MATO GROSSO

Batalhão de Trânsito orienta motoristas em estradas com pouca visibilidade próximas a incêndios

Publicados

em


.

Diante dos registros de incêndios em áreas urbanas e rurais em Mato Grosso, o Batalhão de Policiamento de Trânsito Urbano e Rodoviário da Polícia Militar (BPTran) orienta os condutores de veículos a adotarem algumas medidas de segurança no trânsito como priorizar a visibilidade e acender os faróis para evitar acidentes.  

No domingo (13.09), a equipe do BPTran da PM precisou interditar por cerca de 30 minutos um trecho da Rodovia Emanuel Pinheiro ( MT- 251) , que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, por causa do fogo e da forte  fumaça que prejudicava  a visibilidade dos motoristas. A medida de segurança foi necessária para controlar o fluxo de veículos no local que foi encoberto com a fumaça devido um incêndio às margens da estrada que pelas chamas, poderia colocar em risco à vida de quem trafegava ou dirigia na região. 

O comandante do BPTran, tenente-coronel Adão César diz que os motoristas precisam priorizar a visibilidade para continuar conduzindo o veículo e devem ficar atentos ao se depararem com incêndio e a fumaça.

Leia Também:  Governador: "Com esse apoio, as famílias da Agricultura Familiar vão poder produzir mais e com maior qualidade"

 “A visualização do condutor está afetada neste momento crítico de queimadas. É preciso andar com os faróis acesos mesmo na cidade e sem ser obrigatório, mas diante dessas cortinas de fumaça, o farol aceso é um grande aliado para prevenir acidentes”, alerta o comandante. 

De acordo com o Batalhão da PM, com altas temperaturas registradas nos últimos dias, houve um acréscimo no fluxo  de pessoas e veículos neste período que  buscam os rios, cachoeiras e lagos para fugir do calor. Para garantir a segurança de todos, o policiamento nas rodovias foi reforçado nas rodovias estaduais nas regiões de Chapada dos Guimarães, Santo Antônio de Leverger e Estrada da Guia. 

O comandante do BPtran orienta os motoristas, que caso se depararem com incêndio a beira da rodovia, que prejudique a visibilidade, a recomendação é tomar o caminho contrário.

“Deparou com um incêndio a beira da rodovia, pare, espere dissipar ou retorne. Não coloque sua vida em risco, tentando trafegar em um local que não é possível enxergar a via. E acione, se possível, a polícia ou Corpo de Bombeiros Militar. Não se arrisque”, reforça o tenente-coronel Adão César.  

Leia Também:  Primeira-dama beneficia mais de 900 famílias dos bairros Campo Verde, Canjica e Planalto com doações de cestas básicas e cobertores

Para garantir a segurança de todos, a PM reforçou o policiamento por meio de pontos demonstrativos ao longo das rodovias, barreiras e abordagens com realização de testes de etilômetro nas principais rodovias do Estado e parte das áreas urbanas com maior fluxo de veículos.  

 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Remessa com 24 mil doses da vacina de Oxford será destinada aos trabalhadores da saúde

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, neste domingo (24.01), 24 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. O quantitativo foi encaminhado pelo Ministério da Saúde e será totalmente destinado aos trabalhadores que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus. 

Diferente da primeira remessa – em que foram encaminhadas 126 mil doses para imunizar cerca de 63 mil pessoas, com 2 doses para cada -, neste lote o Ministério da Saúde decidiu encaminhar os imunizantes relativos especificamente à primeira dose, de forma que todo o quantitativo será utilizado na primeira aplicação. 

A remessa com as unidades da segunda dose da vacina AstraZeneca será encaminhada posteriormente pelo Ministério da Saúde. 

“Vamos trabalhar muito para intensificar o ritmo da campanha de vacinação. É importante reforçar que essas vacinas serão utilizadas prioritariamente para imunizar os trabalhadores da saúde à frente do combate ao coronavírus”, disse o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Como este é um imunizante diferente daquele já distribuído, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) irá elencar junto ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems-MT) o público prioritário que integra o grupo de trabalhadores da saúde. Depois do alinhamento, será feita a distribuição proporcional aos municípios. 

Leia Também:  AMM orienta gestores para que efetuem pagamentos apenas por meios eletrônicos

No momento, as equipes da Vigilância Estadual trabalham na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios. 

“O Estado repetirá toda a logística que já foi desenhada para a distribuição das doses da CoronaVac, contando com o apoio das equipes de segurança”, concluiu o secretário adjunto de Vigilância à Saúde em exercício, Oberdan Coutinho Lira.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

mato grosso

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA