenir a Covid-19, orientando e fazendo a população entender a necessidade do cumprimento das medidas restritivas.

No caso dos homicídios dolosos, os comandos regionais com maiores percentuais de redução foram: 5º Comando Regional de Barra do Garças, com queda de 31%; 6º Comando Regional de Cáceres, com 24%; e 15º Comando Regional de Peixoto de Azevedo, com 22%.

Leia Também:  Corpo de Bombeiros Militar define inauguração de novo Pelotão em Santo Antônio de Leverger

Nos índices de roubos a redução foi maior de 45%, no 3º Comando Regional, com sede em Sinop, seguido do 4º CR de Rondonópolis, onde registrou queda de 38%. Terceiro colocado, o 2º CR de Várzea Grande, computou 36% a menos no número de roubos.

De acordo o com coronel Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, subchefe de Estado Maior Pinheiro, esses encontros presenciais ocorrem semestralmente, mas por causa da pandemia vinham sendo realizados de forma virtual.

Esse encontro é o primeiro presencial desde o agravamento dos índices da Covid-19. “São importantíssimos para a troca de informações, avaliação do planejamento e a adoção de novas estratégias de policiamento,conforme as necessidades apresentadas”.

Sobre o fardamento, o coronel Pinheiro explicou que o processo de aquisição pelo Governo do Estado está sendo finalizado, incluindo os destinados para as unidades especializadas. Em breve todos os policiais estarão usando as novas fardas. Além de mais conforto aos policiais, o fardamento instituíra a identidade visual do efetivo.

Os coronéis Assis, Pinheiro e Francyanne entregaram certificados de reconhecimento aos comandantes dos CR’s que contribuíram no resultado de queda dos índices criminais. Receberam os certificados por maior dedução de roubos os comandantes: Wesney Sodré(3º CR), Wendel Sódré(4º CR) e Wankley Rodrigues(2ºCR). Pela queda dos índices de homicídios dolosos os comandantes:  Souza(5º CR), Tapajós (6º CR) e James Ferreira(15ºCR).

Leia Também:  Governo começa a receber máquinas e equipamentos adquiridos para conservação de rodovias

 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA